Resenha: “Tower of God” #01

Muitas cores…

Um dos lançamentos de dezembro de 2021 da editora Panini foi o quadrinho sul-coreano Tower of God, de SIU, o primeiro lançamento desse tipo pela editora depois de mais de quinze sem publicar nada do gênero. A obra é um quadrinho advindo das famosas webtoons e é todo colorido, com sentido de leitura ocidental, possuindo quase trezentas páginas no volume inicial.

A obra acompanha um garoto comum (ou supostamente comum) chamado Bam e que um dia adentra na chamada Torre, em busca de Rachel, uma garota que ele tem uma obsessão e que entrara anteriormente no lugar. Ao chegar lá, porém, Bam será testado pela Torre e deverá passar por todos os testes para conseguir subir os diversos andares e encontrar com a garota.

A obra é um típico quadrinho de ação e aventura (ou assim se faz crer nesse volume inicial) bem semelhante aos mangás japoneses, com um protagonista que é supostamente fraco e que não tem nada de mais, mas que na verdade detém um grande poder escondido. Em boa parte desse primeiro volume veremos diversas passagens em que o garoto Bam é desacreditado, mas consegue surpreender superando os obstáculos com facilidade ou ao menos sem muitos problemas. No meio disso, claro, as pessoas em volta terminam por não acreditar no que seus olhos veem.

Ou seja, se você gosta bastante das obras de lutas, com protagonistas super-fortes ou que se superam, Tower of God pode te interessar bastante (ainda que nesse volume não tenhamos uma luta de fato e sim apenas resquícios de combates aqui e ali).

Assim como em boa parte das obras japonesas, o protagonista desse quadrinho coreano batalha por um objetivo (encontrar Rachel), mas ele é – em certo sentido – bem diferente dos personagens com os quais estamos acostumados, pois ele parece meio inocente demais, como se não tivesse uma vivência de mundo (e talvez seja isso mesmo, dado o contexto da obra^^) e não se desse conta de suas habilidades. Ele é tanto o ponto positivo, quanto o negativo desse volume inicial, pois ao mesmo tempo em que a emoção da obra é passada por seus feitos, ele parece totalmente sem graça e sem sal, como se não fosse o protagonista.

Outros personagens acabam chamando bem mais atenção, alguns por seu jeito misterioso, outros por seu jeito espalhafatoso, gerando uma clima de humor em certos momentos também.

A ambientação da obra, por sua vez, ainda é estranha após a leitura desse tomo. Ela parece se passar em algum mundo diferente – talvez o subterrâneo? – e nesse mundo existe uma torre com diversos e diversos andares, com muitos querendo subir em busca de algum objetivo, pessoas moram na torre também, etc, etc, etc. E é só isso, o universo da história ainda não é expandido o suficiente para vermos o funcionamento desse mundo, de modo que precisaremos de mais volumes para compreender melhor a ambientação e tudo mais.

No todo, Tower of God é um quadrinho bem divertido e que instiga bastante, com uma leitura rápida, que te faz querer mais. Embora ainda esteja bem no início e quase nada tenha sido revelado, o título consegue nos fazer passar o tempo muito bem.

A edição brasileira é boa e o único problema que notei foi uma escolha não muito legal para certas fontes na primeira parte do quadrinho, que faziam com que algumas passagens fossem difíceis de ler. Mas fora isso, a HQ possui um bom acabamento, sendo maleável e confortável para ler.

***

Recomendamos? Aí é uma outra questão. Tower of God ainda está em publicação na Coreia do Sul, com mais de quinhentos capítulos lançados. A versão impressa possui 8 volumes até o momento por lá, e que compilam apenas os 78 capítulos iniciais. Ou seja, a Tower of God ainda tem muito chão pela frente. Isso, aliado ao preço (R$ 49,90) não anima, então é difícil recomendar a obra.

O que podemos dizer é que se a gente tivesse dinheiro, a gente continuaria comprando os volumes, pois a história parece legal e queríamos ver o que acontece no decorrer da trama. Então, recomendar a gente não recomenda, mas se você tiver dinheiro…


Ficha Técnica

Título Original: 신의탑
TítuloTower of God
Autor: SIU
Tradutor: Natalia Queiroz
Editora: Panini
Número de volumes na Coreia: 8 (ainda em publicação)
Número de volumes no Brasil: 1 (ainda em publicação)
Dimensões: 14,5 x 20 cm
Miolo: Papel couchê (todas as páginas coloridas)
Acabamento: Capa cartão 
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 49,90
Onde comprar: Amazon / Comix / Loja da Panini

NOS SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS



5 Comments

  • thealvez02

    Galera, tô lendo pela webtoon em ingles (oficial e gratuito!) e posso garantir que é uma das melhores leituras que estou tendo. É uma grande aventura muito bem trabalhada, uma história gigantesca e personagens maravilhosos.

    A arte melhora muito depois do capitulo 80+ (que é a segunda temporada da história).

    Quem quiser uma aventura, recomendo ler a Webtoon (tem tradução de fã BR lá oficial tbm, mas não é muito boa rs)

  • Saitork

    Eu mesmo peguei esse 1 volume com 30% de desconto e honestamente não vi nada demais. Se fosse para gastar melhor pegar solo levelin que achei melhor, embora também não é prioridade no meu caso.

  • Ítalo Rodrigues de Araujo

    500 capítulos? tem história pra tudo isso? sei não hein isso tá com cara que a panini vai cancelar do nada e vai virar só um delírio coletivo kkkkkkk

  • Natanael Floripes

    Achei chato e muito mal desenhado. Dizem que melhora, mas não vou dar uma chance, não.

  • Dizem que até o final da segunda temporada do manwha é apenas prólogo do prólogo

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: