Especial – Os lançamentos mais populares de 2015

capa

Quais serão os lançamentos mais populares de 2015?

Você conhece o site My Anime List? Caso não conheça, o My Anime List é um dos maiores sites de catalogação de Animês, mangás e light novels. Nele os usuários do mundo todo podem catalogar os animês que viu, e os mangás e light novels que leu, em sistema parecido com o que ocorre com o Guia dos quadrinhos.

O My Anime List possui uma função bem interessante que é marcar os títulos mais populares. Pensando nessa função, resolvemos verificar como estava a popularidade no site dos títulos anunciados e lançados em 2015 pelas editoras brasileiras de mangás e hoje viemos aqui mostrar o resultado.

Quem são os usuários do site?

Os usuários do My Anime List são pessoas de todo o mundo que gostam de catalogar o que veem e leem. É difícil mensurar o quanto que a popularidade no My Anime List representa na “vida real”. Entretanto, a notoriedade dos títulos no site serve para demonstrar que existe um grande número de pessoas ao redor do planeta conhecem esses títulos.

É preciso ficar claro que, como o site é de catalogação, a presença dos títulos não significa necessariamente que as pessoas gostem deles. Significa que as pessoas conhecem e já leram os títulos, independente de terem amado ou odiado. O site possui também uma lista de títulos mais bem avaliados, mas isso ficará para uma outra postagem. Aqui listaremos apenas os mais populares. Dito isso, apresentamos agora a vocês a tabela com os 20 lançamentos mais conhecidos pelos usuários do site My anime list.  O levantamento foi feito inicialmente no dia 15 agosto e refeito no dia 08 de setembro para abarcar os títulos recém anunciados. Será que há alguma surpresa?

***

top 22

O que pensar dessa tabela?

A tabela acima mostra os 20 lançamentos mais populares entre os usuários do My Anime List. Os quatro mangás mais conhecidos são da Panini, entretanto a grande maioria dos títulos pertencem à JBC. E quem acha que a Newpop nunca lança títulos populares, essa lista mostra o contrário com a presença de dois títulos da editora: No 6 e Alice hearts.

Sinceramente não vejo nenhuma surpresa nessa lista. Todos os títulos presentes nela possuem notoriedade há muito tempo ou ganharam destaque recentemente, devido à exibição de seus animês. Porém essa tabela mostra um ponto interessante no tocante às demografias que deve ser mencionado a título de curiosidade. Os mangás publicados em revistas shonens são a minoria da lista. Na lista, há 9 seinens, 6 shoujos e apenas 5 shonens. Sinal de mudança no mercado brasileiro de mangás? O tempo dirá^^.

***

Essa foi a nossa postagem de hoje. Há alguma surpresa na lista do My Anime List? Esperava que algum título estivesse presente e não está? Escreva nos comentários…

Biblioteca Brasileira de Mangás

7 Comments

    • Samara Barreira

      Você certamente não deve ter notado que a postagem estava falando dos lançamentos em mangás, antes de ter vindo falar essa besteira, não é? ¬¬

      • Samara Barreira

        E agora é que estão começando a ser publicadas light novels por aqui, logo não há novels suficientes para um Top 10, imagine então, para um Top 20, só para completar.

      • lucassm16

        *tosse* “Caso não conheça, o My Anime List é um dos maiores sites de catalogação de Animês, mangás e light novels.” *tosse*

        Se você for na lista de mangás do MAL sem especificar, ele vai mostrar tanto mangá quanto LN. Ou seja: se tinha na lista, ele tinha de colocar, simples assim.

      • É isso. O Lucas está certo. Tanto que as light novels de Haruhi Suzumiya e Sword Art online estão presentes entre os mais populares do My anime list, só que como elas não foram lançadas aqui, não foram listadas.

        E no caso, por algum motivo, a maioria dos usuários do MAL preferem (ou só conhecem) o mangá de No 6.

    • Samara Barreira

      “*tosse* “Caso não conheça, o My Anime List é um dos maiores sites de catalogação de Animês, mangás e light novels.” *tosse*”… E blablabla… Ah, é mesmo? Não diga! Você jura? Eu escrevi um complemento, caso não tenha lido, Lucas. Mas não estamos falando de light novels que foram e estão sendo publicadas em outros países, mas no Brasil. Antes de falar besteira, leia o que os outros dizem. Esse mercado de light novels ainda não é tão amplo. Quem sabe daqui há algumas décadas.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: