BBM Lista – 4 mangás de romance que eu gostaria no Brasil

Ei, editoras, vejam este post^^

Na próxima sexta-feira, dia 12 de junho, será comemorado o dia dos namorados no Brasil e aproveitando essa data resolvi fazer mais uma lista aqui no blog, dessa vez comentando quatro mangás de romance que eu gostaria que aparecessem no Brasil. Nem todos os títulos  que irão aparecer aqui têm como foco o romance propriamente dito, mas a temática está lá, sempre presente, rodeando os personagens de uma maneira ou de outra.

Novamente reiteramos que a lista reflete os desejos pessoais da pessoa que vos escreve e não inclui nenhuma espécie de predição ou coisa do tipo. Boa Parte deles eu não li inteiro e exatamente por isso mesmo eu gostaria de uma publicação brasileira. Dito isso, vamos à postagem.

  • Nossas Preciosas Conversas (7 volumes)

Começamos com um título atual, recentemente concluído no Japão, chamado Boku to Kimi no Taisetsu na Hanashi, que poderíamos adaptar para Nossas Preciosas Conversas, seguindo o título que a obra teve em outros países. Ele foi o vencedor do mais recente Kodansha Manga Awards na categoria Shoujo.

O mangá é título de romance que se passa em um ambiente escolar, porém bastante focado em comédia, com dois protagonistas bem fora da curva (ainda que aquele fora da curva comum de sempre). Ele conta a história de Aizawa, uma garota romântica, mas ao mesmo tempo esquisita (ela é praticamente uma stalker), e Azuma, um garoto meio insensível e que não consegue entender as garotas. Certo dia, os dois começaram a conversar, sobre diversos assuntos, enquanto esperavam a chegada do trem. Embora fossem da mesma escola, as conversas dos dois ocorriam apenas na estação e isso se tornou rotina, se tornaram conversas preciosas^^.

Capa Francesa. Foto: Divulgação.

Esse mangá é bastante divertido, a começar pelo seu estilo diferente que se inicia já com uma declaração de amor (que não é nenhuma novidade, mas é algo que sempre causa impacto). Nas primeiras páginas Aizawa se declara para Azuma, do nada, sem que conhecêssemos os personagens direito, suas histórias pregressas, nada. Ocorre uma conversa sobre assuntos banais e, do nada, blam. O mangá se desenvolve então com vários outros personagens surgindo, mal entendidos acontecendo, tudo contribuindo para o humor da obra.

Não li o mangá por inteiro, mas do que li fica claro que ele não tem foco total no romance propriamente dito (o rapaz não aceita e nem rejeita o amor da garota, por exemplo) e sim nas conversas dos personagens, nas cenas hilárias (Aizawa vendo as pernas cabeludas de Azuma e Azuma vendo a calcinha de Aizawa), nas reflexões que são feitas, entre outras coisas. Claro que o romance está lá, Aizawa está sempre dizendo que quer namorar Azuma, mas o todo não é apenas sobre isso.

Capa Espanhola. Foto: Divulgação.

Nossas Preciosas Conversas é de autoria de Robico e começou a ser publicado no Japão em 2015 na revista de mangás shoujos Dessert, da editora Kodansha, sendo concluído recentemente em um total de 7 volumes. Por ser um título curtinho e de uma autora famosa (é a criadora de My Little Monster), eu tenho esperança de que alguma editora vá atrás dele.

  • My Little Monster (13 volumes)

Tal qual Nossas Preciosas ConversasTonari no Kaibutsu-kun (chamado no ocidente de My Little Monster) é uma obra que mistura muito bem a comédia com o romance e tem dois protagonistas que não são lá tão usuais assim.

Capa do primeiro volume em francês. Foto: Divulgação.

A história acompanha Mizutani Shizuku, uma garota meio fria e que prefere estudar a todo custo, e Yoshida Haru, um cara que parece mal encarado e está sempre arrumando confusão. Por questões envolvendo a escola, os dois terminam por ficar muito próximos, o que acaba sendo ruim para Mizutani que é envolvida em confusões e não raras vezes termina por levar socos, sem querer, do Yoshida O_o, que logo de cara se apaixona por ela. No meio disso tudo, há também outros personagens e uma galinha, mas isso não é importante^^.

My Little Monster é bastante hilário tanto pelo jeito esquisito de Haru (é super-inteligente, mas não gosta da escola; é muito ingênuo e vive arrumando confusão, etc, etc), quanto pelas atitudes de Mizutani, de incompreensão da situação. de ficar estudando mesmo quando foi raptada, entre outras coisas.

Volume 2 da edição espanhola. Foto: Divulgação.

Eu apenas vi a adaptação em anime e foi uma das melhores coisas que eu vi na época (entre 2012 e 2013). Eu jurava que era um mangá que apareceria dentro em breve no mercado brasileiro, mas o tempo foi passando e até hoje nada.

MY Little Monster é de autoria de Robico (mesma criadora de Nossas Preciosas Conversas) e foi publicado no Japão entre 2008 e 2013 na revista Dessert, da editora Kodansha, sendo concluído em um total de 13 volumes. Não sei se hoje ainda tem chances, mas vê-lo saindo no México e na Argentina dá esperanças de que apareça por aqui também.

  • Um Beijo à Meia-Noite (12 volumes)

Gozen 0-ji, Kiss Shi ni Kite yo (que poderia ser chamado de Um Beijo à Meia-Noite, dado o título internacional da obra) é um daqueles mangás shoujos de romance típicos, em que a protagonista topará com um sujeito lindíssimo e os dois – contra toda a sorte de acontecimentos – passarão a ter uma relação.

Capa do primeiro volume em francês. Foto: Divulgação.

A protagonista da obra se chama Hinana Hanazawa, comumente chamada de Nana, e é uma garota completamente metódica, fazendo as coisas sempre em momentos cronometrados, e sendo uma aluna exemplar na escola, preferindo os estudos a coisas de adolescentes como histórias de amor. Só que ela guarda um segredo de todos. Apesar da imagem que fazem dela, Nana adora histórias de amor!!!. A garota finge que não, mas seu desejo é ter um romance, como daqueles de filmes ou contos de fadas. Inclusive, ela gosta tanto de romance que volta e meia decide ir assistir filmes românticos sozinha de tanto que ela gosta.

O mundo da garota começa a mudar um pouco quando um famoso astro juvenil, Kaede Ayase, aparece em sua escola para gravar algumas cenas para seu novo filme. Como membro do Conselho Estudantil, ela terá a oportunidade de conhecê-lo. Claro que Ayase não é nada perfeito e ela logo conhece o lado mais safado dele, ele é um tarado por bundas de garotas e, por um certo incidente, ele termina por ver a calcinha dela e o resto é história.

Edição Italiana. Foto: Acervo Pessoal.

Tive contato com a obra ao comprar o volume 1 italiano por impulso, por achar a capa e o nome da obra chamativa, e acabou sendo algo muito bom. Entretanto, não tive a oportunidade de comprar o resto, pois o Euro está muito caro e no momento não é possível realizar gastos extravagantes. Por isso, eu adoraria uma edição brasileira da obra, para conhecer o título por inteiro.

Um Beijo à Meia-Noite é de autoria de Rin Mikimoto e começou a ser publicado no Japão em 2015 na revista de mangás shoujos Bessatsu Friends, da editora Kodansha, tendo terminado recentemente sua serialização. A obra terá 12 volumes no total. Eu não acredito que a obra possa dar as caras no Brasil, mas quem sabe alguma editora não surpreende.

  • ReLife (15 volumes)

Romance não é totalmente o foco de ReLife, mas é um tema recorrente tanto em relação ao protagonista da história, Arata Kaizaki, quanto dos personagens secundários. O título é uma obra de temática escolar um pouco diferente, em que os adultos são o destaque, embora não do jeito que você imagina. No mundo desse mangá existe uma organização que busca dar uma segunda chance (o ReLife) aos adultos fracassados que não conseguem viver satisfatoriamente na sociedade. Para tanto, eles tomam um remédio que os faz ficar mais novos e eles deverão viver um ano como estudantes adolescentes do Ensino Médio em uma escola. Caso consigam se ajustar àquele ambiente, com estudantes comuns, as pessoas receberão um emprego por parte dessa organização.

Capa Japonesa do volume #15. Foto: Divulgação.

Na obra acompanhamos Kaizaki, um desses fracassos, que se demitiu de seu primeiro emprego após três meses e desde então não conseguiu viver adequadamente sua vida de adulto. Ele recebe a proposta do “ReLife” e termina por aceitá-la, passando a viver uma segunda vida, uma segunda adolescência. Veremos, então, situações diversas, com Kaizaki tendo dificuldades em conviver com aqueles jovens, ajudando as pessoas, entre outros. É uma obra sobre aprender a crescer, a voltar a ter autoestima e a ver-se a si mesmo como alguém digno e pronto para a vida.

O romance também fará parte disso tudo, com a paixão dele por uma de suas colegas, um amor impossível dada não só a diferença de idade, como também os requisitos do programa (após um ano, as memórias que os estudantes têm dele irão desaparecer), sendo esse um dos grandes dilemas do mangá. É uma obra muito boa, muito redondinha e vale cada tempo despendido em acompanhar.

Edição Japonesa. Foto: Acervo Pessoal.

ReLIFE começou a ser publicado no Japão em 2013 no site Comico, sendo concluído em março de 2018. Trata-se de uma obra totalmente colorida, feita para leitura no celular, de cima para baixo. A versão impressa (com reorganização dos quadros e tudo mais) saiu pela editora Taibundo entre agosto de 2014 e fevereiro de 2020, sendo concluído em um total de 15 volumes. Por ser todo colorido e ter 15 volumes é difícil de imaginar a obra por aqui, mas quem sabe, né?


Esses não são os únicos títulos de romance que eu gostaria que aparecessem no Brasil. Inclusive, existem alguns que eu gostaria mais do que os listados aqui, como Nodame Cantabile, mas eu quis diversificar um pouco as opções e mostrar a vocês alguns outros títulos de minha predileção.

12 Comments

  • Conheço de vista todos. My Little Monster eu vi o anime há um bom tempo, nem lembro direito dele, então comecei a ler o mangá há pouco tempo, eatou gostando. “Nossas preciosas conversas” é um que estou de olho faz um tempo por causa das capas, que são lindas _. My Little Monster, “Um Beijo à Meia-noite” e “Re:LIFE” eu criei mais interesse por ver você falando deles :). Compraria todos caso viesse porque amo romance.

    My Little Monster me deixa mais triste de não ter vindo, sabendo que a Panini México publicou o mangá e aqui nada :'(

  • Tom

    Nossas preciosas me chamou muito a atenção! Vamos aguardar e quem sabe um dia…

  • Carlos

    O que eu mais queria ver no Brasil é Kaguya-sama. Acho que é questão de tempo devido a popularidade, mas como já tem 18 volumes e sem previsão de acabar, no cenário atual fica complicado. O mangá impressiona muito no desenvolvimento, quem só vê o anime que teve a dancinha que virou meme ou só lê os primeiros volumes focados em gags acha que é só aquilo e não tem noção do como o romance progride e vira uma história de amadurecimento, sem deixar a comédia de lado, claro.

      • Carlos

        O mangá tá bem a frente do anime e as duas temporadas ainda não chegam alcançam as melhores partes dele. O humor continua lá, sempre criativo, mas a historia e seus personagens passam por evoluções e é no jeito que o autor trata os temas de romance e drama que acabam impressionando em relação a outros exemplos do gênero.

  • R

    Não conheço nenhum desta lista.
    Mangas de Romance que eu gostaria no Brasil:
    Obras Concluídas:
    1 – Tomo-chan wa Onna no ko! [ Concluído em 8 Volumes – Com Casal Fechado no Final ]
    2 – Mousou Telepathy [ Concluído em 7 Volumes – Com Casal Fechado no Final ]
    3 – The Voynich Hotel [ Concluído em 3 Volumes – Com Casal Fechado no Final ]
    4 – Urusei Yatsura [ Concluído em 34 Volumes – Desconheço o Final, ainda em leitura, mas é do mesmo autor de Ranma 1/2 e InuYasha ]
    5 – Isekai Death Game ni Tensou sarete Tsurai [ Concluído em 3 Volumes – Final Desconhecido por mim ]

    Não Concluídas:
    1 – Komi-san wa Komyushou Desu. [ Em andamento com 17 Volumes – História Lenta, talvez não tenha um casal fechado ]
    2 – Monster Musume no Iru Nichijou. [ Em andamento com 12 Volumes – A História deve terminar com Harém? – eu gostaria ]
    3 – Amano Megumi wa Suki Darake! [ Em andamento com 20 Volumes – Parece que vai fechar com Casal Fechado ]
    4 – Black Gakkou ni Tsutomete Shimatta Sensei [ Em andamento com 2 Volumes – Final em andamento, ou termina em Harém, ou sem Ninguém, ou com Casal ]

    E por fim, queria a Novel Spice and Wolf [ Concluído em 21 Volumes – Com Casal Fechado ]

    Tenho preferência por obras concluídas e que tenham um final de romance fechado. Nada, de “deixe que os leitores imaginem o que aconteceu”…

  • SIRIUS BLACK

    A minha preferência, de todos os mangás listados, é ReLife. Eu desejo que, algum dia, ele seja publicado aqui por alguma editora.

  • fushi09

    ReLife S2 ,amo de paixão essa obra. Tonari seria uma boa tbm.

    • Tomara que sim^^.
      (Ou não, estamos no meio de uma pandemia e quanto menos gasto, melhor. Mas espero que no futuro ao menos um deles apareça).

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: