NI 295. “Eden’s zero”, novo mangá de Hiro Mashima, será publicado de forma simultânea em 6 idiomas

Português não incluso…

Foi noticiado pelo site italiano Manga Forever

A mais recente edição da revista Weekly Shonen Magazine, da editora Kodansha, revelou o título do novo mangá de Hiro Mashima, a estrear dia 27 de junho de 2018. Ele se chamará Eden’s Zero.

Outra novidade é que além da publicação em japonês, a obra será lançada digitalmente de forma simultânea em outras cinco línguas, francês, Inglês, coreano, chinês e tailandês. Infelizmente o Brasil ainda não foi contemplado com uma publicação oficial simultânea em nosso idioma.

Hiro Mashima é autor do mangá Fairy Tail, recém concluído no Brasil pela editora JBC. Mashima também é o responsável por Monster Hunter Orage, Mashima-en e Fairy Tail Zero, todos publicados pela JBC. Ele ainda é autor de Rave Master, inédito no Brasil.

***

Leia também:

Curta nossa página no Facebook
Nos siga no Twitter
BBM

5 Comments

  • Starrk

    Olha, as vezes lançamento simultâneo não significa coisa boa, lembra de Gate 7? rsrs
    Coitada da newpop, mandou tão bem em conseguir publicar um obra da clamp junto com o Japão e a obra acabou no limbo, tomara que não aconteça o mesmo com essa.

    • mas você quer mesmo comparar a CLAMP que já abandonou várias obras com o Mashima que já fez várias vezes capítulos DUPLOS em um sistema de publicação SEMANAL? =P

      O homem é uma máquina, é o único autor que dá pra fazer simulpub e ainda ter uma periodicidade boa.

  • Eraldo

    O lançamento simultâneo da ultima edição de Evangelion pela JBC não conta ?

    • Não. Como o texto diz, o que acontecerá com “Ende’s Zero” é a publicação DIGITAL CAPÍTULO A CAPÍTULO! De modo que se sai capítulo novo no Japão, logo em seguida terá em outros idiomas de forma oficial. Isso nunca aconteceu em língua portuguesa e, por ora, continuará não acontecendo. Quem quiser ler em português precisará recorrer à pirataria. Em inglês talvez tenha na Crunchyroll Manga ou seja possível comprar via Kindle, mas em português, não.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: