Resenha: A Menina do Outro Lado (volume 2)

Quando sua preocupação e sua atitude afeta as pessoas que você ama…

Em um certo país de um certo planeta existe uma divisão entre dois mundos distintos, o mundo “de dentro” e o mundo “de fora”. No mundo de dentro vivem as pessoas comuns, enquanto no mundo de fora estão os seres amaldiçoados, pessoas com aparência de monstros, que não comem, não sentem necessidade de dormir, dentre outras coisas. As pessoas do lado de dentro não costumam ir para o lado de fora, pois basta um simples toque em um forasteiro (como são chamados esses “monstros”) para que qualquer pessoa também seja amaldiçoada e se transforme em um deles.

Em A Menina do Outro Lado, acompanhamos a vida de Shiva (uma menina que foi abandonada pela tia no “lado de fora”) e o forasteiro Sensei que acolheu a garota e faz de tudo para vê-la feliz. Embora tenham contratempos, Sensei e Shiva vivem muito bem com um amor fraterno muito visível, com os dois gostando um do outro e convivendo como se fossem uma família de fato, sem as amarras da sociedade e sem os preconceitos dela. Uma relação familiar de dois seres completamente distintos, compartilhando o mesmo espaço e um ajudando o outro, em um clima de total calma e paz.

O final do primeiro volume do mangá, porém, trouxe um elemento a mais na história, capaz de mudar os rumos do mangá. Um outro forasteiro apareceu na casa de Sensei e tocou no rosto da garota, o que, pelas regras apresentadas na obra até então, indicaria que a menina estaria agora amaldiçoada e se transformaria também em um ser “do lado de fora”.

O volume 2 começa exatamente no ponto em que terminou o primeiro livro. Sensei vê o forasteiro tocando em Shiva e parte para cima dele. Um confronto ocorre entre os dois, com vantagem para Sensei que dá uma surra no outro e só não bate mais porque Shiva o controla e o manda parar. Essa é uma cena um tanto quanto tocante, pois inevitavelmente relembra o nosso mundo, com enorme a quantidade de crianças que vivem em um ambiente familiar conturbado, veem brigas entre seus pais e ficam assustadas sem poder fazer nada.

Shiva implorando para Sensei parar de golpear o outro forasteiro

A obra não fica apenas nisso e se desenvolve no volume ampliando o mistério sobre o mundo e gerando diversas dúvidas sobre a natureza de Shiva e dos próprios forasteiros. Haveria como acabar com a maldição? Shiva realmente foi infectada ou ela era uma criança especial como tudo indica ser? Perguntas se acumulam nesse volume.

O que se destaca nessa parte da obra, no entanto, é como a preocupação com a garota afeta o Sensei e, por consequência, afeta ela própria. A luta inicial deixa a garota com medo por ver o amigo furioso como nunca vira antes, mas apesar do choro da garota que o tumulto causou isso não muda a relação dos dois. Shiva e Sensei continuam a ser o simulacro de família harmoniosa em que todos se dão bem, com ele buscando a proteger e com ela tranquila esperando o dia em que a tia virá buscá-la. As crianças são realmente assim, sentem os problemas, veem eles, mas os superam em pouco tempo, como se nada tivesse acontecido.

Entretanto, os embates continuam. Após Sensei ir falar com outros forasteiros e estes lhe revelarem algumas coisas importantes, o monstro ficará por demais pensativo, conjecturando sobre a maldição e sobre a natureza de Shiva, sem saber o que fazer e que atitudes tomar. E se isso o preocupa, preocupa também à garota. Ela vê Sensei cabisbaixo e quer zelar por ele. Dar carinho, não atrapalhá-lo. É nítido como o clima de harmonia familiar é intenso, com os dois se sentindo mal um por causa do outro.

Sensei se desculpando por deixar Shiva preocupada

Essa é a natureza geral de A Menina do Outro Lado. Se nós temos um mundo em que o preconceito e o medo estão estampados na maioria das pessoas, o mangá nos mostra também como as relações entre as pessoas de uma família são de troca mútua, tanto na alegria, quanto na tristeza. Sensei sempre busca proteger Shiva e Shiva igualmente quer que Sensei esteja bem. Os dois se amparam um no outro, em uma aliança familiar das mais lindas possíveis, sem os preconceitos e as amarras da sociedade.

Infelizmente, a obra precisa andar e o volume termina em mais um cliffhanger que mudará os rumos da história e colocará em conflito a vida amigável entre Shiva e Sensei. Difícil prever o que o terceiro tomo nos reservará, mas sem dúvida já queremos ele para ontem^^.

  • Ficha Técnica

TítuloA Menina do Outro Lado
Autor: Nagabe
Tradutor: Renata Garcia
Editora: Darkside Books
Número de volumes no Japão até o momento: 7 (ainda em publicação)
Número de volumes no Brasil até o momento: 2 (ainda em publicação)
Dimensões: 14 x 21 cm
Miolo: Papel offset
Acabamento: Capa dura, miolo costurado
Classificação indicativa: Não há
Preço: R$ 54,90
Onde comprarAmazonLoja Darkside Books


ESTA RESENHA FOI FEITA A PARTIR DE UM EXEMPLAR CEDIDO A NÓS PELA EDITORA DARKSIDE BOOKS, A QUEM AGRADECEMOS IMENSAMENTE.


 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s