BBM Lista – Os 5 mangás mais populares do MAL ainda não lançados no Brasil…

worldSerá que eles têm chance?

Muitos fãs de mangá e animê costumam catalogar as obras que já leram ou assistiram por meio de algum site. Aqui no Brasil temos o Guia dos quadrinhos e o Skoob para os mangás e o Filmow para os animês. Contudo nenhum dos três é específico para o mundo otaku e, por isso, um dos catalogadores mais conhecidos acaba sendo gringo, o My Anime List, conhecido carinhosamente como MAL.

No MAL existe uma ferramenta que cataloga os mangás e os animes mais populares, ou seja aquelas obras que as pessoas mais viram/leram, não necessariamente gostaram (há também a possibilidade de listar os mais bem avaliados pelo público do site). É uma ferramenta bem útil para medir a popularidade de uma série e o quanto as pessoas gostaram dela, ainda que de um público bem específico.

Conseguimos notar que a maioria das obras mais populares desse site já foi ou está sendo publicada em nosso país. Porém, algumas delas foram esquecidas e até o momento não se percebe qualquer movimentação das editoras para trazê-las e/ou nem vemos fãs suficientes pedindo por elas. Seriam essas obras pouco populares no Brasil?

Pensando nisso, mais a caráter de curiosidade resolvemos listar aqui os mangás mais populares do MAL que ainda não foram lançados no Brasil.

***

Dengeki daisyDengeki Daisy

Ocupando a 22ª posição no ranking de popularidade, Dengeki Daisy é um mangá de autoria de Kyousuki Motomi e foi publicado entre 2007 e 2013 na revista shoujo Betsucomi, da Shogakukan, rendendo ao todo 16 volumes. Atualmente é o terceiro mangá shoujo mais popular entre os usuários do site, perdendo apenas para Fruits Basket e Maid-Sama. O título volta e meia é pedido pelos fãs da demografia, mas com o tempo veio perdendo a popularidade para obras mais recentes.

Sinopse:Teru Kurebayashi perde seu amado irmão para uma doença. Sua tristeza, entretanto, é amainada pelas mensagens que troca com Daisy, uma figura enigmática com quem mantém contato por meio do celular que seu irmão deixou.  No meio disso, Teru faz amizade com Tasuku Kurosaki, zelador de sua escola, que parece estar sempre por perto quando ela precisa de ajuda. Poderia Daisy estar muito mais perto do que ela imagina?

HorimiyaHorimiya

Ocupando a 26ª posição, Horimiya é um mangá de autoria de Hero e Daisuke Hagiwara, sendo publicado desde 2011 na revista Gfantasy, da Square Enix. A obra possui atualmente 8 volumes.

Horimiya originalmente é web comic no estilo 4-koma (tirinhas ao estilo K-on ou Azumangá Daioh!) feito pelo artista conhecido como Hero e rendeu 10 volumes no total. O mangá que faz sucesso entre os usuários do MAL, na verdade, é um remake em formato mais “padrão” de mangá feito pelo Daisuke Hagiwara.

Sinopse: Hori é uma garota adolescente comum e normal… mas tem um lado que não deseja que os outros vejam, sendo totalmente diferente em casa e na escola. Miyamura, um colega de classe dela, é um jovem normal, mas que também tem um segredo fora da escola. Quando os dois se encontram inesperadamente, eles descobrem segredos um do outro e desenvolvem uma amizade inesperada.

NisekoiNisekoi

Primeiro e único título da Shonen Jump da lista, ocupando a 27º lugar no ranking, Nisekoi é um mangá de autoria de Naoshi Komi e é publicado desde 2011, possuindo atualmente 22 volumes. Trata-se de um mangá de comédia romântica e que vem se estendendo indefinidamente. Mesmo com a popularidade que ganhou com o animê, raramente tem se visto pessoas pedindo pelo mangá, tendo sido “apagado” por outras da Jump.

Sinopse: Ichijou Raku deseja uma vida de paz e tranquilidade, porém ele é filho de um dos chefes da Yakuza, a famosa máfia japonesa. Então sua vida, já conturbada com isso, dará uma guinada com a chegada de Kirisaki Chitoge com quem deverá fingir ser seu noivo devido a negócios de seus pais.

oyasumi punpunOyasumi Punpun

Em 30º lugar, Oyasumi Punpun (Boa noite, Punpun) foi publicado na revista seinen Big Comic Spirits, da Shogakukan, e foi concluído em 13 volumes. Essa é a obra mais popular de Inio Asano (Nijigahara Holograph/ Solanin) e já foi publicada em vários países do mundo, porém ainda não aportou no Brasil. Será que demorará muito para alguma editora o anunciar?

Sinopse: Punpun é uma criança como todas as outras. Ele passa por muitos conflitos em sua vida, assim como qualquer outro ser humano. Essa é a história sobre a vida de Punpun, superando seus obstáculos e as adversidades que o mundo lhe traz. Adversidades que para Punpun podem ser muito maiores do que para os outros…

The world of god only nowThe World God Only Knows

Em 31º lugar na lista, Kami nomi zo Shiru Sekai (The World God Only Knows) é o mais longo mangá presente nesta lista, possuindo 26 volumes. A obra é de autoria de Tamiki Wakaki e foi publicado entre 2008 e 2014 na revista Shonen Sunday, da Shogakukan. A obra foi adaptada em animê em 2010. Atualmente não vemos muitas pessoas pedindo por essa obra no Brasil.

