Comentando os títulos anunciados pela JBC

Vou comprar tudo

Com o anúncio de Haikyu!! pela JBC, lembramos que ainda não tínhamos feito uma postagem comentando os títulos revelados pela editora no início do ano. Mais do que isso, boa parte das obras anunciadas anteriormente pela empresa ainda não tinham ganhado um post com nossa opinião sobre eles. Resolvemos, então, sanar essa dívida e fazer esta postagem.

Vamos falar sobre os títulos e dizer o que pretendemos ou não comprar. Vem ver 🙂


Coyote: é o lançamento de fevereiro da editora. Volume único, a obra é um compilado de histórias curtas publicadas na Heros, mesma revista de Ultraman. Por ter apenas um volume, pretendo comprá-lo para ver “do que se trata”. Se não me agradar, foi só um volume mesmo, então não faz falta. Idealmente, no entanto, eu queria adquirir a versão digital para – caso gostasse – comprar a versão impressa, mas como a versão impressa deve sair antes, vou comprar essa mesmo.


Chi’s Sweet Home: esse mangá é uma compra obrigatória para os fãs de gatos. Chi’s Sweet Home provavelmente é o mais famoso mangás de felinos, apresentando as peripécias da gatinha Chi, sendo uma história muito divertida. É um mangá recomendadíssimo e foi um dos anúncios que mais comemorei ano passado, sendo também um dos mais surpreendentes. Acabou não saindo o em 2020 por conta das intempéries, mas deve ser lançado este ano.

Vale dizer que a autora, para quem não sabe, tem um grande séquito de mangás de gatos e eu gostaria dos outros por aqui também^^. Chi’s Sweet Home é completo em 12 volumes, mas a JBC ainda não deixou claro se lançará assim ou se os compilará em menos edições. É um mangá todo colorido.


Dead Dead Demon’s Dededededestruction: anunciado agora em janeiro de 2021, esse é o mangá atual de Inio Asano, ainda em andamento no Japão, com 10 volumes, mas já perto do final.

Fora a sinopse (a vida de duas meninas três anos após a chegada de aliens à terra) eu não conheço nada da história, mas é um mangá do autor de Solanin e Boa Noite Punpun, então é uma compra certa e indicada para todo mundo.


Haikyu!!: creio que Haikyu!! dispensa apresentações e comentários e, de cara, se tornou o maior e mais surpreendente anúncio de 2021 e que dificilmente será superado. Sim, o famoso mangá de vôlei finalmente chegará ao Brasil pelas mão da editora JBC e a versão local compilará os 45 volumes originais em apenas 23.

Comprarei? Com toda a certeza. Ele não está na minha lista de obras favoritas, mas esse é um dos títulos que precisam ser adquiridos por uma infinidade de questões (a vinda de mangás longos por outra editora que não seja a Panini; a possibilidade de mangás de esporte aparecerem mais, etc, etc, etc, etc, etc).

A compra, então, é  certa, eu só não decidi ainda se farei assinatura, comprarei avulso no lançamento ou se irei comprando aos poucos, em promoções. Vai depender do que estiver saindo no momento em que o mangá for lançado.


Inu-Yasha – Wideban: esse é outro mangá que dispensa apresentações, o clássico Inu-Yasha voltará em sua versão wideban, que reduz os 56 volumes originais para apenas 30. Sou um fã da história de Kagome e Inu-Yasha e a busca da jóia de Quatro Almas, e é claro que eu desejo uma nova versão do mangá, então esse é outro comprarei.

Apesar disso, entra no mesmo caso de Haikyu!!, ainda preciso decidir como comprarei (afinal, o dinheiro não é infinito) e vai depender do que estiver saindo no momento do lançamento.


Nausicaä do Vale do Vento: o clássico Nausicaä é mais um que a gente não precisa apresentar. O famoso título da Hayao Miyazaki retorna ao país pelas mãos da editora JBC em uma versão completa em 7 volumes.

Esse eu pretendo comprá-lo também, mas esse será deixado para as épocas de promoções.


Nekogahara: esse é um mangá do mesmo autor de Shaman King e está completo em cinco volumes. Não conheço nada sobre a história, mas é sobre um gato guerreiro. Não tem como não comprar. Novamente, o meu método de adquirir o título dependerá de quando a obra sair.


O Tempo com Você (Mangá): eu já falei para vocês que não gosto dos filmes de Makoto Shinkai? De todos os filmes do diretos, até hoje só três me agradaram, Viagem para Agartha, Your Name. e… O Tempo com Você. Eu não sei exatamente o motivo de não gostar dos filmes dele, mas eu acho que é porque o ritmo e o modo de contar não me agrada. Por que eu acho isso? Porque eu adoro as adaptações em mangá. Eu acho que elas conseguem passar melhor a história e deixam a emoção aflorar mais.

Sendo assim, eu devo comprar esse mangá. Ele é completo em 3 volumes, então não preciso me preocupar muito com a época de lançamento, deve dar para encaixar em algum canto.


Ping Pong: eu não conheço Ping Pong, mas quem leu (ou viu o anime) fala tão bem desse mangá que eu sou tentado a comprar também. Fora que ele é de Taiyo Matsumoto (Tekkon Kinkreet; Sunny), então está aí um motivo claro e evidente para eu comprar.

Vou comprar na época que sair? Provavelmente, não, mas vou comprá-lo, sim.


Sailor Moon – Eternal Edition: eu não gosto muito do mangá Sailor Moon. Eu ainda tenho a memória afetiva da adaptação animada dos anos 1990 e o mangá não conseguiu passar nem perto do que foi a adaptação. Houve momentos divertidos? Houve, mas no geral Sailor Moon é um título que não me agradou tanto. Claro que eu reconheço a importância histórica dessa obra, afinal se hoje a gente tem uma infinidade mahou shoujos é por causa do novo modo que Naoko Takeuchi as tratou, então é algo que todos ao menos deveriam ler uma vez.

Provavelmente eu não vou comprar esse mangá, pois já tenho a edição antiga caso eu queira ler, mas as capas da versão Eternal Edition (que reduz para 10 volumes) são muito bonitas e eu sou tentado a comprar pelo menos a número 1 e as que aparecem a Amy e a Sailor Vênus (nºs 2 e 5), para a coleção. O ruim é que comprar isso para comprar tudo é um pulo O_o. De todo modo, dependerá de quando sair e do dinheiro que eu tiver disponível na época.


Silver Spoon: depois de Haikyu!!, Silver Spoon foi o anúncio mais surpreendente de 2021 da JBC. A gente já não imaginava que o mangá pudesse aparecer, mas eis que estávamos enganados. Completo em 15 volumes, ele é de Hiromu Arakawa (Fullmetal Alchemist) e conta a história do jovem Hachiken e sua adaptação à vida agrícola, em uma escola do interior. É um mangá de comédia e drama dos bons e que vale muito a pena.

Esse é o título máximo da JBC para mim este ano. Se, por ventura, eu tiver dinheiro para comprar apenas dois mangás o ano todo, esses mangás serão Paradise Kiss (anunciado pela Panini) e Silver Spoon. Então ele é mais do que recomendado, ele é obrigatório.


Shaman King: esse é mais um da lista de mangás que não necessitam de apresentações, sendo um dos retornos mais esperados, por conta de seu “final verdadeiro”. Quando ele foi publicado no Brasil pela primeira vez, o mangá tinha acabado de forma prematura no Japão pela editora Shueisha. Posteriormente, o autor conseguiu acabar a obra do jeito que queria. A nova versão brasileira é baseada na edição de Kodansha (atual casa japonesa da obra) em 35 volumes, mas aqui compilada em 18 volumes.

Eu nunca li o mangá, mas assisti o anime antigo e gostei bastante. Devo comprar Shaman King, sim, mas assim como outros não deve ser no lançamento e sim em alguma promoção.


What a Wonderful World!: esse é o outro mangá de Inio Asano anunciado pela editora JBC. Possui originalmente 2 volumes, mas posteriormente foi compilado em apenas um. É essa versão que a JBC irá publicar. Trata-se de uma coletânea de histórias curtas do autor.

Eu não cheguei a ler todo o mangá, mas tive a oportunidade ver algumas histórias e a gente consegue enxergar bem o estilo de Inio Asano que já vimos em A Cidade da Luz, Solanin e Boa Noite Punpun. É a vida da maneira que ela é, com seus percalços, medos e frustações. Vale muito a pena ler e, certamente, irei comprar.


Por fim, vale lembrar que a JBC publicou Mashima Hero’s em capítulos simultaneamente com o Japão e está fazendo o mesmo com The Ghost In The Shell – The Human Algorithm. A JBC já disse – respondendo pergunta de um leitor – que está nos planos futuros (já que para publicar o volume é necessário um outro contrato) lançar uma versão impressa de Mashima Hero’s, mas até agora não falou nada de Human Algorithm.

Caso os dois ganhem versão impressa algum dia, eu não pretendo os adquirir, pois não sou fã nem do Hiro Mashima, nem da franquia GITS.

12 Comments

  • Chi’s Sweet Home infelizmente terei de deixar porque já tem muita coisa pra comprar, mas vou pegar Haikyuu, Silver Spoon e DDD vou experimentar porque parece muito legal. InuYasha e Shaman King eu queria também, mas eles estão dependendo de eu experimentar os títulos das outras editoras para ver se não vou comprar já muita coisa.
    JBC está com ótimos títulos.

  • Rael

    Haikyu!!, InuYasha e Silver Spoon♥ são compras certas.
    Já DDD…, por mais que eu ame o autor, não conheço nada sobre essa obra. Vou esperar por sua review e uma boa promoção.
    Shaman King passou batido na minha infância e nunca fui atrás pra assistir. Aguardo o remake ou deixo a preguiça de lado e maratono na Amazon Prime?~~

  • Hugo Martins de Oliveira

    Dependendo do lançamento “esperar uma promoção” já não é mais uma opção, infelizmente. Tem muitos títulos, iniciados a pouco tempo, que já não se encontra em lugar algum.

  • Nicholas Fuoco

    Tô completamente ferrado: Haikyu, Ping Pong, Gin no Saji e Nausicäa, tenho como compras certas. De onde vou tirar dinheiro e onde vou enfiar tudo isso? Ainda vou descobrir.

  • erik

    eu queria um monte de coisa, mas não dá kkkkk já to tendo que guardar meus mangás em 3 caixas kkkkkk
    eu sei que vou comprar ping pong e what wonderfull world e to muito tentado a pegar o haikyuu (mas se for o caso vai ser em promoção mesmo)… também tava querendo também o dead dead demon dedededededestruction e o silver spoon kkkkkk

    agora, pra mim, o melhor anuncio do ano, se tiver, vai ser se a panini for publicar o “real” do takehiko inoue. Não tem como deixar passar, ele não tem nenhuma história ruim e ele fez o meu mangá preferido (slam dunk) kkkkkk

  • ELIZABETH CRISTINA ROCHA DE AGUIAR

    Eu só consigo olhar pra esse post e pensar duas coisas:
    A primeira é que a linha editorial da JBC consegue pegar praticamente tudo o que eu curto
    A segunda é que não sei como vou comprar tudo isso
    Dos títulos da lista os únicos não me interessam mesmo são Shaman King, Sailor Moon (porque já tenho a primeira versão), Ping Pong, O Tempo com Você e Chi
    Como equilibra Haikyuu e Inu-Yasha ao mesmo tempo sem vender um rim? ;-;

  • ringoroadonceagain

    Queria comprar quase tudo tbm kkkkk
    Como não vai rolar.. eu ainda tô pensando no que exatamente eu vou focar…
    No momento, acho que: Coyote, Inu Yasha, Silver Spoon, Ping Pong e Nausicaä
    Dependendo da época pego os do Inio Asano tbm
    E se rolar um milagre eu pego Haikyuu e Chi’s kkkk
    E se Jesus voltar pra Terra eu pego Shaman King 😛

  • Resumo: Vai comprar tudo XD

    Queria ter tanto dinheiro e espaço assim. Devo de levar Silver Spoon. Alguns dos outros estão na minha lista de ‘Procurar saber mais”. Se bobear pego em ebook no futuro, pq pelo menos eu sei que ebook só acaba se a editora perder a licença kk

    • mhoa

      Ia falar isso KKKKKKK Em resumo: JBC sabe publicar mangá bom. É isso. Melhor editora de mangás do Brasil, sem mais

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: