Editora Devir reimprime “Uzumaki” e outros mangás

Saiba os detalhes

Na última semana entrou em pré-venda, no site da Amazon, três novas reimpressões de mangás pela editora Devir, todas de seu selo Tsuru. As obras a serem republicadas são Uzumaki (2ª reimpressão), Marcha Para a Morte (1ª reimpressão) e Nonnonba (1ª reimpressão).

Uzumaki é de autoria de Junji Ito e possui 3 volumes no total. A versão da editora Devir reúne todos os 3 em apenas um único tomo de 656 páginas. A obra foi lançada em julho de 2018 no formato 17 x 24 cm, com miolo em papel Munken Print Cream e capa cartonada com sobrecapa. O preço da época foi R$ 94,00. O mangá foi reimpresso em abril de 2019 ao preço de R$ 104. Agora a obra ganha a sua segunda reimpressão, com previsão de lançamento para outubro, também ao preço de R$ 104. Você pode comprar na Amazon, clicando aqui.

Sinopse: Acontecimentos grotescos começam a surgir em Kurôzu, a peque-na localidade onde Kirie Goshima nasceu e cresceu. O vento sopra em curvas, folhas e ramos se enrolam e a fumaça expelida do crematório sobe desenhando redemoinhos funestos. Logo os humanos também são afetados pelo fenômeno helicoidal. Cabelos se revolvem em círculos e corpos se retorcem… Kirie tenta escapar da cidade para fugir da maldição da espiral…Este clássico mangá de terror, que profetizou o clima claustrofóbi-co e a desigualdade da atual sociedade japonesa, é uma das princi-pais obras do mestre do horror, Junji Ito.

Marcha para a Morte! é de autoria de Shigeru Mizuki e possui um volume com 368 páginas. Ele foi publicado no Brasil em dezembro de 2018 no formato 17 x 24 cm, com miolo em papel Munken Print Cream e capa cartonada com sobrecapa. O preço da época foi R$ 74,00. Agora a obra será reimpressa pelo mesmo valor e a previsão de lançamento é para outubro. Você pode comprá-lo na Amazon, clicando aqui.

Sinopse: No final da Segunda Grande Guerra, os soldados de uma companhia da infantaria japonesa são ordenados a morrer em nome do seu país ou serão executados ao regressar da batalha. Marcha para a Morte!, baseado em fatos reais e na experiência do autor quando serviu no Exército, relata as consequências devastadoras deste episódio para o moral dos soldados. A narrativa poderosa e pungente traduz de forma sensível as circunstâncias difíceis e caóticas, em uma declaração de Mizuki contra a futilidade da guerra e a estupidez da mentalidade militar. Vencedor do Prêmio de Legado do Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême, 2009, e do Prêmio Eisner de Melhor Edição Americana de Material Internacional do Japão e de Melhor Trabalho Baseado em Fatos Reais, 2012.

Nonnonba é também de autoria de Shigeru Mizuki e possui um volume de 424 páginas. Ele foi publicado no Brasil em março de 2018 no formato 17 x 24 cm, com miolo em papel Munken Print Cream e capa cartonada com sobrecapa. O preço da época foi R$ 89,00. Agora a obra será reimpressa por R$ 88,00. Você pode comprá-lo na Amazon, clicando aqui.

Sinopse:  Trata-se de um conto autobiográfico em que Mizuki narra as memórias de sua infância na década de 1930, em Sakaiminato, uma pequena cidade costeira no sudoeste do Japão. Com nostalgia e ternura, o mangaka narra seus primeiros anos de vida dentro de uma família modesta, as lutas com seus amigos, a escola e seus primeiros amores. O personagem-título do livro, NonNonBa, é uma antiga mulher mística e supersticiosa, através da qual Shigeru descobre o mundo de yokai, seres sobrenaturais e bestiário grotesco dos japoneses medievais.

RESUMO DA NOTÍCIA:

A editora Devir irá reimprimir em outubro três mangás:

-Uzumaki

-Marcha para a Morte!

-Nonnonba

6 Comments

  • Eng.Lucas

    E novos volumes de The Ancient Magus Bride nada… A periodicidade da Devir acaba com minha paciência, só por isso não peguei o Astra Lost in Space ainda.

    • ao menos não deixa faltar…
      desde que mantenha os intermediários em mercado, vc sempre pode optar por comprar/começar a coleção depois
      magus bride por exemplo eu vim comprar recentemente, quando ja tinha vários volumes, e graças a periodicidade de reimpressões não veio a faltar volumes

      adoraria que fosse mais rápido também, mas cada editora com seu porte de trabalho, é bom não sair atropelando pra não cair demais a qualidade também

  • Miller

    Que bom que vão reimprimir os mangás do Shigeru Mizuki. Creio que não tenham vendido tão bem quanto os outros títulos do selo Tsuru, mas são clássicos que realmente merecem mais a atenção do público ^_^

    • SIRIUS BLACK

      HAHAHAHAHAHA… Alá, ó azideia do cara. Pff… Se não tivesse vendido tão bem, eles não estariam sendo reimpressos. Porque se está havendo reimpressão, é porque há procura pelos mangás.

      • Miller

        Tanto Nonnonba quanto Marcha para a Morte! foram lançados no mesmo ano que Uzumaki e Tekkon Kinkreet (2018), esses dois últimos já esgotaram e já receberam reimpressão (no caso de Uzumaki, duas vezes). Por outro lado, ambas as obras de Mizuki só esgotaram sua tiragem inicial a alguns meses.
        Tire suas próprias conclusões….

  • Editoras diversas investindo bem ou mal em reimpressões, seria isso um sinal que talvez as coisas estejam mudando?

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: