NI 331. Autor de “Triage X” comenta sobre as chances de continuar “Highschool of the Dead”

Shouji Sato também fala da previsão de fim de Triage X

Em entrevista realizada para o site japonês Comic Natalie, o autor Shouji Sato foi enfático ao dizer que não é fácil desenhar uma continuação para High School of the Dead em virtude de tudo o que envolve a questão. Para quem não sabe, Shouji desenhava o mangá e Daisuke Sato cuidava dos roteiros e da criação da história como um todo. Daisuke faleceu em 2017, deixando o mangá incompleto.

O autor já estava com a condição física ruim desde 2008, o que piorou com o tempo até levá-lo ao falecimento em 2017. O mais recente hiato vinha desde 2011 (embora um capítulo tivesse sido publicado em 2013).

Na entrevista, Shouji Sato mencionou que muitas vezes recebe comentários de fãs estrangeiros que não estão familiarizados com a situação, dizendo-lhe para continuar a série, porém ele diz que embora também lhe doa muito que a série tenha sido interrompida no meio, só de pensar em Daisuke ele acha que não deve descuidadamente se envolver com Highschool of the dead.

Adicionalmente a isso, o editor de Triage X (mangá atual de Shouji Sato) comentou que, falando realisticamente, não há ninguém no mundo que possa herdar a visão de Daisuke Sato e continuar a história que ele gostaria de contar. Eles precisariam de alguém que conhecesse os planos de Daisuke para o resto da série e que possuísse a capacidade de contar histórias para executá-los adequadamente. O editor ainda continuou:

É comum no exterior que quadrinhos e romances sejam criados por múltiplos colaboradores. Por exemplo, a pessoa que primeiro escreveu os romances de Perry Rhodan faleceu, mas a próxima geração de autores continua. Mas para a Highschool of the Dead, [Daisuke Sato] foi o primeiro e único, então eu gostaria que os fãs estrangeiros entendessem que ninguém mais poderia escrevê-lo facilmente“.

Em outras palavras, não que seja algo impossível – já que há registros de histórias que continuaram mesmo com a morte de seu autor -, mas não parece estar nos planos uma continuação para Highschool of the Dead.

Embora Shouji Sato sinta que não pode mais participar de Highschool of the Dead, o autor disse que gostaria de canalizar alguns dos apelos da série em seu atual trabalho Triage X. Foi dado o exemplo de que o volume 14 contém uma história que lembra um apocalipse zumbi. Sato disse que gostaria de tornar a história e a arte ainda mais dramáticas do que a High School of the Dead.

Ainda sobre Triage X, o autor ainda comentou que a obra deveria ser bem curta, durando apenas até a recuperação total de Daisuke, o que nunca aconteceu. Agora, ele diz que tem planos de encerrar sua obra em torno do volume 21.

Via ANN (1 e 2) e Comic Natalie


Highschol of the Dead começou a ser publicado no Japão em 2006, possuindo um total de 7 volumes. A obra ainda ganhou uma reedição totalmente colorida, além de um spin-off chamado Highschool of the Head.

Triage X, por sua vez, começou a ser publicado em 2009 e possui atualmente 18 volumes publicados. Se a previsão de fim se mantiver, faltam apenas mais 3 tomos para a obra ser concluída.

No Brasil, Highschool of the Dead foi lançado pela editora Panini em duas oportunidades, uma seguindo a versão em preto e branco e outra seguindo a versão FULLCOLOR. A empresa também publicou o spin-off. Já Triage X também está em publicação pela Panini e a empresa lançou 16 volumes até o momento.

Anúncios

8 comentários

  1. Na moral, desculpa mais esfarrapada que dizer que a água é molhada.
    Qualé? Os caras tem influências norte-americanas desde o fim da segunda guerra, mas na hora de juntar umas cabeças pensantes pra finalizar o bagulho vem com desculpa que tem que ser na visão do autor que faleceu? Tomar banho! Isso é um mangá caramba, a gente vai ler o bagulho, alguns vão gostar, outros não, um dia ele termina e segue o baile.
    Se HOTD fosse um mangá ordinário nem tinham feito anime dele e menos ainda uma versão full collor.
    Quando os caras querem, tiram roteirista até do fundo do abismo pra escrever e agora não querem? Puxa Vida Japão, tu já foi melhor, sabe?
    Mals a bronca aí, pessoal da BBM!

    Curtir

    1. Sou a favor de não terminar. É triste para os fãs, mas acho que seria um desrespeito com o autor, a não ser que ele tivesse confiado o final para alguém.

      Fazendo uma comparação, alguns anos atrás li a biografia do Ozzy Osbourne e tem um trecho que ele fala sobre quando o demitiram e substituíram pelo Ronnie James Dio. Sobre como eles continuaram usando o nome “Black Sabbath”, como se nada tivesse mudado na banda.

      Claro, são situações muito diferentes, mas se eles não se sentem a vontade para continuar a história, então é melhor deixar do jeito que está. Aliás, seria mais feio ainda se depois de anos eles mudassem de ideia, iria deixar um gosto de caça-níquel em cada capítulo.

      Curtido por 5 pessoas

    2. Acho que vale comentar que temos que entender que você nunca vai ver o final de HOTD, mesmo que eles continuem. O autor morreu e não deixou nada para trás, qualquer coisa que seja criada em cima disso não vai passar de um fanfic, de uma adaptação. Na maioria das vezes que isso é feito, a qualidade cai abismalmente, de cabeça me lembro de Asterix, mesma situação, René Goscinny morreu, Albert Uderzo deu continuidade sozinho. Lendo a coleção, você percebe claramente onde foi essa mudança, as história ficam sem cunho histórico, mal pesquisadas, clichês, com humor besta, personagens perdem parte de suas “manias” típicas, virou apenas um fanservice enraizado na nostalgia para gerar dinheiro e manter a franquia acessa. É impossível emular outro totalmente, não importa o que saia, nunca será o HOTD com o qual você se apaixonou, talvez saia algo bom, mas já está na hora de entender que o HOTD do autor morreu junto com ele.

      Curtido por 3 pessoas

      1. Concordo contigo. O cara morreu e não deixou os planos, a história não deve ser concluída. isso é o que eu gosto no Japão eles não continuarão depois da morte só porque vai dar grana, eles vão respeitar o cara. Se fosse os EUA já tinham feito um marketing violento com a morte e excelentes vendedores que são já tinham até acabado o mangá.

        Curtido por 1 pessoa

  2. Eu tenho o manga e a edição Fullcolor…
    Que situação complicada. E agora?
    Também faço TriageX. Forças pra ele continuar com uma boa história

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s