Sinopse: Keima Katsuragi é conhecido como um deus da conquista por conseguir todas as meninas muito facilmente, nos mais diversos simuladores de encontro que existe. Na vida real, entretanto, ele é totalmente o oposto e odeia as meninas de carne e osso. Entretanto, certo dia, ele acaba abordado por uma moça chamada Elsie, na verdade um demônio do inferno, e sem querer assina um contrato com ela. Agora ele terá que ajudá-la na captura de espíritos fugitivos que se escondem nas pessoas e caso falhe perderá a cabeça (literalmente). Todavia há mais um complicador: os espíritos se escondem no coração das meninas e a única maneira de o espírito sair é fazer a menina se apaixonar. Terá ele condições de trazer sua experiências nos jogos para a vida real?

***

Esses foram os cinco mangás mais populares do MAL ainda não lançados no Brasil. A título de curiosidade, entre os 50 mais populares, também não foram publicados no Brasil os seguintes títulos: The Breaker (mangá coreano), Yotsubato, Food Wars, Onanie Master Kurosawa, Skip Beat, Tokyo Ghoul: re, Koe no katachi, Watashitachi no Shiawase na Jikan. Ou seja, dos 50 mangá mais populares do MAL, 37 foram publicados no Brasil.

Você se identifica com a opinião popular dos usuários do MAL e espera alguns desses títulos no Brasil?

BBM

19 Comments

  • Sempre gosto de ir no MAL pra fazer pesquisas de séries populares, top 10 e ver algumas notícias relacionadas a anime e mangá. Sempre fico mostrando para os meus amigos as obras populares e mais bem avaliados e fazer comparações e iniciar uma discussão. E dessas conversas que sempre estamos discutindo, sempre estamos falando de OYASU PUMPUM, KINGDOM, GREAT TEACHER ONIZUKA, MUSHISHI, UCHUU KYOUDAI, BECK,, obras bastante populares e bem avaliados pelo público não vieram a ser lançados no Brasil. LAMENTÁVEL.

    • Joãosuke Higashikata

      O mais incrível é tentar conversar com seus amigos sobre esses mangás e ver que a maioria das pessoas sequer ouviu deles porque não são tão famosos. A maioria dos ”fans de anime/mangá” de hoje em dia sequer ouviram falar de Cowboy Bebop e Akira…

  • anon

    Acho que tem chances da JBC publicar Oyasumi Punpun em um futuro não muito distante visto que eles anunciaram Nijigahara Holograph, que é do mesmo autor.
    Um que não entendo como não veio ainda é Shokugeki no Souma, já que ficou bem popular depois do anime e sempre tem gente pedindo.
    Desse top 50, Tokyo Ghoul: re provavelmente vai vir logo em seguida de Tokyo Ghoul e quero acreditar que Koe no katachi tem chances de vir em breve também (já finalizado com poucos volumes, arte bonita, sempre tem alguém pedindo…)

    • Acho que Souma ainda não veio por causa da sua temática. Mangá com temática de culinária ainda tem um grande preconceito por muita gente. Sem falar que, do gênero, já temos Toriko por aqui, que parece não ter tantos fãs assim se levarmos em conta o fato de que ele é um dos grandes da Jump. Talvez por isso as editoras tenham receio em apostar nele, ate por que, diferente de Toriko que ainda tem o elemento fantástico, Souma é um mangá de culinária no mundo real, então já perde a atação dos fãs de fantasia.

      Mas, eu adoro SnS, muito mais que Toriko, e espero mesmo que ele venha pro Brasil em breve. Esse tem mais cara de sair pela Panini, mas eu também achava isso de Boku no Hero Academia, e a JBC passou a perna na editora italiana. Então vamos esperar e torcer.

      • anon

        Também tenho a impressão de que estejam com receio de trazer Shokugeki por causa da temática… mas acho que o fato de ser mais “pé no chão” do que Toriko pode atrair mais do que só os fans de shonen. De repente poderiam fazer um marketing ao estilo MasterChef pra divulgar xD?

  • binho

    *Olha para o Kyon com raiva* `-´
    Boa matéria, desses só o último me chamou a atenção. Nisekoi tem um ata e desata muito grande para minha pessoa.

  • Gabriel

    Não conheço nenhum, mas me pareceu bem interessante. Vou dar uma olhada neles. Um que eu queria muito que viesse era Food Wars. E muito bom

  • gilberto94819

    Infelizmente as editoras do Brasil só trazem mangá porrada e modinha para cá. Gostaria muito, mas muito mesmo, se publicassem: Uzumaki de Junji Ito (3 volumes, dá para trazer em versão big compilando todos os volumes); Nausicaa (7 volumes); I Am a Hero (+20 volumes), Dragon Head de Minetaro Mochizuki (10 volumes). De relançamento eu gostaria de Gantz, Monster e Dragon Ball versão definitiva (aquela vermelha).

    • A Conrad chegou a lançar Uzumaki há muito tempo atrás.

      Mas faço coro pra I Am a Hero e Dragon Ball Ed. Definitiva.

  • Matheus

    Difícil mesmo é para mim que sou fã da Type-Moon. Tudo que tem aqui é Fate/Stay Night e zero, nada de Tsukihime, Kara no Kyoukai, e outros.

  • iproxfrancisco

    Nisekoi já está sendo publicado, agora se o mercado obedecer alguma lógica em 2018 bem mais um desse top 5.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: