BBM Lista: Mangás em capa dura publicados no Brasil

Aquela lista pequena, mas de respeito…

Dezembro de 2016. Nesse mês, o primeiro mangá em capa dura foi lançado no Brasil. De lá para cá, mais alguns títulos apareceram para a alegria dos colecionadores mais fanáticos ou para o desespero dos que odeiam esse tipo de adereço.

Como não poderia deixar de ser, os mangás em capa dura tiveram um valor bem elevado, afinal são produtos destinados a uma galera mais abastada, o que afastou muita gente logo de cara. Mas eles estão aí e parecem estar fazendo sucesso.

A nossa postagem de hoje vem listar os mangás em capa dura publicados no Brasil.


Cavaleiros do Zodíaco – Kanzenban (JBC)

O primeiro mangá em capa dura no Brasil acabou por ser Cavaleiros do Zodíaco em sua edição Kanzenban. Embora fosse algo inesperado quando foi anunciado, a verdade é que se tinha um mangá para ser lançado em capa dura, esse mangá era Cavaleiros por conta de todo o histórico da franquia em nosso país e da massa de consumidores que todos os produtos da série têm.

Com 22 edições, o mangá começou a ser publicado no fim de 2016 e se estende até hoje. Seu preço é R$ 64,90. Todos os volumes ainda se encontram disponíveis. Você pode comprá-los na Amazon, clicando aqui.

SinopseAs forças do mal ameaçam dominar o Santuário da Deusa Atena e assim dominar a Terra. Em meio à Guerra Galáctica, o torneio idealizado por Mistumasa Kido para reunir Cavaleiros que treinaram em diversas partes do mundo, surgem 5 jovens de grande força e idêntica coragem para enfrentar essa ameaça.

Fragmentos do Horror (Darkside Books)

A Darkside Books é uma famosa editora de livros de terror e fantasia, tendo como sua marca registrada uma caveira. A empresa é conhecida por alto padrão, publicando atualmente apenas obras em capa dura.

Em julho de 2017, a empresa publicou o seu primeiro mangá, o volume único Fragmentos do Horror, do aclamado Junji Ito. O preço de capa foi R$ 54,90. Ele se encontra disponível até hoje. Você pode comprá-lo na Amazon, clicando aqui.

SinopseMestre do terror em quadrinhos, Junji Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias. O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim — ou quem sabe até por isso mesmo — belo. Se você tem coragem (e estômago), não pode perder Fragmentos do Horror, primeiro livro de mangá publicado pela DarkSide Books. Fragmentos do Horror é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Itosan oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado! Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar. Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror.

Ayako (Veneta)

Você já foi assaltado? Uma boa forma de se defender é portando um volume de Ayako, de Osamu Tezuka. Com mais de 700 páginas, o mangá foi publicado em capa dura no mês de fevereiro de 2018 e certamente causará ferimentos se o produto for arremessado em direção a alguém^^. (Nota: não reaja a assaltos).

A obra foi lançada pela editora Veneta e se tornou de cara o mangá com o preço de capa mais elevado da história do país, R$ 129,00. Sem dúvida alguma, apenas para quem tem muitas posses. A obra ainda se encontra disponível e você pode comprá-lo na Amazon, clicando aqui.

SinopseJiro Tenge, filho de uma família aristocrática do norte do Japão, volta para casa depois de passar anos como prisioneiro dos americanos durante a Segunda Guerra Mundial. Ele descobre então um terrível segredo envolvendo seu pai, seu irmão mais velho e sua cunhada. Mas Jiro também tem um segredo, também terrível. E todos decidem que a filha mais nova, a pequena Ayako, é quem pagará pelos pecados da família. Através da história da família Tenge, o quadrinista Osamu Tezuka conta a história do Japão no pós-guerra. O trauma da ocidentalização forçada imposta pela Força de Ocupação norte-americana, os reflexos da Guerra Fria, os choques de gerações, a luta de classes, a corrupção na política, o poder da Yakuza, as guerras de gangs, a violência do machismo… Tudo em um ritmo de suspense alucinante, que surpreende à cada página. Um livro emocionante.

Guardiões do Louvre (Pipoca & Nanquim)

Se Ayako é o mangá mais caro publicado no Brasil, Guardiões do Louvre é o que tem maiores dimensões. Nenhum outro mangá foi lançado em um formato tão grande quanto ele (23,4 x 31,6 cm).

Totalmente colorido e em capa dura, o título foi publicado me maio de 2018 pela editora Pipoca & Nanquim ao preço de R$ 59,90. O mangá ainda se encontra disponível e pode ser comprado na Amazon, clicando aqui. A editora também lançou o mangá em formato digital.

SinopseO aclamado mangaká Jiro Taniguchi o convida a conhecer o Museu do Louvre de uma maneira inesquecível. Depois de uma excursão pela Europa, um artista japonês faz uma parada em Paris sozinho, com a intenção de visitar os museus da cidade. Mas, acamado em seu hotel devido a febre, ele enfrenta o sofrimento da solidão absoluta em uma terra estrangeira, privado de qualquer recurso ou apoio familiar. Quando a febre baixa um pouco, ele inicia seus passeios e logo se perde nos monumentais salões do Louvre. Lá, descobre muitas facetas do mundo das artes, em uma jornada que oscila entre alucinações febris e realidade. Ele se vê conversando com pintores famosos de diversos períodos da história, sempre guiado pelos… Guardiões do Louvre.

A Menina do Outro Lado (Darkside Books)

Depois de três volumes únicos nesta lista, uma nova série em capa dura começa a ser publicada, A Menina do Outro Lado. Anunciado em fevereiro de 2018 pela editora Darkside Books (a mesma de Fragmentos do Horror), a obra começará a ser lançada apenas agora em fevereiro de 2019.

A Menina do Outro Lado será publicado no formato 14 x 21 cm, terá capa dura e custará R$ 54,90, tal qual o primeiro mangá da editora. A obra ainda está em andamento no Japão, atualmente com 6 volumes. Compre o primeiro volume na Amazon, clicando aqui.

SinopseEm um país dividido entre pessoas normais e seres amaldiçoados, Shiva é uma menininha que foi acolhida por uma estranha criatura meio animal e meio humana. Sensei, como é chamado, não pode ser tocado e vive fora da cidade. Afastado do convívio com os demais e ciente dos perigos e maldições que os rodeiam, Sensei alerta Shiva para que ela não saia sozinha. Porém, quando a menininha decide reencontrar sua tia desaparecida, regras são quebradas — e a vida que eles conheciam é colocada em risco. A Menina do Outro Lado é uma fábula sobre a criação do afeto e o amor entre duas criaturas tão diferentes, mas com muito a compartilhar. Uma trama atual sobre a condição do diferente e da falta de aceitação. Sobre largar seus medos e enfrentar a vida com um novo olhar.

Dragon Ball – Edição Definitiva (Panini)

A mais recente obra dessa lista, Dragon Ball – Edição Definitiva ainda não teve a capa divulgada no momento em que esta postagem vai ao ar. Ele começará a ser publicado no mês de março pela editora Panini e seguirá a edição kanzenban, em um total de 34 volumes.

O mangá virá no formato 14,7 x 21 cm, com miolo em papel couchê fosco 150g, além, é claro, da capa dura. Custará R$ 64,90. É o primeiro mangá em capa dura da Panini e o mais caro da empresa até o momento. A pré-venda ainda não foi iniciada.

SinopseSon Goku é um pequeno órfão de coração puro, mas com uma tremenda força. Depois de viver tanto tempo isolado da civilização, ele recebe a inesperada visita de uma garota! Bulma lhe propõe uma parceria para buscar as sete Esferas do Dragão, que, quando reunidas, são capazes de realizar qualquer desejo! Perigos e adversários não faltarão no caminho dessa dupla inusitada, e os mais variados personagens marcarão presença nesta aventura cheia de humor! Não perca a chance de acompanhar Goku em sua jornada, na conquista de novos amigos e na superação de todos os desafios com sua personalidade cativante e incríveis habilidades! Prepare-se para esta viagem cheia de reviravoltas, que a aventura já vai começar!

Anúncios

3 comentários

  1. Algo que eu não entendo são capas duras pra 200 páginas ou menos para séries (o que acontece muito em HQs). Quer dizer, as capas são mais grossas que o conteúdo, qual o sentido? Só atrapalha na leitura… Capa dura com poucas páginas são legais pra volumes únicos. Apesar de achar que ficou legal no CDZ, ainda acho que deveriam ser compilados mais volumes pra fazer sentido, DragonBall acho que vou sentir o mesmo…

    Pelo andar da carruagem, a lista deve crescer nos próximos anos. Infelizmente (ou felizmente pra alguns) mangás estão recebendo uma gourmetização desnecessária. E se continuar nesse ritmo, logo não haverá mais espaço para obras desconhecidas como Love Junkies, no máximo obras mais cults ou alternativas com um acabamento mais luxuoso, vide capa dura.

    Curtir

  2. Só um pequeno adendo, Kyon: a Darkside Books já não publica mais somente obras em capa dura; ano passado mesmo saíram alguns livros em capa cartão (Inferior É o Car*lhø, Superinteligência, O Diário de Myriam, etc.). Mas que eu saiba no acervo de quadrinhos ainda não teve mesmo nenhum lançamento em capa cartonada.

    Curtir

  3. A Dark Side viajou demais! Me interessava pelo mangá, mas não sou louco de dar 54 reais num mangá de 178 páginas. Devia fazer um compilado de três volumes por 100 reais.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s