Comparando mercados de mangás – Fevereiro de 2018

Hoje apresentamos nossa segunda postagem da série Comparando Mercado de Mangás em que apresentamos a vocês alguns dados sobre o mercado em vários países ocidentais.

Essa série tem como objetivo mostrar o número de volumes publicados e as novidades, ou seja os novos títulos que começaram a sair em cada país. O primeiro tópico servirá para você acompanhar mensalmente a evolução ou não dos mercados de mangás e o segundo para você ver o que de semelhante e de diferente começou a sair em outros territórios.

A postagem referente a um dado mês sempre sairá no mês seguinte, visto que temos que esperar a confirmação de lançamentos em alguns países. Os dados do Brasil, porém, seguirão os dados dos checklists e não efetivamente aos lançamentos. Dito isto, vamos à postagem:


NÚMERO DE VOLUMES LANÇADOS EM FEVEREIRO


  • França: 146 volumes
  • Itália: 121 volumes
  • Estados Unidos: 89 volumes
  • Espanha: 80 volumes
  • Alemanha: 74 volumes
  • México: 41 volumes
  • Brasil: 34 volumes
  • Polônia: 33 volumes
  • Argentina: 17 volumes
  • Colômbia: 16 volumes
  • Portugal: 2 volumes

Em fevereiro França e Itália continuaram no topo no número de publicações, sendo os únicos países a atingir a casa das centenas. Entretanto, nos dois países houve uma queda de janeiro para fevereiro, uma queda ínfima, mas queda.

 

Estados Unidos e Espanha tiveram um número de volumes bem maior de um mês para o outro ao ponto de a Espanha ter mais publicações do que na Alemanha. Ainda assim os números se equivalem, visto que na Espanha a lista com light novels, enquanto na Alemanha, não.

Por fim, o México conseguiu ter mais publicações do que o Brasil. Foram 41 títulos, sendo 40 pela Panini e 1 pela Kamite.


NOVIDADES POR PAÍS EM FEVEREIRO


FRANÇA


  • Ataque dos titãs – sem arrependimentos FULLCOLOR (Pika)
  • Black Torch, de Tsuyoshi Takaki (Ki-oon)
  • Byebye liberty, de Ayuko Hatta (Kurokawa)
  • Coffee Mou Ippai, de Naoto Yamakawa (Pika)
  • Disney’s Magical Dance, de Nao Kodaka (Nobi nobi!)
  • Emma wa Hoshi no Yume wo Miru, de Kan Takahama (Les Arênes)
  • Eromanko, de Hajime Okano (Hot Manga)
  • Fairy Tail S (Pika)
  • Fruits Basket Another (Delcourt / Tonkam)
  • Fruits Basket – Perfect Edition (Delcourt / Tonkam)
  • Futsuu No Koiko-Chan, de Nagamu Nanaji (Kana)
  • Gekijô Komoriuta, de Kana Nanajima (Soleil)
  • Gleipnir, de Sun Takeda (Kana)
  • Histoires de femme, de Masako Yoshi (Black Box Editions)
  • Imomushi, de Sueiro Maruo e Ranpo Edogawa (Le Lezard Noir)
  • Kageki no Kuni no Alice, de Tachibana Higuchi (Glénat)
  • Kedamame, de Yukio Tamai (Glénat)
  • Kono sekai no katasumi ni – Novel (Pika)
  • Koto koto ― Chihiro no koto ―, de Daiseuke Imai (Komikku Editions)
  • Koto Koto – Yukichi no Koto, de Daisuke Imai (Komikku Editions)
  • Kuhime, de Hideo Takenaka (Panini)
  • Laila to Shinita Gari no Kemono, de Ejiwa Saita e Asato Konamo (Ki-oon)
  • La porte, de Daisuke Inoue e Sôseki (Picquier Editions)
  • Monkey Peak, de Akihiro Kumeta e Kôji Shinasaka (Komikku Editions)
  • One Piece Gold! (Glénat)
  • One Piece Magazine (Glénat)
  • Pocket Monsters Special chap.7 Diamond and Pearl (Kurokawa)
  • P to JK, de Maki Miyoshi (Delcourt / Tonkam)
  • Re: Load, de Takumaru Sasaki (Doki Doki)
  • Rikudo – Box, de Toshimitsu Matsubara (Kaze)
  • Shikyû yûgi, de Kazumi Amano (Hot Manga)
  • Shimanami Tasogare, de Yuki Tamatami (Akata)
  • Yome Bitchi, de Yoko Oonami (Hot Manga)
  • Yuragi-sou no Yuuna-san, de Tadahiro Miura (Pika)
  • Yuzu Bentô, de AOI Umetarô (Nobi nobi!)

Na França, foram 35 novos títulos em fevereiro, com destaque para o lançamento da versão fullcolor de Ataque dos titãs – sem arrependimentos e da versão kanzenban de Fruits Basket, além do Fruits Basket Another. Outro título que merece destaque é a novel de Kono sekai no katasumi ni.


ITÁLIA


  • Dame na Watashi ni Koi shite kudasai R, de Aya Nakara (Panini)
  • Dance in the Vampire Bund, de Nozomu Tamaki (JPOP)
  • Detective Conan (Gazzetta dello sport)
  • Devils’ Line, de Ryou Hanada (Panini)
  • Gakuen Taikutsu Otoko, de Go Nagai (JPOP)
  • Gakuen Taikutsu Otoko – Box, de Go Nagai (JPOP)
  • Hoozuki no Shima, de Kei Sanbe (Star Comics)
  • Igai – The Play Dead/Alive, de Tsukasa Saimura (Flashbook Edizione)
  • Kuro, de Somato (JPOP)
  • Kuro – Box, de Somato (JPOP)
  • Mao Dante, de Go Nagai (JPOP)
  • Mao Dante – Box, de Go Nagai (JPOP)
  • Naruto True Story – Itachi’s story (Novel), de Yano Takahashi e Masashi Kishimoto (Panini)
  • Ore Monogatari!! (Star Comics)
  • Otouto no Otto – Box, de Gengoroh Tagame (Panini)
  • Ping Pong, de Taiyo Matsumoto (001 edizione)
  • Re: Zero Arco 2 (JPOP)
  • Re: Zero Arco 2 – Box (JPOP)
  • Sankarea (Panini)
  • Takane e Hana (Panini)
  • Tom Sawyer, de Shin Takahashi (JPOP)
  • Your Name: Another Side Earthbound – Novel (JPOP)

Kuro, Mao Dante, Gakuen Taikutsu Otoko e Re: Zero Arco 2 são séries curtas (3, 2, 3 e 5 volumes respectivamente) e, como é costume, a JPOP lançou um box para cada série contendo todos os volumes para quem quer ter tudo de uma vez e publicou o volume 1 avulso para quem quer comprar com o tempo.

Ao todo são 22 obras (ou 18 se você excluir os boxes), mas os grandes destaques são o relançamento de Detective Conan, em periodicidade semanal, a publicação da novel spin-off de Your Name e o primeiro volume de Dame na Watashi ni Koi shite kudasai R, mangá atual da autora de Lovely Complex.


ESTADOS UNIDOS


  • Again!!, de Mitsurou Kubo (Kodansha Comics)
  • Arifureta – From Commonplace to World’s Strongest – Novel (Seven Seas)
  • Giant Spider & Me – A Post-Apocalyptic Tale, de Kikori Morino (Seven Seas)
  • Kemono Friends: Welcome to Japari Park (Yen Press)
  • MaMaMa – Magical Director Mako-chan’s Magical Guidance, de Takemaru Inui (Seven Seas)
  • Nameless Asterism, de Kina Kobayashi (Seven Seas)
  • Perfect Blue: Complete Metamorphosis – Novel (Seven Seas)
  • Red Colored Elegy, de Seiichi Hayashi (Drawn & Quarterly)
  • Saintia Shô (Seven Seas)
  • Silver Spoon (Yen Press)
  • Takane & Hana, de Yuki Shiwasu (Viz)
  • The Saga of Tanya the Evil (Yen Press)
  • The Voices of a distant Star (Vertical)

Nos Estados Unidos 13 novos títulos começaram a sair e os grandes destaques não poderiam ser outros senão Saintia Shô e Silver Spoon. Também vale destaque para o relançamento de The Voices of a distant Star, anteriormente publicado pela Tokyopop e agora lançado pela Vertical.


ALEMANHA


  • Accel world / Dural – Magisa Garden, de Reki Kawahara e Ayato Sasakura (Tokyopop)
  • Chiisakobee, deJuugorou Yamamoto; Minetarou Mochizuki (Carlsen)
  • Innocent Gangster. de Mariko Nekono (Egmont)
  • Kingyo no Koi, de Waka Sagami (Tokyopop)
  • Korosensei Quest!, Kizuki Watanabe; Jo Aoto (Carlsen)
  • Mikami-sensei no Aishikata, de Hiro Aikawa (Tokyopop)
  • Requiem Rose King, de Aya Kanno (Carlsen)
  • Servant & Lord, de Lo e Lorinelly Yu(Tokyopop)
  • Shinomiya-kun no Sekai ga Owatte mo, de Chiyori (Tokyopop)
  • Sugar Dog, de Masahiro Ikeno (Tokyopop)
  • Triage X Tribute, Shouji Sato; Dragon Age (Carlsen)
  • Yarichin Bitch Bu , de Tanaka Ogeretsu (Egmont)

Foram 12 novos mangás em fevereiro na Alemanha e os destaques ficam para Korosensei Quest!, spin-off de Assassination Classroom, e Triage X Tribute, uma antologia em homenagem a Triage X, feita por 20 mangakás diferentes. Ambos são inéditos no Brasil.


