Como anda a publicação de CdZ – Next Dimension em outros países ocidentais?

Avançada ou a passos lentos?

Agora em maio será publicado no Japão o 12º volume de Cavaleiros do Zodíaco – The Next Dimension, obra de Masami Kurumada que dá continuidade à série clássica de Cavaleiros do Zodíaco. Por lá, a obra também voltou a ter capítulos publicados após um tempo em pausa. Enquanto isso, no Brasil,  mês passado, o mangá também esteve em cena quando foi publicado o 11º tomo.

Ao olhar esse cenário resolvemos dar uma olhada em como está a publicação desse título em outros países do ocidente e trazer esta postagem curiosidade aos fãs da obra. Será que muitos países publicam a continuação de Saint Seiya? Veremos agora.

***

  • Argentina

Na Argentina, o mangá é publicado pela editora Ivrea desde 2009 e é lançado no formato 12,8 x 18 cm com miolo no que é chamado pelos castelhanos de papel ilustración. Pelo que pesquisamos esse papel ou é o couchê ou é o LWC, aqueles brilhosos.

O detalhe é que, diferente do Brasil, os textos de fundo são todos editados. Até o momento em que esta postagem vai ao ar, foram publicados 10 volumes no país vizinho.

  • Espanha

Na Espanha também é a Ivrea que publica Next Dimension e assim como na Argentina, desde 2009. Seu formato é o 12,7 x 17,8 cm e também possui miolo em papel ilustración. A versão espanhola também tem os textos de fundo editados.

Capa espanhola (se notar alguma diferença em relação à capa argentina nos avise^^)

Por lá foram publicados dez volumes até o momento. O décimo primeiro tomo está previsto para junho de 2018.

  • França

Na França, quem publica o mangá é a editora Panini, desde o ano de 2010. Ele é publicado no formato 13 x 18 cm, com miolo em papel ilustración. A versão francesa também tem todos os textos de fundo editados e, mais que isso, até as onomatopeias são traduzidas.

Atualmente dez volumes foram publicados no país e o décimo primeiro está previsto para junho de 2018.

  • Itália

Na Itália, o mangá é publicado pela editora J-POP desde o ano de 2010. O formato utilizado no país é o 12,7 x 18 cm, com miolo em papel ilustración. As mesmas características da edição francesa se fazem presentes na edição italiana.

A grande novidade da Itália em relação aos outros países é que a editora publica duas versões do mangá, a versão normal e uma chamada de Black Edition, que possui uma sobrecapa em cor preta e utilizando uma imagem diferente. Na Itália, todos os 11 volumes foram publicados, o mais recente deles no mês de abril, assim como no Brasil.

***

A obra é inédita na Colômbia, nos Estados Unidos, no México, na Polônia e em Portugal, além de diversos outros países em que não há mercados de mangás.

A título de curiosidade, segundo um site espanhol dedicado à obra, o mangá é publicado no oriente em Taiwan, Tailândia, Hong Kong e China, além do Japão é claro. A versão chinesa é a única publicada em preto e branco. Por causa disso e por ter um preço baixíssimo, os criadores do site espanhol acreditam tratar-se de uma versão pirata.

***

Curta nossa página no Facebook
Nos siga no Twitter
BBM

Com informações do site Saint Seiya Next Dimension (em espanhol)

10 Comments

  • Marcelo

    Só queria que a JBC fizesse novas cópias das edições mais antigas. Tá impossível achar. :/

    • Eu já mandei e-mail para a JBC pedindo isso, mesmo que eles vendessem no próprio site. Quem sabe se várias pessoas pedirem isso eles acabam comprando essa ideia.

  • Essa obra vou esperar relançamento num papel decente pra comprar, e também porque não acho os volumes iniciais… o problema é que vai demorar… :/

  • gilberto.

    Em todo canto o mangá é lançado em qualidade boa, aqui lança, em papel manteiga.

  • Eraldo Rocha

    Legal, temos oficialmente a pior versão do mundo.
    Não basta o papel lixo, temos também uma versão bilíngue bizarra, afinal ficaram com preguiça de editar os textos de fundo, já que no resto do mundo conseguiram.
    Parabéns a JBC por esse desserviço, espero que nunca coloquem as mãos no episódio G.

  • NaBoa

    Eu não sei quando, mas já faz um tempo (03 anos ao menos) que basta olhar os comentários de site de mangás e grupos no Facebook sobre qualquer titulo que o assunto prioritário é: Papel e capa com orelha. E se alguém fala contra essa maré é logo atacado, vem matéria dizendo que os mangás não são feitos pra você (mas só para aqueles que não se incomodam com o formato básico).
    No caso de CDZ, ele segue o caminho que os comics americanos seguem. Primeiro o formato mais barato, mais acessível e no futuro volta em um formato de colecionador. A JBC lançou CDZ em formato padrão e alguns anos depois em formato de luxo. Lost Cavans idem. ND deverá ter o mesmo destino. Lembrem-se, mangás não são lançados para você, mas sim para todos.
    E sobre as onomatopeias, lembro muito bem das maldições lançadas por que a Panini as traduziu na primeira versão de Naruto e também em Ataque dos Titãs. É uma questão editorial. Eu preferiria tudo traduzido, mas tem que goste assim.
    Julgar um livro pela capa/papel é algo de extrema superficialidade, um livro deve ser julgado sempre pelo seu conteúdo, é o que penso.

    • O problema é que Next Dimension é uma obra em publicação sem qualquer previsão de término. Quando a JBC vai fazer um relançamento de algo que ainda está lançando? É algo improvável.
      E o padrão de ND atual da JBC não é apenas ruim, é desrespeitoso. O último volume que comprei foi o 10 e veio com páginas mal coladas, as imagens mal impressas e o papel parecia mais fajuto que do volume anterior, apesar de ser o mesmo. Nem os textos em fora dos balões são editados. Simplesmente vergonhoso!
      Não queria que fosse lançado em versão de luxo no momento, esperava apenas um tratamento decente. Quero algo de qualidade aceitável, não comprar lixo, que infelizmente é o tratamento que a JBC dá a ND.

  • Miguel

    Deveria ser publicado todo em couchê ou semelhante. Pelo preço caro que ele tem e pela qualidade baixa, era melhor ter logo uma edição que privilegiasse a visualização de forma digna da arte, mesmo sabendo que teria aquele preço exorbitante que só a JBC faz por vc.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: