JBC publicará A rosa de Versalhes

Após uma série de dicas durante a semana, a editora JBC divulgou hoje, por meio de seu canal no Youtube, que publicará no Brasil o grande clássico dos mangás, A rosa de Versalhes, de Riyoko Ikeda. Também conhecido como Lady Oscar, o mangá foi publicado originalmente entre 1972 e 1973 na revista Margaret, da editora Shueisha, sendo concluído em 10 volumes.

Em 2013, quarenta anos após a conclusão da obra, a autora começou a lançar novos capítulos e hoje o título já possui 13 volumes encadernados, com o 14 previsto para o fim de março.

O lançamento da edição brasileira será no segundo semestre e compreenderá apenas os 10 volumes originais. A JBC, em release divulgado à imprensa, disse que publicará o mangá em uma edição 2 em 1, totalizando 5 tomos.

Sinopse: Em meados do século XVIII, na França, o renomado General Jarjayes recebe a notícia que será pai da sexta filha. Aflito por não conseguir ter um filho para manter o nome e o prestígio da família, decide criá-la como menino, visto que nesse período somente homens podiam suceder o cargo. Lady Oscar frequenta o colégio militar onde destaca-se, alcançando o título de capitã da Guarda Real. Como seu cargo é de confiança, fica sob sua responsabilidade zelar pela proteção da Rainha Maria Antonieta. Após o tratado de paz entre a Áustria e a França, quando Maria Antonieta se casa com o príncipe Luís XVI. Oscar passa a maior parte do tempo no Palácio de Versalhes. Ela acompanha de perto com André, seu melhor amigo (que é apaixonado secretamente por ela), o cinismo, as festas luxuosas e o estilo de vida da Corte Real.

***

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

BBM via Henshin

18 Comments

  • Sensacional! Será que finalmente os clássicos do mangá vão ganhar vez no Brasil? Não compro mangá da JBC, mas vou abrir uma exceção! AAAAAAA

  • Gabriel Arruda

    Fiz um trabalho sobre este mangá no curso de história na UFC.

  • JMB

    Por ser um Clássico com C maiúsculo (praticamente o HnK dos shoujos) espero uma ótima qualidade física (algo semelhante á Blame! seria uma boa). Já tenho um substituto pra LoveCom e OreMo <3 (já que a Panini não fez a mínima questão de renovar o público que compra shoujo)

    • jjbala

      Só de não vir pela Panini já é uma boa notícia.
      Aguardemos sobre a qualidade da edição, que posso considerar a aquisição.

    • Olha, mesmo que tragam só os 10 primeiros volumes, por mim tá de boa. Até porque, sabe-se Deus quando a Ikeda vai terminar de vez a história né?

    • Comentamos um pouco sobre isso no Twitter ontem e talvez façamos uma postagem aqui mostrando. Basicamente, só na Itália estão lançando os novos volumes.

  • Azul

    Fico contente. Pensava, até, que o mangá já tinha sido lançado no passado, pois confio em sua relevância. Estou interessada, mas o formato dois em um me brocha um pouco…

  • gilberto.

    Nunca ouvi falar dessa obra em toda a minha vida. A história é boa? Estou querendo fugir um pouco dos shounen de porrada.

  • Starrk

    Não sou chegado em shoujo (apensar de ter curtido utena e ouran) mas vou ver se pego pelo menos a primeira edição pra valorizar o gênero.

  • Marcelo

    Comprarei. Sempre gostei mais do estilo dos mangás mais velhos: história, personagens, traço etc. E esse é um verdadeiro dinossauro. Parece ser um clássico classudo mesmo. Já aguardo com ansiedade.

  • FABIO RATTIS LIMA

    Legal, um Big diferente dos que já foram publicados, JBC acertou uma. em

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: