“As Quintuplas”: confira o preço da edição brasileira do mangá

Comédia romântica das boas entre nós

O mangá As Quintuplas, de Negi Haruba, teve enfim seu preço divulgado. A obra custará R$ 22,90, o preço padrão das obras da editora Panini para os mangás em papel offwhite e capa cartonada simples. A informação foi revelada pelo Assine Panini, o site de assinaturas* da editora, que disponibilizou um plano para o mangá.

A assinatura em questão (clique aqui para ver) compreende 6 volumes e sai ao preço de R$ 137,40, podendo ser parcelado em até dez vezes de R$ 13,74. Ao dividir o preço total por 6 edições chegamos ao preço de R$ 22,90. O mangá tem previsão inicial de ser lançado em março e sua periodicidade será Bimestral.

As Quintuplas é de autoria de Negi Haruba e começou a ser publicado no Japão em 2017 nas páginas da revista Weekly Shonen Magazine, da editora Kodansha, e atualmente possui 13 volume. O décimo quarto e último volume está previsto para o dia 17 de abril de 2020.

No Brasil, o mangá foi anunciado pela editora Panini em dezembro passado e está previsto para começar a ser lançado no mês de março. Na ocasião do anúncio do mangá foi dito que ele viria com miolo em papel offwhite e capa cartonada simples.

Sinopse: Fuutarou Uesugi é um estudante pobre e anti-social que um dia conhece a rica estudante transferida Itsuki Nakano. Eles discutem, mas quando Uesugi percebe que ele deve ser o professor particular dela, ele tenta melhorar a sua má primeira impressão. Enquanto tenta fazer isso, ele é atacado por outras quatro meninas. Quem são essas 5 lindas garotas?


*Caso você seja um novato nesse meio, o blog BBM explica: assinatura é o nome dado ao processo pelo qual você compra um determinado número de volumes e paga com antecedência, recebendo os exemplares em sua casa sempre que sair um novo volume. É uma medida de conveniência para o consumidor, pois ele pode comprar uma boa quantidade de uma vez e apenas aguardar em casa o recebimento dos volumes. Usualmente, a entrega é feita pelos Correios. 

Importante dizer que muitas pessoas enfrentam diversos problemas com as assinaturas da Panini, com números não enviados, pulados, muitos atrasos e um serviço de atendimento deficitário. Outras pessoas, porém, nunca tiveram problemas e recomendam o serviço. Então cabe a você avaliar se vale a pena ou não.

De nossa parte, temos uma assinatura vigente com a editora, e apesar do enorme atraso no envio da primeira edição e um ou outro problema pontual, recebemos os exemplares sempre em dia e sem maiores infortúnios.


DETALHES


Título: As Quintuplas
Autor: Negi Haruba
Editora: Panini
Páginas: 200
Preço: R$ 22,90
Periodicidade: Bimestral
Formato: 13,7 x 20 cm (provável)
Miolo: Papel Offwhite (provável)
Acabamento: capa cartonada (provável)

15 Comments

  • Murasaki_Wain

    Que bom que o Offwhite ainda não foi para 23,90,ainda deve demorar um pouco

    Feliz estou que Gotobun vem em março,mas queria que fosse mensal mesmo com o preço mais caro kk

    Inclusive Kyon,você sabe se tem algum site em que eu possa ver quais todos os mangás/light Novels que saíram nos Estados Unidos???

  • MrSouzaR

    Quando é que a Panini vai aprender que nessa época de reajustes cada vez mais frequentes, que para títulos já concluídos (ou com pelo menos o final já anunciado) é melhor a periodicidade mensal do que bimestral? Se esse mangá finalizar custando menos de 30 reais, é um milagre. Não vou comprar, mas desejo sorte aos interessados, tá foda ser colecionador de mangás nesse país….

    • Particularmente espero que ela nunca aprenda isso, pois minha visão é justamente o oposto da sua.

      Veja bem, estamos em uma época tensa no Brasil e no mercado editorial brasileiro, em que cada vez mais os preços dos mangás estão ficando mais e mais altos e o salário das pessoas não está acompanhando. É um cenário caótico. Se antes uma pessoa conseguia comprar 10 mangás por mês, hoje ela compra 5, talvez 4, talvez menos. Afinal, ela ganha o mesmo que antes, mas o preço dos mangás não pára de subir. Por conta disso, não está fácil ser consumidor de mangás nesse país, então nenhum mangá deveria ser mensal.

      Entenda o seguinte: mangá mensal estrangula o orçamento já apertado das pessoas e no cenário atual esse estrangulamento é ainda maior por causa dos preços cada vez mais elevados dos mangás. Logo, é bastante comum que as pessoas atrasem as coleções (por não terem dinheiro e/ou para esperar promoções) ou mesmo desistam em algum momento.

      Só que em se tratando de mangás da Panini é muito pior a situação, pois ainda existe a velha questão do estoque. Ficou 6, 7, 8 meses sem comprar? Um dado volume pode já ter ficado raro e estar custando R$ 50 na comix e R$ 100 no Mercado Livre e aí já era. Só com sorte você encontra por menos.

      —–

      Particularmente, eu não me arriscaria a comprar um mangá mensal da Panini nos dias de hoje. Eu quero comprar o As Quintuplas, mas não faria isso se o mangá fosse mensal. Não importa o quanto o preço do mangá será reajustado durante os próximos dois anos, eu tenho certeza de que mesmo assim, eu ainda pagarei menos do que eu pagaria se o mangá fosse mensal. Pois se ele fosse mensal, eu não conseguiria comprar todos os meses e, com a (falta de) sorte que eu tenho, os volumes que eu deixasse passar estariam esgotados e sendo vendidos a preços exorbitantes, como já aconteceu várias vezes no passado (não tão distante assim).

    • Guilherme Eurípedes

      Nesse caso, basta assinar. O preço não se alterará até o fim do contrato.

      Mas concordo com o Kyon. Melhor que seja mais extenso o período, mas que não estrangule o orçamento. Mesmo que tenha reajuste no fim, prefiro pagar 1 real a mais no mangá do meio pra frente do que me apertar demais pra comprar acelerado.

      • MaouHero

        Mas aí teria que assinar todos os mangás que você tem interesse em comprar. Ou seja, resolveria o problema de faltar estoque, mas não o principal, o do dinheiro

  • MaouHero

    Alguém comprou a versão americana e pode me dizer como é a qualidade? Não que eu vá comprar(provavelmente), mas estou curioso

    • kuattto

      Eu estou comprando a versão americana (7 volumes até o momento). É a qualidade padrão de manga por lá, estilo viz sig, caso você já tenha familiaridade. O papel é de boa gramatura, capa cartão que após a leitura fica um pouco dobrada e depois volta ao normal, e sem páginas coloridas.

      Vou até o fim agora com essa versão, mesmo o dólar nas alturas, pois vai apenas até o vol, 14. Confesso que não imaginei que sairia no Brasil quando comecei a comprar.

      E sobre o manga em si, acabei lendo até o fim pelos scans mesmo, pois a versão americana só iria chegar ao fim em pelo menos um ano, aí não aguentei esperar e infelizmente vou comprar o resto dos volumes físicos com uma certa tristeza pelo modo que o manga termina, mas ainda sim é um excelente manga.

      • MaouHero

        Apesar de eu não achar o final ruim, pra mim tinha outras formas de acabar, fora isso. Comparando essa versão com as versões padrões da Panini, qual você acha melhor?

        • kuattto

          Cara…vc acredita que eu não tenho nenhum manga no novo padrao basico da panini? Desde que eles acabaram com o formato antigo padrão deles (nisekoi, noragami,etc) e começaram a subir preço de tudo indiscriminadamente, eu parei de comprar lançamento da panini e só estou terminando o que já vinha colecionando. Foi até bom pq honestamente não tenho mais espaço para nada aqui.

          Se for comparar com as versões melhores daqui (vagabond, slam dunk, etc) a versão da panini é superior à versão americana, principalmente pela capa mais rígida e páginas coloridas. Se for pela versão padrão, acredito que seja bem equivalente, mas com o preço do dólar nas alturas caras, nem vale pagar o preço, serio mesmo. Vai na nacional mesmo, é metade do preço, mas se tiver com mais pressa p terminar aí pega americana, pq já já ta saindo o vol 8.

          • MaouHero

            Valeu, com essa dólar já estava fora de cogitação mesmo, mas estava bem curioso.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: