BBM Responde: Quanto tempo demora para o mangá chegar na minha banca depois de lançado?

E outras dúvidas envolvendo as bancas de jornais

Voltamos com mais um BBM Responde, uma coluna voltada para responder perguntas que encontramos nas redes sociais, em comentários do blog, etc. A ideia é responder perguntas bem simples, mas que mesmo assim muitos leitores e colecionadores tinham dúvidas.

Igualmente a coluna tem como objetivo ajudar aquele novo leitor de mangá a navegar pelo nosso mundo que às vezes pode ser muito exclusivo. Aproveitamos e convidamos também nossos leitores mais antigos a dividir suas dicas e experiências. Além disso sintam-se livres para usar esse espaço como um FAQ e perguntar qualquer coisa que poderemos responder futuramente.

***

  • O volume de um mangá fica quanto tempo na banca?

Depende muito das obras. Séries mensais costumam ficar de 20 a 30 dias, séries bimestrais  e trimestrais podem ficar ainda mais tempo. O problema aqui, entretanto, é que isso vai variar de acordo com a distribuidora e os estoques das bancas. Em geral as bancas não tem capacidade ou espaço para manter mangás por vários meses, elas precisam liberar espaço para receber mais, assim é comum que não passe de um mês.

Infelizmente nas bancas não dá para confiar que vai ter, o negócio é ficar ligado nos lançamentos e partir comprar assim que for lançado, ou periga você ficar sem.


  • O que significa fase 2 de um mangá? O que é distribuição setorizada?

“Fase 2” diz respeito à zona de distribuição, exclusivamente da distribuição em bancas.

No passado a setorização da distribuição era o padrão, usada com o intuito de economizar. As editoras enviavam primeiramente para os grandes centros urbanos ou núcleos de consumidores, chamada de fase 1, após um tempo os volumes não vendidos eram recolhidos das bancas pela distribuidora e redistribuído para a chamada fase 2. Entre a fase 1 e 2 às vezes chegava a ter uma diferença de tempo de 3 meses a um ano. Também era comum que a fase 2 viesse com volumes estragados e defeituosos, sem as capas plásticas. Além da 1 e 2 há também a fase 3 a depender da editora, a fase 3 era a redistribuição das sobras para pontos estratégicos de enorme demanda.

Atualmente a setorização da distribuição nas bancas está quase extinta, mais foi uma realidade dolorosa para grande parte do país durante mais de quinze anos.


  • As editoras enviam mangás para as bancas de novo depois de um tempo?

Sim e não. Reposições e redistribuições são coisas raras, mas que ocorrem às vezes em casos específicos, especialmente quando há esgotamento do primeiro volume. Entretanto, por mais que ocorra às vezes, ficar checando a banca na esperança de que tal ocorra não é a melhor das opções.


  • Quanto tempo demora para o mangá chegar na minha banca depois de lançado?

Impossível responder isso, mesmo se soubéssemos o endereço. A distribuição às bancas vai depender do tempo que a editora leva para repassar para a distribuidora e o tempo que a distribuidora leva para chegar até a banca em questão. Em geral a diferença de tempo entre as primeiras bancas e as demais é de até 15 dias, mais geralmente por volta de uma semana.

Uma boa alternativa é acompanhar alguma banca ou comunidade que informe lançamentos e ficar esperando aparecer na sua cidade, em cima disso tirar o valor aproximado do atraso e usá-lo para suas próximas compras.


  • Quais mangás não chegam nas bancas? Como descobrir?

Não há uma fórmula mágica, é algo que a editora vai decidir, mas como regra geral a Panini sempre envia para bancas e a NewPOP nunca (embora às vezes pinte uns volumes antigos). Editoras esporádicas como Devir e Darkside também nunca enviam para as bancas. A JBC, por sua vez, tem uma posição mais variável, embora atualmente ela esteja restringindo a distribuição em bancas.

Vale lembrar que a JBC, no site e checklist dela, informa qual o tipo de distribuição. Aqui no blog também, em todo checklist, sempre repetimos onde você pode achar tais obras e se vão ou não para as bancas.


  • Todas as bancas recebem ou podem receber mangás?

Todas e qualquer banca pode receber mangás, mas se recebem ou não é uma mistura da distribuidora entregar naquela localidade e o jornaleiro desejar trabalhar com aquele material. Assim se uma certa banca não possui mangás, você pode tentar pedir e conversar com o jornaleiro para que ele passe a trabalhar com esses produtos.


  • Quem é o responsável por enviar os mangás para as bancas?

Chama-se de “distribuidora” as empresas que trabalham com a distribuição. No Brasil existem diversas distribuidoras de revistas a nível local, mas apenas uma a nível nacional, a DINAP. E é ela a responsável por levar os mangás até a sua banca.

No passado existiu mais, mas acabaram todas virando uma única empresa, um monopólio a nível nacional.


  • Por que os mangás da Panini não chegam mais na banca de minha cidade?

Em 2017, a Panini “rompeu” com a DINAP e passou a contactar as distribuidoras regionais diretamente. Isso ocasionou problemas de distribuição em várias cidades e, em algumas delas, isso permanece até hoje. A editora diz estar trabalhando para resolver o problema, então resta esperar e ver se isso se resolve.


  • Mais tópicos e matérias de interesse

Acompanhe todos os lançamentos semanalmente na nossa coluna Saiu esta semana…

***

Curta nossa página no Facebook
Nos siga no Twitter
BBM

3 Comments

  • Marcelo

    BBdM, vocês não vão postar sobre o último Henshin Online? Poderiam fazer um único post compilado sobre a situação de Akira 2 e 3, novo Cavaleiros Lost Canvas provavelmente de luxo etc.

    • Não teve nenhuma informação relevante no Henshin Online. Praticamente tudo já tinha sido divulgado antes e já postamos aqui em notícias de semanas anteriores. Participação da JBC no Anime Friends ou chegada de material de Lost Canvas (únicas informações realmente inéditas) não valem postagem.

  • Tenho uma pequena banca de revistas no meio oeste de Santa Catarina. Por gostar de mangás e por ter um círculo de pessoas que também gosta tenho uma boa venda desse nicho.
    Recebo normalmente mangás da Panini e JBC com algumas exceções ( Inuyashiki da Panini nunca apareceu na banca, e nem a distribuidora recebeu) e de uns tempos pra cá passei a não receber da JBC os mangás que eles mesmo avisaram que não vem pra bancas.

    Para os demais mangás o que posso dizer é que depende um pouco das vendas. A distribuidora recebe um número limitado até onde sei. E depois de alguns números envia apenas para onde vende. Como disse tenho vários clientes que compram vários mangás. Mas por exemplo não tenho nenhum que compra To Love Ru. No começo esse mangá vinha para minha banca, hoje infelizmente não vem mais. Então não tenho chance de vender ele. Se eu solicitar a distribuidora eles até me mandam. Mas se fizer isso devia fazer para vários outros titulos e revistas que seguem a mesma lógica.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: