Novo título pela Panini: “Atelier of Witch Hat”

Tongariboushi no Atelier chega ao Brasil

Além de Granblue Fantasy, a editora Panini divulgou na noite desta quinta-feira, 30 de maio de 2019, por meio do programa Senpai TV, na Rede Brasil, que publicará o mangá Atelier of Witch Hat (とんがり帽子のアトリエ), de Kamome Shirahama. A obra começará a ser lançada ainda este ano, provavelmente em julho. Ele terá periodicidade bimestral.

Atelier of Witch Hat é um mangá de fantasia que começou a ser publicado em 2017 nas páginas da revista seinen Morning Two, da editora Kodansha, e possui 5 volumes até o momento. Ainda não há uma previsão de fim.

Sinopse: Coco é uma menina que vive em um pequenino vilarejo, fascinada por magia e que sonha em se tornar uma maga. Infelizmente, porém, naquele mundo isso é impossível para aqueles que não são capazes de usar magia desde o nascimento, de modo que a garota tem que abdicar de seu sonho. Um dia, porém, um mago visita sua aldeia e ao espioná-lo, Coco entende a verdadeira natureza da magia e se lembra de um livro e um tinteiro que ela comprou de um misterioso estranho quando ela era criança. A garota passa a praticar em segredo, mas, em sua ignorância, ela comete um ato trágico! A partir de então, a menina se torna discípula do mago e descobrirá um mundo que ela não suspeitava existir!

13 Comments

  • Felipe Gonçalves

    Acredito que “Atelier of Witch Hat” consiga prender seus leitores por causa da arte, que é maravilhosa, mas pra mim isso é tudo que esse mangá tem a oferecer.
    A história inicial é bem bobinha e fraca, é muito didática e chega ser forçado como a trama se desenrola. Há uma grande necessidade de apresentar o mundo de “Atelier of Witch Hat” rapidamente, e a magia que o permeia, mas a história não flui naturalmente. Contudo, pode até ser que melhore, mas definitivamente não é pra mim.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: