Em parceria com Sato Company e Toei, JBC publicará mangá nacional do “Jaspion”.

Dupla responsável por Combo Rangers fará o mangá

Além de anunciar diversos títulos, uma das novidades da editora JBC, em sua palestra no Anime Friends, foi a divulgação de que a empresa lançará uma mangá nacional do Jaspion. A obras nasce de uma parceria da editora com a Sato Company e com a Toei e terá como responsáveis Fábio Yabu e Michel Borges, dupla que trabalhou junta em Combo Rangers.

Segundo a editora, a história em si retomará o que foi visto na série clássica, contextualizando os eventos ocorridos 30 anos atrás para os tempos atuais, com novos conflitos, velhos conhecidos e, talvez, até um novo penteado. Mas é certo que antigos e novos vilões estarão presentes na aventura. O mangá do Fantástico Jaspion já está em produção e a previsão de lançamento é para o final de 2018. Jaspion ​é a primeira obra desenvolvida exclusivamente para o Henshin Universe​, selo destinado para a produção nacional de mangás originais da Editora JBC​.

Jaspion foi sucesso absoluto na virada dos anos 1980 para os anos 1990, quando sua série foi exibida na extinta TV Manchete​, Jaspion foi um marco e, ao lado de Changeman​, foi responsável por desencadear uma verdadeira febre de heróis japoneses na época. O Campeão da Justiça faz parte da quarta geração de metal heroes do Japão cujos antecessores são os policiais do espaço Gaban​, Sharivan ​e Sheider. ​O sucesso do algoz do maligno Satan Goss ainda impulsionou a vinda de outro herói japonês: Spielvan​, que chegou a ser batizado no Brasil de Jaspion 2​ – embora as séries não tivessem correlação. Ao todo Jaspion teve 46 episódios lançados no Japão em 1985. No Brasil, o herói chegou três anos depois, em 1988, trazido pela Everest Vídeo (a mesma que, depois de trocar de nome para Tikara Filmes​, trouxe Shurato e Yu Yu Hakusho​). Hoje é possível acompanhar as clássicas aventuras do herói em DVD e no canal Tokusatsu TV​, no YouTube. Além de comemorar os 30 anos do lançamento da série original em vídeo e na televisão brasileira, o lançamento da aventura inédita de Jaspion em mangá também faz parte das celebrações dos 110 anos da Imigração Japonesa​ no Brasil.

Para que todos possam acompanhar todos os detalhes dessa iniciativa inédita no Brasil, o canal Made in Japan no YouTube irá lançar o Henshin Universe, programa semanal que mostrará os bastidores da produção do mangá até o seu lançamento. Ao longo dos episódios, Marcelo Del Greco e Edi Carlos Rodrigues ainda irão esmiuçar todo o universo de Jaspion e das séries Tokusatsu – com direito a muitos convidados especiais, curiosidades e informação.

  • A história de Jaspion

Órfão de pai e mãe, Jaspion foi criado pelo sábio Edin e chega à Terra a bordo da nave-robô Daileon. Junto do herói também chegam no nosso planeta a sua companheira andróide do herói, Anri, e a mascote Miya. A missão do Campeão da Justiça é enfrentar o temido Satan Goss. Mas para que seu objetivo seja cumprido, Jaspion precisa encontrar as crianças escolhidas por Deus que teriam o poder de localizar o Pássaro Dourado, a ave mítica que trazia consigo o segredo para derrotar o pai do abominável MacGaren.

  • Os autores

Fábio Yabu é o autor de obras como “Combo Rangers”, “Apolinário, o Homem-Dicionário”, “Branca dos Mortos e os Sete Zumbis”, “A Última Princesa”, “O Livro dos Vilões”, “Turma do Parque” e “Princesinhas do Mar”. Sua série Combo Rangers recebeu três prêmios HQMIX em 2003, de Melhor Minissérie, Melhor Colorista e Roteirista Revelação.

Michel Borges ​é ilustrador e autor do quadrinho “Anarriê” e da webcomic “Elsword”. Trabalhou com Yabu como ilustrador dos quadrinhos de Combo Rangers, com direito a dobradinha no trabalho “Branca dos Mortos e os Sete Zumbis”.

Via Release

6 Comments

  • Jorginho

    Jaspion é ruim e só funciona pela nostalgia, logo qualquer coisa fora do escopo nostálgico não dá certo… falo como alguém q ama a série, mas não compra nada novo de forma alguma sobre ele, mto menos pra dar dinheiro pro Del Grecco ou pro Yabu… Deus me livre…

    • RPM Souza

      Concordo quanto à nostalgia, e ainda acrescento que é algo que não agrega nada ao mercado atual que não tem renovação de leitores. Mas ainda assim não vejo problemas em lançar a obra, ainda mais sendo algo com o aval da Toei. Aliás, qual o motivo do ressentimento contra os caras (tirando o fato do Del Greco ser um crossfiteiro que é capaz de matar um ser humano normal de vergonha alheia)?

      • Passarinha

        Só posso fazer minhas as suas palavras também de que “não agrega nada ao mercado atual que não tem renovação de leitores.” Perfeito! Ou seja, vamos tentar vender mangá para os mais velhos que já compram mesmo, vamos fazê-los comprar mais, pq os mais novos não vão gastar 22 reais em mangá em lutinha.

        • depois reclamam que as empresas não levam a sério os “otaquinhos” no brasil, tão reclamando de um produto nacional feito em parceria com uma gigante japonesa feito por pessoas que no passado não tão distantes eram muito respeitadas por seu trabalho na comunidade! pode dar certo como pode dar errado, pode muito bem acabando por ser melhor que o seriado(já viram as hqs dos power rangers?) vamos parar um pouco com esse elitismo patético e esperar o material ser lançado antes de julgar.

          • Jorginho

            Ah q bunitinhu fanboyzinhu da jbc, do yabu e do del grecco… awwww <3
            Compra lá, depois forra a gaiola do seu passarinho com ele!

    • Bruno R

      Falou Falou Falou, tanto achismo! e ainda deu uma de infantil, kkkkkkkkk

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: