NR 280. Mangá “Ajin” deve ter reajuste de preço

Segundo loja online…

O site da Comix, maior loja de quadrinhos do Brasil, colocou em pré-venda o sexto volume do mangá Ajin, de Gamon Sakurai, publicado no Brasil pela editora Panini. O detalhe é que o título aparece com um reajuste de preço. O título que custava R$ 17,90 passará a custar R$ 18,90, se for confirmado. Clique aqui para conferir a pré-venda.

Embora a loja receba as informações diretamente da editora, sempre existe a possibilidade de ser um erro do site ou da própria empresa ao enviar informações para os lojistas como já aconteceu com o próprio Ajin (previsto para ser lançado a R$ 16,90 segundo divulgações das lojas, saiu a R$ 17,90). Enviamos e-mail para a assessoria de comunicação da Panini perguntando se a informação era correta, mas não obtivemos resposta até o momento. Assim que tivermos a confirmação, noticiaremos aqui.

Ajin é um mangá escrito e desenhado por Gamon Sakurai e publicado nas páginas da revista seinen Good! Afternoon, da editora Kodansha, desde 2012. O título possui atualmente 10 volumes e ainda está em andamento, teoricamente previsto para não ter mais de 15 tomos. O mangá chegou ao Brasil em 2016 pelas mãos da editora Panini que o vem publicando bimestralmente, tendo lançado o volume 5 há pouco tempo.


Sinopse: Ajin conta a história de um garoto que foi atropelado por um caminhão e para sua própria surpresa acabou descobrindo que não podia morrer, isso pelo fato de ele ser um “semi-humano” ou “Ajin”. Eles – os semi-humanos – surgiram anos atrás na África durante uma batalha, e cada vez mais o número deles aumenta. Uma vez que são seres especiais, seu valor experimental é grandioso e por isso o governo oferece uma recompensa para aqueles que capturarem um Ajin, tornando a vida do aluno em pesadelo.

***

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

17 Comments

  • Alex Kuhn

    Na Saraiva o Ajin 5 está por R$17,90. Deve ser erro do site da Comix. Ou safadeza mesmo.

      • Alex Kuhn

        Ahhh sim… fui confundido pela imagem do volume 5, que ilustra o post. Talvez o aumento seja real mesmo pro volume 6 em diante.

    • Acho que não. Slam Dunk recém foi lançado.

      Já Berserk, em 2015 Beth Kodama disse que provavelmente teria reajuste em 2016.
      Mas aí não sei que mágica doida a Panini fez que a editora não só não o reajustou como passou a lançar mangás em melhor qualidade que ele por preços similares.

      Eu lembro de ter visto alguma coisa de a editora dizer que está segurando o preço e diminuindo os lucros para conseguir manter o valor desse mangá. Então, talvez não tenha reajuste em Berserk, por ora.

      • Alex Kühn

        O problema de Berserk é o fato dele não ser vendido em livrarias. Pq Vagabond, que é mais caro, eu acabo comprando por R$10-12 em qualquer promoção boa da Saraiva e FNAC. Berserk ser vendido só em bancas quebra todo mundo… =/

        • Mas aí a culpa não é da editora. O Cassius já explicou isto recentemente em relação à JBC (e que vale para a Panini e NewPOP). Sendo assim, azar o de quem coleciona (ou gostaria de colecionar) Berserk.

  • Olha que Ajin tem cerca de 200 páginas por volumes(com exceção do vol.1), enquanto Slam Dunk, Vagabond, e Berserk tem cerca de 220 ou 230. Kyon, o fato de Ajin ter menos páginas, poderia interferir no preço, ou ele se dá uniformemente pelo formato?

  • Bruno

    Só por curiosidade, a Saraiva errou o preço de UQ Holder 1 e ele tá errado até hoje

    (Mas como eles dão desconto nem se percebe)

  • Fabio Rattis Lima

    até a finalização de SLAM DUNK, ele vai custar uma fortuna.

  • Eddie

    Eu não duvidaria, já que, Vagabond teve reajuste recentemente e os novos lançamentos que tem vindo nesse formato tem saído com o novo preço.
    Essa mesma situação ocorreu há algum tempo com os mangas de formato padrão em que primeiramente os lançamentos vinham com o novo preço e em seguida todos os mangas de formato padrão iam tendo reajuste, agora parece que a Panini não está conseguindo segurar os preços dos mangas em offset e a tendência é essa !!!

    • Em 2015, Beth Kodama disse que provavelmente Berserk teria reajuste em 2016.
      Mas aí não sei que mágica doida a Panini fez que a editora não só não o reajustou como passou a lançar mangás em melhor qualidade que ele por preços similares.

      Eu lembro de ter visto alguma coisa de a editora dizer que está segurando o preço e diminuindo os lucros para conseguir manter o valor desse mangá. Então, talvez não tenha reajuste em Berserk, por ora.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: