NewPOP abre vaga de Revisor/Assistente Editorial

Saiba os detalhes

Nesta quinta-feira, 17 de novembro de 2022, a editora NewPOP divulgou – por meio de suas redes sociais – que está contratando um novo assistente editorial / revisor. A oportunidade é para trabalhar com produções chinesas, então é necessário saber Mandarim. O trabalho é presencial na cidade de São Paulo ou remoto em regime PJ.

Além de ler e compreender Mandarim, são requisitos para o emprego:

  • Domínio da língua portuguesa
  • Conhecimento em Danmei, BL e Dramas orientais
  • Ser sintonizado com a cultura oriental

Caso se enquadre, você deve enviar e-mail para cv@newpop.com.br


NOS SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS



3 Comments

  • Tarsila

    Como revisora, eu não consigo entender esse combo revisor + assistente editorial. Cada um tem funções particulares, precisa usar habilidades e conhecimentos particulares, os focos são diferentes. Só consigo imaginar que a atenção da pessoa fique dividida dessa forma, oq me faz pensar se não é essa a razão da NewPop pecar tanto na área de revisão. Gosto da NewPop, mas é quase impossível não ler uma publicação dela e não ter que fazer correções mentais. Teve casos que me incomodaram tanto q eu peguei um lápis e corrigi na página pq me dava agonia ter q ficar olhando pro erro (não são mais erros ortográficos como já vi em publicações antigas deles, mas ainda erros gramaticais, que, para mim que trabalho com isso, dão gatilho).

    • E não só isso, Tarsila. Passeando pelo site deles, notei que não possuem cargos relacionados a design gráfico ou voltados especificamente para o projeto gráfico dos mangás e novels. Ouvi relatos de pessoas próximas sobre como diagramadores quebram um galho fazendo as capas, e isso realmente é percebido no produto final. As capas da NewPop (e todo o projeto) ficam muito aquém dos das outras editoras. Ver essa questão de múltipla função também no caso da revisão + assistência editorial infelizmente não surpreende.

      • Tarsila

        Nossa, que chato saber disso. E pensando aqui… se por um acaso essa situação for uma das razões de por que eles conseguem segurar mais os preços… sinceramente, isso é bem triste 🙁 Você por acaso sabe como tem funcionado esse aspecto nas outras editoras do mercado? Agora fiquei curiosa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: