NewPOP anuncia que irá deixar de trabalhar em bancas

Newpop clubEmpresa mandou e-mail para seus leitores…

Hoje à tarde, a editora NewPOP enviou um e-mail para seus leitores comunicando uma importante decisão da empresa: deixar de trabalhar em bancas. À exceção de alguns títulos, tudo o que a empresa lançar a partir de agora será destinado apenas para livrarias e lojas especializadas. Em breve a empresa irá dizer mais detalhes desse processo e informar quais títulos sairão em bancas e quais não:

Segue o e-mail:


Hoje o assunto aqui na NewPOP é sério: vamos falar um pouco sobre as mudanças e melhorias na forma de distribuição e venda da editora que já começarão a valer para nossas próximas publicações!

2016 está provando ser um ano de muitos desafios e obstáculos que nos impulsionam a mudar. Resistir a fazer mudanças seria pura teimosia, está na hora de reinventar a NewPOP, de mudar, de ousar!
Como toda a mudança, há aqueles que não gostarão, há aqueles que criticarão, mas mudanças são necessárias. Já faz um tempo que a NewPOP tem se preparado para este momento, mas nunca imaginamos que chegaria tão cedo: o dia que pararíamos de distribuir a maioria dos nossos títulos em bancas.
Mas, calma, não é o fim do mundo, de fato todo mês metade dos nossos lançamentos nem vão às bancas. Nossos livros e light novels, como No Game No Life, Fate/Zero e NO.6, e alguns mangás, como Drug-On e Don Drácula, nunca foram às bancas. Agora, esse será o padrão da editora e bancas a exceção.
Mas por quê? Existem vários motivos que nos forçaram a essa decisão, poderíamos citar como distribuição em bancas está ficando cada vez mais caro, como há muita perda de volumes que são estragados no transporte e exposição, como não temos controle sobre essa distribuição (e já descobrimos que muitas vezes os mangás nem são expostos, voltando em pacotes fechados), como ela é falha e não alcança vários de vocês, como não há espaço na maioria das bancas para tanto mangá. Motivos para mudar, temos muitos! 
E sabe o que mais? Tem muitos benefícios também! As lojas especializadas e livrarias permitem compras parceladas, pré-venda, assinaturas. Elas possuem catálogos maiores, com volumes antigos e novos, fica fácil comprar coleções e acompanhar séries em andamento. Lojas trabalham com descontos e promoções que são impossíveis em bancas! Facilidade na troca de volumes com defeitos, possibilidade de encomendas dos volumes que você precisa e uma assistência competente e que sabe do que você está falando e que tem acesso à editora! E muito mais!
As bancas são uma enorme limitação em vários aspectos, é um sistema caro, falho e desvinculado da editora. Pode parecer um choque agora, mas na verdade nenhum dos grandes mercados de mangá no exterior vende suas obras em bancas pelos exatos mesmos motivos! O Brasil começou a lançar em bancas para atrair os leitores de outras revistinhas e gibis na época. Mas mangá não precisa mais disso, isso precisa mudar, isso vai mudar! 
A NewPOP convida todos os seus leitores a participar da nossa busca pela inovação, não apenas de gêneros, temas e acabamento de nossas edições, mas da forma de se consumir mangá!
Junto com esta mudança, iniciaremos o NewPOP Club, nossos planos de assinatura para ajudar todos os leitores que não tenham acesso a tais lojas e livrarias. Lembrando que qualquer livraria pode receber nossos materiais, e vocês podem nos ajudar com isso! Aqui um guia de como proceder: http://www.newpop.com.br/?p=669. Além disso, lançaremos um sistema para que vocês possam adquirir os mangás que não irão mais para as bancas sem pagar nada a mais por isso.
Este mês traremos mais informações sobre tudo isto, qual vai ou não sair das bancas, ajustes necessários, etc, e já começaremos a trabalhar no nosso próximo checklist. Pedimos a todos que aguardem pacientemente um pouco mais. 2016 mal começou, mas com certeza vai deixar sua marca!

***

O que achou da ideia, leitor?

BBM

24 Comments

  • Alison Varjolo

    Bem, já faz um tempo que não compro mangás em bancas de qualquer forma. Além dos problemas mencionados pela editora, eu coleciono muitos títulos e, por isso, não consigo comprar todos os títulos mensalmente, preciso sempre ficar alterando os títulos que compro em cada mês. Um lugar que tenha disponível os volumes mais antigos sempre foi melhor pra mim e isso eu geralmente só consigo na internet.

  • SE o valor final dos mangás deles diminuissem já q não pagariam a Dinap e esse valor não fosse diluido nos custos, eu até acharia bacana, mas quem garante q os preços não subirão mais exatamente porque eles provavelmente terão tiragens menores.
    Faz sentido por um lado, mas só o futuro dirá se essa foi uma boa ideia.

    • Pensemos assim: “Drug-on”: é para livrarias e custa R$ 14,00. Outros títulos recentes da editora com características semelhantes (formato, número de páginas) e que vão para as bancas possuem praticamente o mesmo preço, como NO.6 que é para as bancas e também custa R$ 14,00.

      Estou bastante otimista e acho que nem tudo terá o preço das novels ou de mangás do Tezuka.

      • guilherme

        Vc acha que isso vai afetar negativamnente a newpop futuramente?Eu pessoalmente acho que não, ela sempre foi diferente das outras, produtos com melhor qualidade voltados a um publico mais espeífico, então acredito que vai ser até melhor pra eles…

        • Roses

          Segundo o diretor, Drug-On que foi apenas às bancas foi uma surpresa imensa em boas vendas. Não duvido que isso não tenha pesado bastante!

          E sobre aumento, levem em consideração que há muita perda de material, o texto diz: “há muita perda de volumes que são estragados no transporte e exposição”, a redução de tiragem pode até se pagar com o fato de zerar a perda. Não sei valores, mas deve ser, sim, algo que pesa. 🙂

  • Bruno

    To meio preocupado em como os preços vão ficar

    Mas eu gostei das dicas de pedir nas livrarias, eu vou tentar começar a pedir encomendas na livraria, não só de newpop, mas das outras editoras também

  • SIRIUS BLACK

    #Partiu fazer assinatura. Fazer o que? O problema é ter a grana toda para pagar tudo de uma só vez!

    • SIRIUS BLACK

      Eu só não gostei porque vou ter de arcar com o frete caro pra porra para comprar toda vez essas merdas. Mas fazer o que? É a vida! ¬¬

      • Roses

        1. Assinatura tem frete grátis.
        2. Eles parcelam.
        3. “Além disso, lançaremos um sistema para que vocês possam adquirir os mangás que não irão mais para as bancas sem pagar nada a mais por isso.” Seja lá o que isto for.

  • O problema é que o frete das lojas é um roubo para cá, para o Nordeste. A distribuição dos mangás também não é boa, Berserk #6 está na banca da minha cidade desde de setembro! Tokyo Ghoul #4 nem chegou ainda. Nem compro mais mangás se não tiverem assinatura, só compro TG e Berserk. TG ainda tenho esperança que chegue aqui, mas Berserk está complicado continuar. Estou pensando em esperar um ano e comprar os volumes lançados tudo de uma vez na loja da Panini.
    Da Newpop só compro Madoka, então, se tiver assinatura, eu aceito.

    • Roses

      “Além disso, lançaremos um sistema para que vocês possam adquirir os mangás que não irão mais para as bancas sem pagar nada a mais por isso.” Não tenho a menor ideia do que isto significa, mas tenho a impressão que é exatamente para pessoas como você.

  • Eu acho que foi uma boa atitude da NewPOP, como ja disseram ela sempre foi diferente das outras editoras então nada mais justo que sua distribuição também seja. Particularmente não vai mudar muito para mim, aqui na minha cidade raramente vejo volumes da NP, esse mês que chegou Usagi Drop 1,2,3,7 e só. Jeito é esperar e ver o que vai acontecer, talvez até mesmo as outras editoras adotem essa postura futuramente já que existe bastante reclamação em relação a distribuição e estado que os mangás chegam as bancas.

  • Keiko-chan

    Se deixa de distribuir nas bancas e nas revistarias especializadas? Geralmente, quando vou comprar alguns outros títulos lá, eles falam que vem com uma semana de antecedência, mas neste caso a revistaria não terá material também?

    • Lojas especializadas continuaram recebendo. Eles falam especificadamente de material de bancas de jornais comuns. Se a revistaria já trabalha com quadrinhos e recebe coisas como Blade ou Éden da JBC, então nada deve ser alterado para os mangás e livros da NewPOP.

      • Keiko-chan

        Muito obrigada pela informação! É que eu fiquei preocupada, mas também não tinha reparado nisso!!

  • Eu acho que eles ficaram de saco cheio de tanto empecilho e jogaram tudo pro alto!
    A HQM Editora também tava nessas de não mandar mais coisas pras bancas, antes de dar uma pausa.

  • […] Recentemente a editora NewPOP alterou sua distribuição nos mesmos moldes acima e gerou certa polêmica, os benefícios de sair das bancas é óbvio e fácil de identificar, mas muitos questionam os problemas de acesso e a viabilidade desse perfil no Brasil, já que mesmo livrarias por aqui são raras e muitas cidades não possuem nenhum ponto de venda sequer. […]

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: