Comentando os dois anúncios da semana…

Armas e vampiros…

A semana que se passou não foi muito agitada, mas teve dois anúncios de títulos novos pela Panini (que todo mundo sabia quais eram antes mesmo da revelação) e viemos falar um pouco deles e sobre outras coisas. Vem ver 🙂

  • Mais definição de datas da JBC

Na última sexta-feira, a editora JBC deu mais uma previsão de data de lançamento de seus mangás já anunciados. Fire Punch sairá em julho, mas a edição digital deve sair ainda este mês. Com essa data, apenas dois títulos da JBC ainda não têm previsão, The Ghost In The Shell 1.5 e Sakura Wars. Claro que além deles ainda tem o Inu-Yasha, mas esse não deve ser lançado por ora devido à crise, então ignoramos a existência dele.

De resto, todos os outros serão lançados entre junho e julho. Overlord (Light Novel) está previsto para o final do mês ou início do mês que vem, enquanto Hokuto no Ken e Fruits Basket estão planejados para julho.

Agora que o número de títulos que ainda não saiu está diminuindo é de se esperar que a empresa faça novos anúncios em breve, mas será apenas um? Serão dois? Três talvez? O ritmo da JBC está bem devagar nos últimos tempos, tornando impossível prever qualquer coisa.

  • Reimpressão da adaptação em mangá de “Sword Art Online – Aincrad”

No último dia 30 de maio, o site da Amazon começou a listar os dois primeiros volumes da adaptação em mangá de Sword Art Online – Aincrad. Ambos estavam com o preço de R$ 19,90 e isso indicava algo claro, tratava-se de uma reimpressão. Quando saiu pela primeira vez, o mangá custava R$ 11,90 e seria meio difícil manter o mesmo preço em uma reimpressão tantos anos depois.

Até o momento, a editora não confirmou que é uma reimpressão de fato, mas nesta semana os volumes já começaram a ser distribuídos em várias lojas de São Paulo. Para quê fazer propaganda de uma reimpressão importante, não é mesmo?^^.

Esse mangá, na verdade, é bem fraquinho e ninguém gosta, mas todo fã quer ter de qualquer jeito. Caso você ainda não tenha e deseje adquirir, eis a sua chance. Você pode comprar na Amazon, clicando aqui e aqui.

Sinopse: Em um futuro próximo, foi lançado um Jogo de Realidade Virtual em Massa para Múltiplos Jogadores Online (VRMMORPG) chamado Sword Art Online, onde seus jogadores controlam seus personagens com o próprio corpo usando um dispositivo tecnológico chamado: NerveGear. Um dia, os jogadores descobrem que não podem sair do jogo, pois o criador do jogo os mantêm presos a menos que eles cheguem ao 100º andar da Torre e derrotem o Boss final. No entanto, se eles morrerem no jogo, morrerão também na vida real. A luta pela sobrevivência começa agora…

  • Anúncio da adaptação em mangá “Sword Art Online – Phantom Bullet”

Eu gostaria muito que a Panini explicasse o porquê de ter demorado tanto para lançar o terceiro mangá de Sword Art Online. A gente tem especulações, mas gostaríamos de uma explicação oficial. Para quem não lembra, Sword Art Online – Aincrad, o primeiro mangá, saiu por aqui em 2014. Já Sword Art Online Fairy Dance saiu entre 2015 e 2016. Phantom Bullet só sairá agora. Será que pesou contra ele as circunstância em que ele se encontrava no Japão? E, se sim, porque isso mudou justamente agora?

Para quem não entendeu, Sword Art Online – Phantom Bullet é a adaptação do terceiro arco da light novel original, tendo ficado a cargo de Kotaroh Yamada. O mangá começou a sair no Japão em 2014, ganhou três volumes, o último deles em 2016 e parou de sair, não tendo sido concluído. Yamada, inclusive, atualmente está cuidando de outra adaptação em mangá da franquia, de modo que Phantom Bullet ficou completamente relegado.

Segundo a Ototo (editora que publica o mangá na França), o autor chegou a dizer em fevereiro de 2018 que o mangá seria retomado ainda naquele ano e que ele seria concluído provavelmente em 4 tomos. Não sabemos o que aconteceu. De lá para cá o quarto volume não saiu e a obra parece estar parada ainda no Japão, pois não vimos nenhuma notícia do retorno do mangá. Será que já está saindo e a gente não está sabendo? Pode ser…

De todo modo, é legal ver a editora brasileira continuar com a franquia, ainda que seja com a adaptação. Porém, não pretendo colecionar, pois não sou fanático por Sword Art Online. Como já comentei em outras oportunidades, gostei bastante da primeira temporada do animê, achei sensacional aquela atmosfera, o ambiente criado, tudo. O resto acabei não me afeiçoando tanto e jamais fui adiante.

Sword Art Online – Phantom Bullet já está em publicação em boa parte dos países ocidentais em que se lançam mangás, como Alemanha, Espanha, Estados Unidos, Itália, França e México.

Sinopse: Já passou um ano desde que o incidente do SAO ocorreu e tudo voltou ao normal. Kirito, “o espadachim negro”, cujo nome é Kazuto Kirigaya na vida real, recebe um telefonema de Seijirô Kikuoka, um funcionário do governo, que pede sua ajuda para investigar um certo “incidente”. O impossível aconteceu: pessoas morreram na vida real depois de serem baleadas dentro de um novo VRMMO chamado Gun Gale Online. Por outro lado, dentro do jogo há uma garota sedenta por rivais poderosos, sempre pronta para puxar o gatilho. Seu nome é Sinon. Mas qual é o objetivo real por trás de sua luta?

  • Vampire Knight: Memories

Eu nunca li um mangá da Matsuri Hino, mas ela já teve vários mangás por aqui, foram quatro até agora. Vampire Knight: Memories será o quinto, uma obra derivada de Vampire Knight. Para Memories ser anunciado, fica claro que Vampire Knight deve ter sido um sucesso na época do lançamento, apesar de seu longo período de publicação (2007 a 2014) para um número diminuto de volumes (19).

Vampire Knight: Memories têm ganhado um volume por ano no Japão desde 2016, mas o de 2019 já saiu o que pode indicar que pode sair mais um ainda este ano. No momento, a obra segue aberta com quatro tomos. Por ser um mangá derivado e um título que eu não li, não pretendo colecionar ele também.

Memories já está em publicação no ocidente desde 2017, em quatro países distintos, Alemanha, Estados Unidos, França e Itália, nesses dois últimos pela Panini.

Sinopse: Alguns anos após o final da série Vampire Knight, Matsuri Hino retorna aos seus personagens cultuados e revela novos episódios da série: Os filhos de Yuki, seu relacionamento com Zero, a inesperada história de amor de Yoriko, o passado e futuro de Kaname …


Se você chegou agora, esse é o Blog BBM, em que falamos sobre o mercado brasileiro de mangás, e esta foi nossa postagem  de opinião de hoje. Volta e meia publicamos uma postagem assim. Para ver todas as postagens de opinião que já fizemos, clique aqui.

Anúncios

5 comentários

  1. Eu achei muito aleatório o anúncio de Vampire Knight: Memories. Eu tive Vampire Knight quase completo e acabei vendendo no ano passado. A história é muito genérica e cansativa, com arcos tão desnecessário quanto as intrigas e plot twists que acontecem. A única coisa boa é a arte da Hino, que é bem bonita e rica em detalhes, fora isso… Não me atrai e também não colecionarei.

    SAO eu não ligo também e não vejo graça nesse tipo de história (além da saturação que causam no mercado, vide .Hack etc etc).

    Curtir

  2. Estou na expectativa de Gjost in The Shell já que Terra Formars foi confirmado.
    Esse ano tirando o Punpun e Jojo não comprei nenhuma obra nova pra colecionar. Espero que continue assim, afinal o bolso agradece, que não venham mais mangás que me interesse esse ano. kkkk Manter o Punpun já é caro o suficiente, pelo menos abandonei jojo senão considerando outras coleções seria complicado.

    Curtir

Deixe uma resposta para Herbert Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s