Resenha: Furi Fura – Amores e Desenganos (volume 1)

A verdadeira novela mexicana dos mangás?

Io Sakisaka já se tornou uma autora famosa por essas bandas, especialmente por conta de Aoharaido, mangá anterior da artista e que muito despertou o interesse das pessoas no Brasil, tornando-se, inclusive, alvo de uma campanha pela publicação de shoujos em nosso país.

A obra ao menos deve ter vendido bem ou ao menos se pagado, pois uma empresa dificilmente lançaria um outro título de um autor se o mangá predecessor não tivesse obtido lucro. E em dezembro de 2018, a editora Panini anunciou que publicaria no Brasil Furi Fura – Amores e Desenganos, a obra atual de Sakisaka.

Furi Fura (ou 思い、思われ、ふり、ふられ no original japonês) começou a ser publicado na revista Bessatsu Margaret, da editora Shueisha, em 2015 e conta atualmente com 11 volumes publicados no Japão. A obra terá o capítulo final publicado este mês na revista e deverá ser encerrado em um total de 12 tomos.

Já em publicação em todos os grandes mercados europeus, o mangá desembarcou aqui no Brasil recentemente, no início do mês. Adquirimos o primeiro volume e viemos dar nossa opinião sobre o título. Vem ver :).

  • Sinopse Oficial

Yuna é uma garota sonhadora, enquanto Akari vê o amor de forma mais realista. Apesar de terem personalidades opostas, tornaram-se amigas. Juntando-se ao popular Rio e ao espontâneo Kazuomi, dá-se início a uma emocionante história de amor juvenil!

  • História e desenvolvimento

Furi Fura não é outra coisa senão um mangá de romance. Existe partes de humor aqui e ali, mas o foco da obra é falar sobre o amor, as diversas visões sobre ele e o modo como encaramos esse sentimento e o relacionamento com outras pessoas.

O mangá começa com Yuna, uma menina de cabelos claros, conhecendo por acaso Akari, uma garota de cabelos mais escuros, e uma delas termina por pedir dinheiro emprestado para a outra do nada, para conseguir se despedir de sua amiga. Por aquelas coincidências do destino (leia-se: obra de ficção) as duas terminam por morar no mesmo prédio e estudarão na mesma escola, o que faz com que elas se tornem amigas quase que instantaneamente.

As protagonistas

Yuna e Akari são pessoas bem distintas. A primeira é bem mais tímida e acanhada, a segunda é mais alegre e sociável. E as duas igualmente possuem visões completamente opostas sobre amor. Yuna nunca namorou, nem se apaixonou por alguém, e tem aquela noção completamente romântica de achar que um dia, do nada, alguém aparecia para ela e os dois viveriam um grande amor. Akari, por outro lado, tem um namorado e está longe de ter qualquer pensamento minimamente parecido, com uma visão mais dura (ou “real” se assim você quiser chamar) sobre o amor, nada romântico, nada tradicional.

Embora as duas personagens possuam visões e personalidades distintas, a obra é construída de modo que você veja as duas de forma semelhante e considere o modo de agir e pensar de ambas totalmente plausíveis e naturais. Para que se declarar se você sabe que não será correspondido? Como falar de seus sentimentos para sua amiga se você não está acostumada com isso? Questões assim se acumulam.

Kazuomi, em uma determinada cena, confrontando o pensamento de uma das meninas.

Yuna e Akari são as protagonistas da história, mas a obra não se resume a elas. Ainda teremos os rapazes Kazuomi, amigo de infância de Yuna, e Rio, por quem Yuna irá se apaixonar. Não há muito desenvolvimento em Kazuomi nesse primeiro tomo, ainda não sabemos o modo de pensar e agir dele de forma mais concreta, mas tivemos ao menos um certo confronto (imagem acima), com ele mostrando um pouco da visão dele sobre o amor.

Rio, o outro co-protagonista

Rio, por outro lado, é realmente uma figura central que será importante para o prosseguimento da história. Ele é aquele personagem superpopular que gosta de mulheres bonitas, mas que tem um passado no qual ele amou de verdade uma garota e não conseguiu se declarar. O fato de ele ser alvo do amor de Yuna o torna mais importante, bem como outros fatos que se descobrirão posteriormente.

Yuna preocupando-se com seus sentimentos

O primeiro volume de Furi Fura desenvolve-se muito bem apresentando o início da amizade entre as duas garotas, as diferenças entre elas e a preocupação de cada uma das duas com a outra. Akari, por exemplo, ficará preocupada com o jeito tímido de Yuna e tentará ajudar a menina a se aproximar de Rio, mesmo a garota achando que ele não é um rapaz perfeito para ela. Do mesmo modo, Yuna ficará preocupada com Akari quando certos acontecimentos envolverem a nova amiga.

Akari preocupada com Yuna

Embora não tenha o dramalhão característicos dos folhetins, a obra pode ser comparada muito bem a uma novela mexicana, por seu enredo que coloca uma intricada trama em que um pode amar outro e esse outro poder amar mais um outro e por aí vai. Não que isso seja algo exclusivo de novelas mexicanas, mas é mais fácil visualizar dessa forma do que comparando com outros mangás que talvez você não tenha lido.

Todo volume é muito bom, mas o ponto alto realmente é o final com aquele cliffhanger após a revelação inesperada acerca de Rio (Leia o mangá e você entenderá^^). Não que você não pudesse antever a história, mas quando você lê de forma despreocupada talvez você não perceba as nuances durante o volume e seja pego de surpresa com o acontecimento.

Furi Fura não é inovador e nem nada do tipo, mas é um mangá realmente bastante interessante para quem deseja uma boa história de romance, que fala sobre os sentimentos e as formas diferentes de amar.

  • A edição nacional

A edição nacional veio no formato 13,7 x 20 cm (tamanho padrão da editora), com miolo em papel offwhite e capa cartonada simples. O mangá possui 11 volumes atualmente no Japão, com previsão para acabar em 12, e tem uma média de 192 páginas por volume. O preço é R$ 22,90 e ele será lançado bimestralmente.

De modo geral, a edição está muito boa, bem maleável, permitindo folhear e abrir o mangá muito bem. O papel offwhite utilizado neste volume também está com uma aparência melhor do que o utilizado em Yuuna e a Pensão Assombrada e Radiant, estando um pouco mais claro o que dá uma sensação de maior beleza e nitidez ao ler o mangá. Outro ponto a se destacar é que na quarta-capa há uma pequena sinopse da obra, o que é muito bom para tentar fisgar aquele consumidor que não conhece o título.

Em termos de texto, achei a adaptação da Panini meio travada, mas nada que estragasse verdadeiramente a experiência de leitura. Não encontrei, porém, erros de revisão, então o trabalho da editora no mangá foi bastante competente.

  • Conclusão

Furi Fura – Amores e Desenganos é uma história de romance escolar daqueles bem convencionais, com amores não correspondidos, mal entendidos, e uma intrincada trama que envolve coincidências e personagens próximos uns dos outros. A semelhança com uma novela mexicana ficará óbvia, apesar de não haver aquele drama exagerado e os choros efusivos dos folhetins da terra do Chaves. Ainda assim é uma história que promete deixar todos os fãs de romance de boca aberta.

A obra não é o melhor mangá do mundo do gênero, mas na falta de um bom número de obras semelhantes, Furi Fura acaba sendo um alento para quem deseja mais e mais história inéditas de romance.

  • Ficha Técnica

TítuloFuri Fura – Amores e Desenganos
Autor: Io Sakisaka
Tradutor: Karen Kazumi Hayashida
Editora: Panini
Número de volumes no Japão até o momento: 11 (ainda em publicação)
Número de volumes no Brasil até o momento: 1 (ainda em publicação)
Dimensões: 13,7 x 20 cm
Miolo: Papel offwhite
Acabamento: Capa cartonada simples
Classificação indicativa: 12 anos
Preço: R$ 22,90
Onde comprarAmazon

Anúncios

2 comentários

  1. Comprei por pura curiosidade e simplesmente amei a história. Pelo que ouvi falar, ela segue um ritmo diferente de Aoharaido (que simplesmente não suporto, mesmo que ele seja muito amado pelas fãs de shoujos) Enfim, ansiosa pelo volume 2 ❤
    òtima resenhaa… Ameiii

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s