Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (09/2020)

Vejam os números do mês

Você sabe quantos mangás foram lançados no Brasil em SETEMBRO? Desde janeiro de 2020 estamos apresentando a vocês todo mês um resumo do nosso mercado de mangás, mostrando o que foi lançado e fazendo uma comparação com anos precedentes.

A base desta matéria é a nossa coluna Mangás que Saíram Esta Semana, publicada todo domingo, em que reunimos uma lista com os títulos que começaram a ser publicados em lojas especializadas durante os sete dias anteriores.

Atente-se, então, que essa postagem lista o que efetivamente saiu e não os mangás que estão nos checklists das editoras, tendo em vista que algumas obras costumam atrasar e só ser publicadas no início do mês seguinte. Ou seja, falaremos aqui do número de lançamentos reais. Obviamente, pode haver inconstâncias, afinal um ou outro mangá pode ter saído em algum lugar e a gente não tenha ficado sabendo a tempo, mas trata-se de uma margem de erro mínima e que não afeta o todo.

Assim sendo, vamos à postagem.

Durante o mês de setembro foram lançados 23 obras impressas, sendo 22 mangás e 1 light novel. A Panini foi responsável por 20 publicações. JBC, Darkside Books e Pipoca & Nanquim lançaram um mangá cada.

Gráfico 1. Número de obras publicadas em setembro no Brasil por categoria.
Gráfico 2. Obras publicadas no Brasil durante o mês de setembro de 2020, dividido por editoras.

A seguir você poderá ver a lista completa com todas as obras que foram publicadas em setembro no Brasil. Caso não conheça alguma série, basta clicar no nome dela que você será direcionado a uma página com a capa e a sinopse do título.

A História Secreta de Kakashi (Light Novel)
Ajin #16
Atelier of Witch Hat #07
Banana Fish #02
BEASTARS #10
Black Butler #29
Black Clover #14
Deathdisco #01
Dr. Stone #13
Dragon Ball – Edição Definitiva #10
Fire Force #14
Fruits Basket – Edição de Colecionador #04 
Golden Kamuy #09
Jagaaan #07
Jojo's Bizarre Adventure – Parte 3: Stardust Crusaders #07
Kingdom Hearts 358/2 Dias – Edição Definitiva #01
Moriarty – O Patriota #08
Naruto Gold #63
Satsuma Gishiden #01
Sem Saída #15
Spy x Family#01
Sword Art Online – Mother’s Rosario #01
Vinland Saga [Nova Edição] #03

Durante o mês de setembro nós tivemos a estreia de seis obras, A História Secreta de Kakashi (Light Novel), Kingdom Hearts 358/2 Dias, Spy x Family e Sword Art Online – Mother’s Rosario pela Panini, Satsuma Gishiden pela Pipoca & Nanquim e Deathdisco pela Darkside Books.

Nenhum título foi concluído durante o mês, mas Ajin, Atelier of Witch Hat e Black Butler já ficaram em dia novamente com a publicação japonesa.

***

Ao falarmos apenas de mangás (desconsiderando light novels), foram lançados 22 mangás em setembro, um número menor do que no mesmo período de anos anteriores. Ainda assim, setembro tem sido um mês bem variável, com anos com muitas publicações e anos com poucas, 2020 foi um ano com poucas.

Gráfico 3. Comparação do número de volumes de mangás publicados no Brasil durante o mês de setembro dos anos 2017 a 2020. Os números NÃO incluem obras chinesas, coreanas, francesas, light novels, etc.

Com os 22 volumes lançados em setembro chegamos à marca de 286 volumes de mangás publicados no Brasil em 2020, uma média de 31,77 por mês.

Gráfico 4. Número de Volumes de Mangás Lançados em cada mês de 2020. Os números NÃO incluem obras chinesas, francesas, light novels, etc.

Como só foram lançados 22 volumes em setembro, houve uma mudança no que se vinha observando na comparação com anos anteriores. Até o mês de agosto, 2020 vinha sendo um dos anos com mais volumes de mangás publicados, perdendo apenas para 2018. Agora 2017 ultrapassou ambos. Assim, 2020 está à frente apenas de 2019 e por bem pouco.

Gráfico 5. Comparação do número de Volumes de Mangás Publicados de Janeiro a setembro no período 2017-2020. Os números NÃO incluem obras chinesas, francesas, light novels, etc.

***

Agora falando de light novels, como só tivemos uma publicada em setembro, o número de volumes delas em 2020 continuou bem pequeno, somando apenas 8 livros lançados. O número é bem menor em relação a 2019, mas ainda na média dos anos anteriores.

Gráfico 6. Comparação do número de volumes de light novels publicadas no Brasil de janeiro a setembro entre os anos 2017 e 2020.

PREÇOS


Durante o mês de setembro, o mangá com o preço mais baixo foi Black Butler custando R$ 19,90, pela Panini. O mais caro foi Satsuma Gishiden, pela Pipoca & Nanquim, custando R$ 69,90.

Se alguém fosse comprar todos os mangás e obras derivadas publicadas em setembro gastaria um total de R$ 796,70, considerando apenas e tão somente o preço sugerido de capa. Trata-se de um valor bem menor em relação a 2019, mas isso se deve aos poucos volumes publicados este ano, em relação a 2019.

Gráfico 7. Valor total que se gastaria comprando todos os mangás, light novels e etc.

Tendo em vista a grande variação de volumes, é importante também olhar a média de preço (o valor total do mês dividido pelo número de volumes) para não se ter uma impressão errada a respeito dos valores praticados.  Por esse “indicador”, houve aumento em relação a 2019.

Gráfico 8. Preço Médio de todos os produtos lançados em setembro (2017 a 2020). Ou seja, o valor total que se gastaria comprando tudo o que saiu dividido pelo número de volumes publicados durante o mês.

Esses números mostram que os preços continuam em tendência de alta, seja porque os mangás convencionais tiveram um aumento mais elevado, seja porque estão lançando mangás em formatos mais luxuosos e mais caros.

Desde dezembro de 2017, além dos mangás impressos, no Brasil também são lançados mangás em formato digital (os Ebooks), de modo que precisamos listá-los também. Ao todo foram publicados 12 ebooks durante o mês de setembro, sendo 7 pela JBC, 4 pela Panini e 1 pela Pipoca & Nanquim.

Gráfico 9. Ebooks lançados por cada editora em setembro de 2020.

Houve apenas duas estreias durante o mês, Naruto pela editora Panini e Grama (quadrinho coreano) pela editora Pipoca & Nanquim. Eis a lista de obras lançadas em setembro de 2020, em ordem alfabética:

Cardcaptor Sakura Clear Card Arc – Capítulo 046
Edens Zero – Capítulo 108
Edens Zero – Capítulo 109
Edens Zero – Capítulo 110
Edens Zero – Capítulo 111
Edens Zero – Capítulo 112
Grama
Naruto #01
Naruto #02
Naruto #03
Naruto #04
The Ghost In The Shell – The Human Algorithm – Capítulo 012

O número de ebooks publicados no Brasil em setembro de 2020 é menor do que no mesmo período dos últimos dois anos, quando saíram 21 ebooks em 2018 e 14 em 2019.

Gráfico 10. Comparação do número de ebooks lançados em setembro nos anos de 2018 a 2020.

Por fim, com as 12 publicações, chegamos à marca de 184 ebooks lançados em 2020. O número continua bem menos em relação a 2019, sobretudo porque a editora JBC tem publicado poucos nos últimos meses.

Gráfico 11. Ebooks lançados no Brasil em 2020 em cada mês.
Gráfico 12. Comparação do número de ebooks publicados no Brasil de janeiro a setembro em 2019 e 2020.

Durante o mês de setembro, apenas um mangá novo foi anunciado:

Takagi – A Mestra das Pegadinhas (Panini)

Entretanto, durante o mês também se ficou sabendo que a Panini deve republicar os mangás Dragon Ball (versão clássica de 42 volumes), Tokyo Ghoul e Tokyo Ghoul:Re com um novo papel. Antes eles saíram em papel jornal e agora devem retornar em papel offset. Entretanto, não existem detalhes adicionais quanto a isso.

Não existe nenhuma empresa que faça o levantamento de números de vendas de mangás no Brasil. Salvo raras exceções, editoras também não divulgam esses números por questões estratégicas (não dar para as concorrentes informações sobre o que vende e o quanto vende) de modo que não há dados públicos disponíveis a esse respeito.


Esse é o resumo do mercado brasileiro de mangás em setembro de 2020. Veja as postagens dos meses anteriores:

Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Agosto de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Julho de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Junho de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Maio de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Abril de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Março de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Fevereiro de 2020)
Resumo do Mercado Brasileiro de Mangás (Janeiro de 2020)


Participamos do Programa de Associados da Amazon, um serviço de intermediação entre a Amazon e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados. Ou Seja, se você comprar algum produto a partir de nossos links ou banners, ganhamos uma comissão.

2 Comments

  • loneprayer

    Interessante que mesmo com a pandemia o número de volumes lançados de janeiro a setembro não ficou tão diferente dos outros anos. Falem o que quiserem da Panini, mas ela levou o mercado editorial de mangás nas costas esse ano =P

  • Fernando Turatti

    É curioso o caso da JBC. Comecei a comprar mangás de novo esse ano e a maioria era da editora, porém, obras de anos anteriores como Chobits, To Love-Ru e Love in the Hell. Uma vez que completei To Love-Ru, não tinha nada atual da editora me atraindo, até que anunciaram o lançamento de “I sold my life…”, cogitei até a embarcar na assinatura, até que vi o preço: cada mangá saia por 23,71 reais, me desanimando consideravelmente, de modo que preferi ir na assinatura de We Never Learn da panini, com cada mangá a 18,3 reais.
    Hoje não acompanho nada da JBC e, mantidos esses preços, ficarei sempre adquirindo somente quando(e se) houver a queda do valor numa amazon da vida.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: