Novo mangá pela Panini: Blue Period

De Tsubasa Yamaguchi

A editora Panini divulgou hoje, durante seu painel na CCXP 2021, que publicará no Brasil o mangá Blue Period, de Tsubasa Yamaguchi, a mesma responsável pelo mangá Ela e o Seu Gato.

Mais detalhes em breve.

Blue Period começou a ser publicado no Japão em 2017 na revista Afternoon, da editora Kodansha, e ainda está em andamento, atualmente com 11 volumes. A obra foi indicada e ganhou diversos prêmios no Japão, como o Kodansha Manga Awards, na categoria geral.

SinopseDurante seu penúltimo ano de ensino médio, um perfeito estudante vê tudo com muito fastio, mesmo tendo amigos e tirando boas notas com facilidade. Entretanto, certo dia, ele finalmente encontra algo que chama a sua atenção: a arte. Uma pintura solitária captura seus olhos, despertando-o para um tipo de beleza que ele nunca conheceu. Fascinado por aquilo, ele decide se matricular em uma universidade com um viés artístico…

Veja todos os anúncios da CCXP 2021 clicando aqui


NOS SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS



4 Comments

  • musck29

    Não sabia que era de autoria da mesma desenhista de ela e seu gato, amo muito aquele one shot…agora fiquei mais interessado

    • Alex Sander Kitizabolo Barela

      Caso você queira dar uma conferida na obra, o anime está sendo lançado semanalmente na Netlix. Lá no streaming tem até o episódio oito, está uns dois ou três episódios atrás em relação ao Japão. No site MyAnimeList o pessoal que leu o mangá não gostou tanto da adaptação porque ela está cortando bastante cenas do mangá. Pelo que eu vi na versão digital americana do mangá, realmente bastante coisa foi cortada. No entanto, eu estou gostando do anime. Algumas pessoas estão reclamando da animação, mas eu não achei ela ruim. Os personagens são bem interessantes e cada um deles tem uma visão diferente sobre arte e trata até sobre questões mais polêmicas na sociedade japonesa, no caso, identidade de gênero. Uma das personagens no anime é se referida por meio de linguagem não-binária. No mangá, pelo que vi, a personagem é referida por pronomes masculinos e posteriormente passa a adotar pronomes femininos, se assumindo trans. Esse tema é tratado de forma bem respeitosa. Enfim, recomendo você dar uma assistida no anime para conferir se quer ou não investir no mangá.

  • Anônimo

    queria, mas já prometi pra mim mesmo que não vou mais colecionar nada… só vou completar os títulos que tenho em aberto e pronto.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: