BBM Lista: 5 casais dos mangás que não ficaram juntos

Relembrando casais que poderiam ter acontecido, mas quis o destino que não se concretizassem…

ATENÇÃO: ESTE POST CONTERÁ SPOILERS DE ALGUNS MANGÁS JÁ PUBLICADOS NO BRASIL. SE VOCÊ NÃO LEU ALGUM DELES E TEM A INTENÇÃO DE LER, FECHE O NAVEGADOR. OS TÍTULOS CITADOS SÃO OS SEGUINTES: ORANGE, 5 CM POR SEGUNDO, LÚCIFER E O MARTELO, GUERREIRAS MÁGICAS DE RAYEARTH E PARADISE KISS.

Ler mangás de romance, muitas vezes, significa torcer para um certo casal ficar junto e nem sempre ver os nossos desejos se concretizam. Mesmo quando o mangá não é de romance, a gente espera que tal e qual personagem se tornem um casal, mas no fim nem mesmo romance de fato eles têm. Por outro lado, há também casais que se concretizam, cativam ou não o público, mas igualmente acabam não ficando juntos, por um motivo ou outro.

Pensando nesses cenários, o blog BBM vem hoje listar cinco casais dos mangás publicados no Brasil que, por uma dada razão, acabaram não conseguindo viver felizes para sempre. Vem ver :).

  • Naho e Suwa (Orange)

Começamos invertendo as expectativas.

Naho e Suwa é um casal que aconteceu e que não aconteceu ao mesmo tempo!!!. Sim, isso mesmo. Acontece que em Orange, a protagonista Naho Takamiya recebe uma carta dela mesma dez anos no futuro, dizendo coisas para ela fazer com o objetivo de salvar Kakeru Naruse, um estudante recém transferido para a escola. No futuro, Kakeru se suicidaria, o que fez Naho e todo o grupo de amigos dela se sentirem culpados pelo acontecido, e a carta tem por objetivo evitar que isso se repita. É nesse futuro sem Kakeru que Naho e Suwa se casariam. A obra nos mostra esse futuro, vemos como os dois formam um casal bem legal, mas o presente teima em negar esse final.

No presente, Suwa e Naho são amigos, ele está apaixonado por ela, mas a garota não percebe e a chegada de Kakeru, juntamente com as cartas do futuro, vem para mudar o clima e fazer com que Naho logo se apaixonasse pelo garoto transferido.A história nos mostra Suwa é um tanto quanto abnegado demais, até irreal se pensar bem, pois, sabendo o que estava acontecendo e o que poderia acontecer com Kakeru, ele desiste de seu amor por Naho como se fosse nada. Como se o próprio futuro dele não estivesse em jogo.

Orange
Naho e Suwa (futuro alternativo). Foto: Google

A obra é escrita de tal forma que mesmo querendo torcer para Suwa e Naho ficarem juntos somos obrigados a repelir essa ideia, pois a narrativa tenta colocar na nossa cabeça que o futuro alternativo em que os dois se casam só ocorreu por causa da morte de Kakeru e que, portanto, não deveríamos desejar um final feliz para os dois.

Mas isso é uma ideia bem qualquer coisa, principalmente vinda de uma obra que discute alterações no tempo. Afinal, nada garantiria realmente que mesmo mudando o futuro, Naho e Suwa não pudessem ficar juntos, mesmo com o Kakeru ainda vivo. Suwa parece achar que os acontecimentos da juventude definirão o futuro deles para todo o sempre, como se o amor juvenil fosse durar a eternidade. No fim, prevaleceu o pensamento do próprio Suwa, de que Naho e Kakeru deveriam se tornar um casal e isso foi. Paciência, né?

Orange possui 5 volumes no total e foi publicado pela editora JBC entre 2015 e 2016. Você pode encontrá-lo na Amazon, clicando aqui. Além dos 5 volumes, existe ainda um sexto tomo de histórias extras. Em teoria ainda deve ter um sétimo tomo, mas está prometido há anos e ainda não saiu no Japão.

  • Toono e Akari Shinohara (5 centímetros por segundo)

Desejar que Toono e Akari ficassem juntos é não ter aprendido nada da lição do mangá, mas o nosso lado romântico e super idealizador nos leva a sentir pena dessa dupla de amigos que não conseguiu ser um casal.

Adaptação do filme homônimo produzido por Makoto Shinkai, 5 centímetros por segundo é um mangá que tem como tema central a separação e a distância, bem como a dificuldade das pessoas de aceitar essa separação. O protagonista Toono e sua amiga Akari possuem um elo em comum, os pais mudarem-se constantemente devido ao trabalho. Os dois tornam-se bastante unidos, apaixonam-se, mas uma nova mudança os faz se separarem. Ainda trocam cartas por um tempo, ainda se encontram quando podem, mas a distância vai aumentando e, mesmo as cartas, acabam. E eles não se veem mais.

5 centímetros por segundo. Foto: Star Comics

Toono passa a vida preso a esse passado, a esse amor impossível, tanto que acaba afetando até mesmo seus relacionamentos posteriores. Ainda que a história esteja centrada nessa dificuldade de superar o passado, mostrando ao leitor que nem sempre as coisas saem do jeito que planejamos, é difícil não se sentir na pele de Toono e achar que aquele romance juvenil, o primeiro amor deles, poderia ter seguido e dado certo. Maldito destino!.

5 centímetros por segundo possui dois volumes no total e foi publicado pela editora NewPOP em 2015. Você pode encontrá-los na Amazon, clicando aqui.

  • Professora Asahina e Hangetsu Shinonome (Lúcifer e o martelo)

Se você acompanha este blog já deve ter percebido que gostamos bastante de Lúcifer e o Martelo, a imagem do cabeçalho e a frase “as crianças se tornam adultas após muito imitarem os adultos” são desse mangá. E, sim, nele também temos casais que não conseguiram ficar juntos.

Há mais de um até, porém escolhemos a professora Asahina e Hangetsu Shinonome por todo o contexto do mangá. Basicamente, o rapaz se apaixona pela moça à primeira vista, e ela aprende a gostar dele com o tempo. Vemos todo um desenvolvimento da relação deles ao longo de alguns capítulos, ele a convida para sair, ela aceita e assim vai. Até que Hangetsu morre inesperadamente em uma batalha. Tudo o que vinha se desenhando como uma linda história de amor aos olhos do leitor acaba, do nada. Como a vida real…

IMG_20170403_201334
Hangetsu e Asahina. Foto: Blog BBM.

Esse é um dos grandes baques da história, logo em seu começo. Tudo o que a gente queria ver e ansiava para ver, foi jogado de lado em poucas páginas. Não foi algo feito apenas para chocar, existe um motivo para isso, mas mesmo assim não foi possível deixar de lamentar. Para os fãs do casal que nunca chegou a ser, o mangá oferece um consolo no volume final (se é que é consolo) a ideia de que em um futuro alternativo eles se casaram, foram felizes e tiveram filhos…

Lúcifer e o Martelo possui 10 volumes no total. Foi publicado pela editora JBC entre 2014 e 2015. Ainda é possível encontrá-lo na Amazon, clicando aqui.

  • Princesa Emeraude e Zagato (Guerreiras Mágicas de Rayearth)

Quem começou a ter contato com a cultura pop japonesa nos anos 1990, provavelmente teve com Guerreiras Mágicas de Rayearth o primeiro grande plot twist de sua vida. Você via as coisas sendo construídas na sua frente, o desenrolar da história sendo todo feito, e você não conseguia perceber o que estava acontecendo. O amor entre Princesa Emeraude (ou Princesa Esmeralda) e Zagato (Zagard) foi algo realmente feito aos olhos do leitor, mas que só ficou claro de verdade na definição da primeira parte da história, quando o real motivo da aparição das guerreiras foi revelado.

Aos que não conhecem, Guerreiras Mágicas de Rayearth conta a história de três estudantes japonesas que são convocadas para um outro mundo com o objetivo de salvá-lo da destruição. Emeraude foi sequestrada por Zagato e, em razão disso, o mundo está sendo destruído, ou é isso o que as estudantes e nós, leitores, somos levados a acreditar.

Guerreiras Mágicas de Rayearth, versão anime. Foto: Google.

Emeraude era o “Pilar” desse mundo e deveria rezar pela manutenção dele. Ao Pilar não lhe era dado outra missão a não ser essa e isso significava que ela sequer podia amar alguém. Porém ela acaba se apaixonando por Zagato (e ele por ela) e não consegue mais fazer suas orações. Emeraude decide chamar as guerreiras mágicas para salvar o mundo e o único jeito de isso ser feito é matando a própria princesa O_o. Sim, isso mesmo, essa é a grande revelação, a grande virada da história. Zagato então sequestra Emeraude com o objetivo de protegê-la, de evitar que seu grande amor fosse morto.

O brilhantismo dessa narrativa é sensacional. O CLAMP (grupo de autoras que criou o mangá) faria outros plot twists muito bem elaborados em seus outros mangás, mas sem dúvida em Guerreiras Mágicas de Rayearth elas se superaram, colocando as grandes heroínas da história como as vilãs que destroem o amor de um casal apaixonado. Sim, infelizmente, Emeraude e Zagato não conseguem concretizar o seu amor e os dois acabam mortos pelas “salvadoras” do mundo. Salvaram o mundo, destruíram uma história de amor.

Guerreiras Mágicas de Rayeart possui 6 volumes no total. Foi lançado pela editora JBC em duas oportunidades, uma entre 2001 e 2002 e outra em 2013. A versão mais recente ainda se encontra disponível e você pode adquirir na Amazon, clicando aqui.

  • Caroline e George (Paradise Kiss)

Não há dúvidas de que o final de Paradise Kiss deixou muitos leitores contentes, afinal a personagem principal Yukari Hayasaka (Caroline) ficou com o personagem “que deveria ficar”, o bom moço, a pessoa perfeita para ela. Mas, mesmo assim, durante todo o mangá amamos e odiamos o romance dela com outra pessoa, Jôji Koizumi (George). Ao mesmo tempo em que vemos que eles se gostam e torcemos para eles ficar juntos, odiamos o relacionamento por ser bastante conturbado e agressivo.

parakiss 2
George e Caroline. Foto: Google

A obra é feita de um modo a testar o coração do leitor. Em um momento nos faz torcer para que os dois “sejam felizes para sempre” e no minuto seguinte nos faz rechaçar essa ideia de todas as formas. Quando há romantismo o amor entre os dois é bonito de se ver, mas quando não há Yukari sofre nas mãos de George e a única coisa que podemos pensar é que o melhor para ela é ficar com outra pessoa. É o tipo de relacionamento que na vida real deveríamos evitar a todo custo.

Os dois não terminam juntos, obviamente, e a gente compreende que foi melhor para ela, mas aquela ideia boba e primitiva de que o primeiro grande amor é especial nos faz pensar que bastava George querer, George ser mais amável que tudo poderia ter dado certo. George gostava de Caroline, mas não fez por merecer o coração dela. O mangá nos mostra exatamente como é a vida, nada é tão linear e bonitinho como gostaríamos e as pessoas que encontramos durante a jornada são imprevisíveis para o bem e para o mal. Realmente bastaria George querer, mas assim como todo ser humano, ele não mudaria de uma hora para outra, a lição é esta. Caroline ficou com quem deveria ficar, com quem a tratava bem desde sempre, não com esse George manipulador que a fazia sofrer o tempo todo. Ficamos felizes por você, Caroline.

Paradise Kiss possui 5 volumes no total. Foi publicado no Brasil pela editora Conrad em 2007. Atualmente encontra-se esgotado.

Anúncios

4 comentários

  1. A Naho não escolher o Suwa foi o que me fez ter mais raiva de Orange.

    Sobre 5Cm/S, esse é um casal que nunca torci, sempre preferi a outra garota (com que desconfio que ele acabou ficando).

    Curtir

  2. No mangá Monte Cristo Hakushaku do Ena Moriyama, e Alexandre Dumas, o conde e Mercedes não ficaram juntos, o conde ficou com a princesa haydee no final. Diferente do filme de 2002 que mudou o final da história original com o conde e Mercedes ficando juntos.

    Curtir

Deixe uma resposta para pg Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s