Conheça os mangás indicados ao Troféu HQMIX

Vários mangás…

O Troféu HQMIX (a maior premiação brasileira de quadrinhos) divulgou a lista dos títulos indicados que estão concorrendo este ano. Vários mangás foram indicados, em diversas categorias diferentes, e você confere mais abaixo. Os vencedores serão conhecidos em breve e a premiação ocorrerá no próximo dia 16 de setembro no Sesc Pompeia, em São Paulo.

Vale comentar que embora estejamos em 2018, os indicados necessariamente teriam que ter sido lançados em 2017. Então um título publicado em janeiro deste ano não poderia concorrer. Dito isso, vejamos os mangás indicados. Lembrando que o Blog BBM só fala de quadrinhos japoneses, então só listaremos as categorias em que eles aparecem, além da competição de editora do ano.


Web Tiras


Nesta categoria apenas Hooligan, mangá nacional está concorrendo.


Publicação Mix


  • Marcatti 40
  • A vida secreta de Londres
  • Baiacu
  • Demônios da Goetia em quadrinhos
  • Despacho
  • Revista Action Hiken – Edição #24
  • Selva – A Gazeta Gráfica Nº 2
  • Série Postal – Ano Um
  • Space Opera em quadrinhos

Nesta categoria apenas a Revista Action Hiken, com mangás nacionais, está concorrendo.


Edição Especial Estrangeira


  • A diferença invisível
  • A vida secreta de Londres
  • Aqui
  • Billie Holiday
  • Black Hole
  • Condado de Essex
  • Moby Dick
  • Não era você que eu esperava
  • O homem que passeia
  • Paciência
  • The ghost in the shell 2.0
  • Um pequeno assassinato

Dois mangás estão concorrendo nessa categoria. O homem que passeia, da editora Devir, e The Ghost In The Shell 2.0, da editora JBC. Ano passado, nesta categoria, o vencedor foi o The Ghost In The Shell, também da editora JBC. A concorrência este ano, porém, parece ser mais pesada.


Publicação de Aventura/ Terror/ Fantasia


  • Black Hole
  • Alena
  • Blacksad – Vol. 2 – Arctic Nation
  • Demônios da Goetia em quadrinhos
  • Meu amigo Dahmer
  • Alive
  • Beasts of burden: Rituais animais
  • Graphic MSP Vol.17: TM Lembranças
  • Locke & Key
  • O maestro, o cuco e a lenda
  • Battle Angel Alita
  • Creepshow

Novamente dois mangás concorrendo nesta categoria. Alive, volume único da editora Panini, e Battle Angel Alita, da editora JBC.


Adaptação para os quadrinhos


  • A Noiva
  • Anne Frank
  • Caligari
  • Como falar com garotas em festas
  • Moby Dick
  • O Diário de Anne Frank em quadrinhos
  • O museu dos horrores
  • Uma estrela na escuridão
  • Your name
  • Zeppelin

Your Name, da editora JBC, é o único mangá a concorrer nesta categoria. Ele enfrentará adversários de peso como Moby Dick, da Pipoca & Nanquim, e O Diário de Anne Frank em quadrinhos, aquele que foi adotado e proibido em uma escola de Vitória.


Publicação de clássico


  • Akira
  • Barbarella e as cóleras do come-minutos
  • Cannon
  • Elektra vive
  • Espadas e bruxas
  • Ghost world – edição especial 20 anos
  • Lobo solitário
  • Monsieur Jabot
  • O homem que passeia
  • O que havia na caixa de Sam Dora? E outras histórias

Nesta categoria três mangás de peso estão concorrendo. Akira, da JBC, Lobo Solitário, da Panini, e O homem que passeia, da editora Devir. Se qualquer um dos três ganhar, o prêmio estará bem dado.


Publicação em minissérie


  • Samurai 7 – Akira Kurosawa
  • Xampu (Vol.1, Vol. 2 E Vol.3)
  • Your Name

Dois mangás concorrem nesta categoria. Your Name e Samurai 7, ambos da editora JBC.


Editora do Ano


  • Darkside Books
  • Draco
  • Jambo Editora
  • JBC
  • Marsupial Editora / Jupati Books
  • Mino
  • Nemo
  • Panini
  • Pipoca & Nanquim
  • Quadrinhos na Cia
  • Sesi-SP Editora
  • Todavia Livros
  • Veneta

Confira todos os indicados de todas as categorias no site do prêmio, clicando aqui.

Postagem atualizada às 13h08 para inserir as categorias em que os mangás nacionais estavam concorrendo.

Anúncios

7 comentários

  1. É uma grande honra ter uma publicação nossa sendo indicada, e também citada aqui nesse blog que acompanho há anos! Nós produzimos a Revista Action Hiken e ainda não caiu a ficha… kkkkkkkk… Coisas assim fazem valer a pena continuar na luta pelo quadrinho nacional. =]

    Curtir

    1. “O homem que passeia” é de 1990 no Japão. São quase 30 anos. Já é um clássico, sim.

      Vale lembrar que anos atrás Death Note já foi indicado nessa categoria e ele é bem mais novo 🙂

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s