NI 382. França ganhará uma plataforma de leitura de mangás digitais

País não tinha nada parecido até então

Anos atrás a editora JBC anunciou que lançaria uma plataforma de leitura de mangás digitais, o Henshin Drive. A ideia era que funcionasse em um esquema de assinatura (tipo Crunchyroll e Netflix) em que você pagaria uma mensalidade e poderia desfrutar de todo o acervo presente no site. Infelizmente, o projeto da editora não foi para a frente devido as burocracias japonesas. Segundo à empresa, os japoneses ainda não veem com bons olhos esse sistema de assinatura.

De fato, isso é bastante raro no ocidente e são poucas as iniciativas com sistema parecido. O normal é apenas a venda de ebooks e assim ocorre em todos os lugares, seja aqui no Brasil, seja na Itália ou na França. Mesmo os Estados Unidos (que possui filiais de editoras japonesas) não há muitos sistemas de assinaturas para leituras de mangás digitais. Há o Crunchyroll Mangá e o aplicativo da Shonen Jump, da editora Viz, além de um ou outro mangá estar disponível no Kindle Unlimited, da Amazon. E só pelo que a gente sabe. Deve ter algum outro mais alternativo, mas a grande nível são só esses.

Recentemente ainda tivemos o advento do Manga Plus a nível global nos idiomas inglês e espanhol, mas ele é um aplicativo da própria Shueisha (editora original japonesa) e é gratuito, vivendo de propagandas, não sendo exatamente um sistema de assinatura.

Já a França, que é o maior mercado de publicações impressas no ocidente, também não tinha nada parecido em relação a mangás digitais. Ao menos até agora. Durante e Japan Expo (um dos maiores eventos de cultura japonesa do mundo), realizada na França no início de julho, foi anunciado que o país ganharia uma plataforma oficial de leitura de quadrinhos japoneses, chamada de Mangas.IO.

A plataforma oferecerá acesso a títulos já publicados em francês, bem como séries atuais. O acesso  se dará por meio de uma assinatura, cujo preço ainda está por definir. A plataforma é uma iniciativa feita em colaboração com as editoras francesas e japonesas, o que dá a entender que mangás de todas, ou de uma boa parte das empresas, poderá estar disponível nela. O Mangas.IO deve ser lançado no final de 2019.

O site pode ser acessado clicando aqui, mas no momento estão apenas fazendo cadastros para quando a fase Beta for iniciada. Infelizmente, como costuma haver barreira de região, não deve ser possível testar o nosso francês nessa nova plataforma. No Brasil, o jeito é aguardar e ver se o Henshin Drive ou alguma outra iniciativa parecida saia do papel.

Anúncios

3 comentários

  1. Interessante a proposta, pena que sei menos Francês que o Kyon.
    Pra quem entende a língua o IZneo tem uma boa variedade de mangás (além de quadrinhos europeus e americanos), mas não é plano de assinatura, é pago por título (estilo comixology/kindle)

    Curtir

    1. Uma pena o serviço da comiXology, o comiXology Unlimited não pegar aqui no Brasil. Esse serviço de assinatura da para ler varios titulos de comix e mangas só pagando uma assinatura. infelizmente indisponivel no Brasil.

      Curtir

      1. O Comixology Unlimited tem alguns bons títulos no serviço, inclusive mangás, mas o que eles mais fazem é colocar as primeiras ediçoes de um título no serviço e o resto ter que pagar por fora, são raros os que dá pra você ler a série completa (Battlle Angel Alita é um desses raros).
        Mas por ser do grupo Amazon, os títulos do C Unlimited (geralmente) são os mesmos do Kindle Unlimited, e esse não tem bloqueio de região. Por exemplo:
        Esse Pumpkin Scissors tem 21 volumes, sendo os 10 primeiros no C Unlimited
        https://www.comixology.com/Pumpkin-Scissors/comics-series/79374?GraphicNovels_pg=1&cu=0
        O mesmo Pumpkin Scissors na Amazon. Dos 21 volumes, 10 estão no K Unlimited
        https://www.amazon.com.br/s?k=pumpkin+scissors&i=digital-text&__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&ref=nb_sb_noss
        Attack on Titan tem os 08 primeiros volumes no Unlimited de ambos os sites, etc etc
        Então, assinando o Kindle Unimited você poderá pegar ‘emprestado’ vários títulos inclusive que não foram lançados no Brasil.
        Além do mais, comprar/assinar o Comixlogy por causa dos mangás pode não ser uma boa porque, mesmo sendo uma empresa Amazon, não permite você ler no Kindle ou no Kindle Fire.
        Já o inverso é possível, se você comprar no Amazon poderá ler no app do Comixology.

        Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s