“Fruits Basket”: JBC divulga a capa nacional da nova versão do mangá

Empresa também deu uma nova previsão de lançamento…

Na tarde desta sexta-feira, 02 de agosto de 2019, a editora JBC divulgou, por meio de suas redes sociais, a capa nacional da Edição de Colecionador de Fruits Basket (mais abaixo). Além disso, a empresa deu uma nova previsão de lançamento para o mangá. Até então previsto para ser lançado em agosto, a obra agora sairá em setembro.

Fruits Basket é um mangá de autoria de Natsuki Takaya e foi publicado no Japão entre 1998 e 2006, sendo concluído em um total de 23 volumes. Entre 2015 e 2016, a obra foi relançada no oriente e os 23 volumes originais foram agrupados em um total de 12 com cerca de 400 páginas por edição (o dobro do convencional).

No Brasil, o mangá foi publicado pela editora JBC entre 2005 e 2007, sendo completado em 23 volumes. A obra agora retorna seguindo a reedição japonesa em 12 volumes, no formato 12,8 x 18,2 cm, com páginas coloridas em todos os volumes, miolo em papel Lux Cream, e cor especial na capa e na sobrecapa. A sobrecapa ainda terá laminação soft touch. O preço será R$ 52,90.

Além da versão impressa, vale lembrar, a JBC ainda publicará a obra em formato digital, mas esta seguindo a versão em 23 volumes, saindo a R$ 12,90.

Sinopse: Fruits Basket é o nome de uma brincadeira muito popular no Japão, em que a cada pessoa é atribuído o nome de uma fruta e ela deve achar seu par. Mas, neste mangá, os participantes não são frutas, mas sim garotos que se transformam em animais do horóscopo chinês e uma garota que parece não se encaixar bem em lugar nenhum. Ela é Tohru Honda, uma colegial que se viu sozinha no mundo depois que sua mãe morreu. Sem casa e sem ninguém para lhe fazer companhia, ela vai morar em uma barraca e acaba conhecendo os garotos da família Souma. E depois de se aproximar deles, acaba descobrindo seu grande segredo: os membros da família se transformam em animais quando estão fracos ou são abraçados por alguém do sexo oposto. É a Maldição do Horóscopo Chinês! E no que vai dar esse encontro entre uma família com uma estranha maldição e uma garota sozinha mas muito esforçada? Uma história cheia de confusão, perseverança e romance.

13 Comments

  • Lucas Costa

    Já não bastasse o preço, ainda me aparece esse formato pocket, pqp. Preferiria que viesse nesse novo formato.

    • Marcos Veríssimo

      Como assim pocket? Nos vídeos de unboxing dessa edição de colecionador eu sempre vi os mangás bem grandes

      • Lucas Costa

        Só se você estiver se referindo à versão americana, já que ela possui ~15×21 cm. (se assemelha aos tamanhos do kanzenban de Dragon Ball). Essa versão da JBC, como o Kyon comentou logo abaixo, é próximo das versões de GTO e Sailor Moon, que eu acho bem pequenas. Por ser uma edição mais luxuosa, eu não esperava tamanho pocket.

  • D.D

    18,2 cm? Eu já acho Punpun uma edição meio chata de se abrir por ter muitas páginas para o seu tamanho, essa aí então deve ser ainda pior.

    • Mais ou menos o mesmo tamanho de “Citrus”. Então ele é um pouco maior do que “Sailor Moon” e “GTO”, mas um pouco menor do que “The Ancient Magus Bride”.

  • Manigold

    Edição de colecionador, sem nem mesmo uma sobre capa? Prefiro comprar os mangás do Pipoca e Nanquim, que é mais barato e ainda, numa qualidade muito melhor e nem por isso chamam de “Edição de Colecionador”.kkkk
    Sobre o formato até acho que foi acertado (a única coisa acertada tbm kkk) , pq os shoujos no Japão sempre sai nesses formatos menores, é tipo um padrão.

  • Marcos Veríssimo

    Não sei se rio ou se choro por mais um adiamento, afff

  • Monica

    Mangá muito pequeno e com muitas páginas é um sacrifício pra ler.
    Valeu JBC!

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: