Assinaturas que não valem a pena…

assinaturas

Uma pequena opinião sobre assinaturas…

NewPOP_Madoka1No Ressaca Friends, evento realizado no último domingo (dia 20), Júnior Fonseca, dono da Newpop, disse que a editora pretende realizar planos de assinaturas para seus títulos em breve. Essa é uma evolução que pedíamos a tempos e gostamos muito de saber que a editora realmente está crescendo e oferecerá novas possibilidades de compras aos seus consumidores.

Porém, é preciso questionar: para o consumidor vai valer a pena essas assinaturas? Não sabemos quais os planos do Júnior, mas o mínimo que esperamos é que a editora faça como costumeiramente fazem JBC e Panini e como costuma fazer toda editora que trabalha com esse sistema: descontos e frete grátis.

Se assinamos um título, não é tanto pela comodidade de receber em casa os mangás todos os meses, mas sim por outros motivos bem mais vantajosos. Embora esse fator também conte, o mais importante nesse sistema é o incentivo financeiro que recebemos, com a oportunidade de economizar na compra de um produto que é, para muitas pessoas, caro.

Existem outros motivos para alguém assinar um título, variando de pessoa para pessoa. Todavia para o consumidor comum não adianta muita coisa ter assinatura de um título se ela for oferecida pelo mesmo preço de capa dos mangás. Qual é o atrativo que o consumidor terá para adquirir o título dessa forma? A comodidade de receber em casa não é motivo suficiente, principalmente sabendo dos problemas constantes que existe nos Correios que volta e meia extraviam um produto…


capa_eden_its_an_endless_world_03_g

Nesse questionamento, fica a nossa dúvida: por que razão alguém faria assinatura de Eden ou Blade com a JBC não oferecendo nenhum % de desconto? Por que alguém pagaria 40 reais por volume em cada uma dessas coleções sabendo que, geralmente, logo no primeiro dia de vendas a Saraiva já coloca o título com um bom desconto em seu site?

Simplesmente isso não faz sentido para o consumidor. Independente do local em que morar, ele pode comprar nas livrarias onlines com desconto e muitas vezes – mesmo com frete – sairá mais barato do que pagar a assinatura da JBC.

Mas por que a JBC não ofereceu os 10% de desconto que costuma dar em todas as suas assinaturas? A pergunta realmente é necessária e uma resposta satisfatória também. Entretanto, a resposta da editora não foi eficiente. A desculpa dada pela empresa ao responder os consumidores, por ocasião do lançamento de Eden, foi que, como se tratava de um título de maior porte, os volumes teriam que ser enviadas com código de rastreio.

Aos que não sabem, resumidamente isso significa que a JBC teria que pagar um valor a mais (R$ 3,20) aos correios e isso geraria um código que serve para a editora e o comprador rastrear o produto e saber quando ele será entregue. Nas assinaturas normais da editora, não há esse código. A desculpa até que é boa, mas não é satisfatória em nenhum sentido, por vários motivos específicos.

univeeso lumina

A Loja Online Universo Lúmina, por exemplo, oferece esse mesmo serviço de assinaturas para Eden e Blade, mas com desconto e frete grátis. Está certo que a quantidade disponível na loja é bem limitada, mas de qualquer forma isso joga por terra toda a argumentação da editora.

Se uma loja que é parceira da JBC pode fazer descontos, por que a própria editora não pode? Não somente isso, salvo engano que a memória possa nos trazer, por ocasião da publicação de Death Note Black Edition, a JBC ofereceu os 10% de desconto habituais e ainda enviou os volumes pelos correios com registro. O que mudou de dois anos para cá? Inflação e crise econômica não são motivos para isso…

É difícil crer que a editora não pudesse oferecer descontos. Basta pensar que se as obras são realmente vendidas a livrarias por metade do preço de capa (como as informações de pessoas do meio dizem), a JBC poderia oferecer assinatura com 10% de desconto e, mesmo com os gastos de envio, a editora estaria lucrando muito mais do que com as vendas para livrarias.

Olhando esse cenário, a impressão que passa é que a editora não confia tanto assim no potencial de vendas de Eden e Blade ou deseja um maior retorno financeiro logo no início da publicação, com meia dúzia de pessoas ansiosas (e ricas) que pagarão antecipadamente os valores estratosféricos desses dois títulos.

A realidade para o consumidor comum realmente é essa: não vale a pena assinar Eden e Blade. Compremos os títulos pela Amazon e pela Saraiva que sairá muito mais em conta, mesmo.


***

Em tempo: logicamente existe motivo para pessoas fazerem assinatura de títulos sem que haja descontos. Embora o caso de Eden e Blade realmente não valha a pena se não tiver um abatimento financeiro, outros casos valem e muito, ao menos para uma pequena parcela de consumidores.

Por exemplo, para um morador de uma cidade que não tenha bancas de revistas ou, mesmo que tenha, só receba regularmente Naruto e One Piece, um serviço de assinaturas acaba por ser essencial, pois livra as pessoas de terem de comprar em lojas online com fretes absurdamente caros.

Para os habitantes de cidades assim, mesmo uma assinatura sem desconto vale muito a pena, pois ela poderá acompanhar o título que deseja, sem gastar mais do que os moradores dos grandes centros. Mesmo assim, Newpop, ofereça descontos, sim?

BIBLIOTECA BRASILEIRA DE MANGÁS.

3 Comments

  • existem alguns fatores que devem ser somados. Uma assinatura no universo lumina tem as vantagens de desconto e maiores parcelas, mas o uso do pagseguro nesse processo acaba gerando juros que podem cobrir ou até passar do valor dos descontos. Ainda assim a maior vantagem mesmo é poder dividir mais, mas no montante final fica na mesma.
    De qualquer modo, espero que a Newpop ofereça opções de assinatura de no minimo 6x, como a Panini, coisa q a JBC só oferece pra coleções caras como Blade.

  • alison

    Lojas especializadas compram esses produtos com descontos também, não? E no caso de uma loja maior, como a Saraiva, eles podem ganhar até 50% de desconto dependendo da tiragem que eles comprarem com a editora.

  • Assinatura é o que ainda me salva, os mangás demoram muito para chegar aqui onde eu moro, até 1 mês depois do lançamento. Se não existisse essa forma, talvez eu não comprasse tantos mangás. Deve ser por isso que a grande maioria dos mangás que eu tenho são da JBC. Gostaria que a Panini tivesse um sistema de assinatura para todos os mangás tal como a JBC tem. Facilitaria muito minha vida se tivesse Tokyo Ghoul e Berserk chegando aqui em casa, nem pisaria mais na banca.
    Em relação a lojas online do porte da Saraiva e Amazon, por exemplo, realmente eles têm um desconto bem diferenciado. Cheguei a comprar Naruto Gold #1 por menos de 10 reais. O grande problema é o frete, pois para as bandas daqui sai uma fortuna, preciso juntar várias coisas para dar o valor mínimo do frete grátis, por volta dos 170 reais. Fica impraticável.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: