Resenha: A Mágica da Arrumação em Quadrinhos

Em algum momento talvez você já tenha ouvido falar do método KonMari de arrumação. Seja pela televisão, seja pelas postagens na Internet, esse método se tornou bastante conhecido recentemente devido a uma série na Netflix em que mostrava a maga da arrumação Marie Kondo em ação, apresentando diversos situações de casas em estado caótico.

Apesar do boom só ter acontecido recentemente, o método já era conhecido antes, com os livros da autora sendo vendidos no Brasil já há alguns anos pela editora Sextante. Mas agora as coisas subiram de proporção e para a surpresa de muitos até mesmo a adaptação em mangá de um de seus livros chegou a aparecer no país e é disso que vamos falar aqui hoje.

Publicado no Japão em 2017 pela Sunmark Shuppan, o mangá teve apenas um volume por lá e saiu no Brasil agora em novembro de 2019 pela editora Agir (do grupo Nova Fronteira), tanto em formato impresso, quanto em formato digital.

Diferente e inusitado, não pensamos duas vezes em comprar a versão em ebook para conhecer esse “mangá de autoajuda” e saber qual é a pegada dele. Lemos o título e agora viemos falar um pouquinho sobre esse mangá para vocês.

  • Sinopse Oficial

Best-seller mundial, Marie Kondo apresenta de um jeito diferente seu revolucionário método de arrumação para acabar com a bagunça e mudar de vida: uma história em quadrinhos! Com ilustrações da premiada artista japonesa Yuko Uramoto, este livro cativa leitores de todas as idades e é perfeito não só para os fãs de Marie Kondo, mas também para aqueles que procuram uma introdução ao transformador método KonMari de arrumação.

  • História e Desenvolvimento

Só pela sinopse você já percebe que esse mangá não é outra coisa senão uma obra de autoajuda, um título feito e pensado para te ensinar o método de arrumação KonMari. Em linhas gerais, Marie Kondo trabalha com a ideia de que você só deve ficar com as coisas que te tragam felicidade, escolhendo a dedo o que manter e descartando tudo o que for excessivo.

Apesar desse background, A Mágica da Arrumação em Quadrinhos possui uma historinha bem construída. Na obra acompanhamos a vida de Chiaki, uma moça que vive em um apartamento completamente bagunçado e que não consegue sequer cozinhar dentro de casa, de tanta tralha que tem espalhado. Um certo dia, um rapaz muito bonito bate à sua porta em meio à bagunça e ela descobre que ele é seu vizinho e só foi até ali para dizer a ela que tirasse o lixo da varanda, pois estava fedendo demais.

Esse foi o estopim para que Chiaki resolvesse mudar de vida e chamasse alguém que pudesse lhe ajudar a arrumar a sua casa, e esse alguém foi justa e obviamente Marie Kondo^^. Como era de se esperar, Chiaki havia pensado que Kondo apenas lhe auxiliaria na faxina e tudo mais, porém o que Marie realmente iria fazer era mudar todo o estilo de vida de Chiaki.

Basicamente, existe um contexto na vida de Chiaki que a faz ter diversas e diversas coisas inúteis e paradas dentro de casa, assim como todas as demais pessoas acumuladoras. Pelo que é apresentado na história, muitas das coisas se repetem (você não quer jogar algo fora por ter valor afetivo, ou por achar que vai precisar, por exemplo), porém existem também especificidades de cada pessoa.

No caso de Chiaki, uma dessas especificidades tem a ver com o amor. Sempre que ela se apaixonava ela acabava por começar a seguir o hobby da pessoa amada e após o relacionamento terminar (ou ela descobrir que a pessoa de quem gostava já era comprometida) ela abandonava aquela coisa, mas deixava guardado para o caso de voltar a ter interesse após se esquecer de seu ex. Isso é particularmente interessante, pois a história termina por girar em torno disso, ainda que não exista romance de fato na narrativa.

Não pense, porém, que as coisas são feitas com facilidade e resignação. Apesar de Marie Kondo ser pequenina e boazinha, ela é enérgica quando se vê diante de um desafio. Chiaki, em muitos momentos, deseja guardar determinadas coisas, mas Marie é altiva e imponente para explicar o que deve ser feito, um descarte em massa, sobrando apenas o que é importante.

A ordem de Marie Kondo
O mais difícil de se desfazer, os objetos de valor sentimental

Marie Kondo é totalmente contrária ao acúmulo excessivo de coisas, de modo que até mesmo livros ela manda descartar sem dó nem piedade. Uma das falas mais interessantes que ela fala a esse respeito é que o momento certo para ler o livro é assim que ele for comprado. Segundo ela, a maioria absoluta dos livros que você tem e que ainda não leu, dificilmente lerá no futuro.

Eu só comprei o seu ebook^^.

Ao ler essa obra, a gente tem todo um confronto entre o nosso espírito consumista (afinal, colecionamos vários e vários mangás impressos, não é mesmo?) e os ensinamentos passados por Kondo. Será que devemos nos desfazer de muitas coisas em busca de uma casa mais arrumada e feliz como prega a maga da arrumação? Ou já somos felizes em ter vários e vários livros e mangás parados nas estantes?

Eu não posso amar 35479 livros diferentes????

Afora essas questões, o mangá tem partes bastante didáticas (afinal, apesar de apresentar uma história de ficção, é uma obra de autoajuda), apresentando, por exemplo, o jeito certo de se guardar as peças de roupa, mostrando em detalhes as dobras e falando como e porquê tal ou qual peça deve ser guardada de determinada maneira.

É muito interessante ficar sabendo das técnicas e os motivos pelos quais se fazer desta ou daquela forma. No todo, o método de arrumação KonMari apresentado no livro é realmente interessantíssimo. Difícil de se seguir, mas interessantíssimo…

Claro que existe todo um clima e um interesse de a obra mostrar que os pontos da autora estão certos e que devem ser levados em consideração para que você viva uma vida feliz e contente. Os ensinamentos até fazem sentido, mas apenas se desconsiderar diversos aspectos da vida real das pessoas. Uma casa arrumada muitas vezes é uma impossibilidade, por favores diversos e a simples arrumação ou mudança de hábito não mudará isso. Pior, a obra faz parecer que mudar o estilo de vida é fácil e que basta uma pequena força de vontade e um empurrãozinho, quando na vida real não é tão simples assim. Nada disso desmerece a obra, entretanto. Mas pontos negativos também devem ser comentados…

  • Conclusão

Você já deve ter percebido pelas imagens que postamos aqui, mas agora vamos falar de maneira clara: a obra possui sentido de leitura ocidental, da esquerda para a direita. Ou seja, a obra possui os quadrinhos espelhados. Acaba sendo uma escolha natural visto que a Agir não é uma empresa dedicada a mangás e também porque o público alvo da obra não é o que consome quadrinhos japoneses. Para quem é purista e se interessou pela obra acaba sendo um sacrilégio daqueles, mas aos que não ligam tanto para isso, acho que vale a pena adquirir.

Agora falando sobre a obra em si, por mais incrível que possa parecer pela temática e pelo propósito da obra, A Mágica da Arrumação em Quadrinhos termina por ser algo bastante divertido para uma obra de autoajuda em mangá. Há sim todo aquele clima de historinha que visa educar, mas foi tudo feito dentro de uma história estruturada, com uma protagonista extremamente desleixada que deseja mudar de vida (e muda).

Não é nenhuma obra indispensável para os fãs de quadrinhos japoneses, mas sem dúvida alguma é algo que irá te fazer passar o tempo, se divertir e aprender ao mesmo tempo uma forma de arrumação. Para quem quer ler de tudo um pouco, eis uma indicação que a gente faz.

  • Ficha Técnica

Título Original: マンガで読む人生がときめく片づけの魔法 単行本
Título NacionalA Mágica da Arrumação em Quadrinhos
Autor: Marie Kondo; Yuko Uramoto
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Agir
Dimensões:  13,5 x 20,5 cm
Miolo: Não divulgado
Acabamento: Não divulgado
Classificação indicativa: Livre
Número de volumes no Japão: 1
Número de volumes no Brasil: 1
Preço (Ed. Impressa): R$ 29,90
Preço (Ed. Digital): R$ R$ 19,90
Onde comprar (Ed. Impressa): Amazon / Cultura / Livraria da Travessa
Onde comprar (Ed. Digital)Amazon / Cultura

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s