ESPANHA


  • Dragon Ball – Ilustraciones Completas  – Edición de Lujo (Planeta DeAgostini)
  • Dorohedoro, de Q-Hayashida (ECC Ediciones)
  • Shisha no Teikoku, de Tomoyuki Hino (ECC ediciones)
  • 2013 Sketch Collection, de Kim Jung Gi (ECC ediciones)
  • Koi wa Ameagari no you ni (Tomodomo)
  • Os irmãos Karamázov (La otra H)
  • The Private Report of My Lesbian Experience with Loneliness (Fandogramia)

Na Espanha foram 7 novidades em fevereiro e pelo menos 5 deles merecem destaque. Koi wa Ameagari no you ni (que está com animação na temporada), Dorohedoro (tido como uma obra muito boa nos recantos da Internet), Os irmãos Karamázov (lançado no Brasil pela L&PM), My Lesbian Experience with Loneliness (ganhador da categoria Mangá do ano do Crunchyroll Anime Awards) e, por último, o artbook de Dragon Ball (que, na verdade, é um relançamento na Espanha).


BRASIL


Foram 5 títulos novos no Brasil e o grande destaque é o mangá Ayako, de Osamu Tezuka, em uma edição belíssima em capa dura.


MÉXICO


  • Black Clover (Panini)
  • Kimi ga koi ni ochiru (Panini)
  • Kuroko no basket (Panini)

No México, três títulos começaram a sair em fevereiro, deles o único não licenciado no Brasil até o momento é o mangá yaoi Kimi ga koi ni ochiru.


POLÔNIA


  • Coyote, de Ranmaru Zariya (Dango)
  • Dragon Ball Super (J.P Fantastica)
  • Hatsukoi no Atosaki , de Shoko Hidaka (Studio JG)
  • Summer Wars (Waneko)

Quatro títulos começaram a sair na Polônia em fevereiro, destaques para Dragon Bal.l Super e Summer Wars. O primeiro é aquele título que um monte de gente quer no Brasil e que a Panini ainda não trouxe. Já Summer Wars foi lançado no passado pela editora JBC.


ARGENTINA


Na Argentina, o único título novo a começar a sair em fevereiro foi Akira. A editora Ovni Press promete lançar o mangá em periodicidade trimestral. Considerando a demora que ocorre na França e no Brasil a gente não confia muito. Vamos acompanhar e ver o que acontece.


COLÔMBIA


  • Captain Tsubasa (Panini)

Na Colômbia apenas uma nova série começou a ser publicada, Captain Tsubasa. Estavam previstas outras duas, mas acabaram adiadas para o começo de março.

Vale lembrar que os mangás colombianos são feitos no México. Antes dessa iniciativa da Panini, os moradores do país dependiam unicamente da importação, tanto do próprio México, quanto da Argentina e da Espanha.


PORTUGAL


  • Nenhuma novidade

***

Critérios e observações:

  • A lista não contempla os mangás digitais
  • As reimpressões também não entram na lista
  • Entram box e versões variantes já que se tratam de um outro produto
  • Entram light novels
  • Entram mangás coreanos e chineses
  • Mangás de outras nacionalidades não entram na lista

Os dados aqui apresentados são precisos? Sim e não. Retiramos as informações de sites confiáveis e que fazem um trabalho de coleta de informação muito bom. Entretanto cada site possui um critério diferente o que pode causar distorções, imprecisões e erros. Vejamos caso a caso:

  • Na Alemanha, o site que a gente usa recolhe os lançamentos de livrarias e lojas especializadas. De modo que se algum mangá saiu por outro meio, eles podem não ter ficado sabendo. Além disso, o site não lista light novels. Então as informações da Alemanha referem-se apenas a mangás.
  • Na França, o site que usamos coloca em meio aos mangás algumas revistas que saem no país. Na Itália o site de lá coloca reimpressões da Panini como se fossem lançamentos. Na Espanha, o site insere livros de autores japoneses, além de alguns títulos de outros países. Nos Estados Unidos, o site lista mangás digitais. Em todos esses casos retiramos manualmente esses dados excedentes. Buscamos ser precisos, mas por ser algo manual, um erro pode acontecer de vez em quando.
  • Na Polônia o site que usamos não lista light novels. Portanto, os números referem-se apenas a mangás.

Mas e os outros países ocidentais como Finlândia e Romênia? Não temos dados. As informações aqui reunidas só foram possíveis de serem obtidas, pois existem sites catalogadores ao estilo Anime Click, da Itália, ou sites que informam os lançamentos como o Anime News Network, dos Estados Unidos, ou o Manga Y Anime Argentina, da Argentina. Se você conhece algum site catalogador de algum outro país ocidental que não citamos aqui, nos mande^^.

Vale lembrar que países da América Latina, em geral, não possuem um mercado de mangás próprio, consumindo os produtos de outros países que compartilham o idioma castelhano. Atualmente sabemos da existência de um mercado apenas no México, Colômbia e Argentina.

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

7 Comments

  • JMB

    Ahhhh que inveja dos espanhóis que podem ter KoiAme em mãos!! 😣😣😣

  • que inveja dos italianos por ter ping pong…

    nem sei pq não ressuscitaram o autor quando saiu o anime, ainda mais Ping Pong sendo tão curtinho…

  • layneparkrisser

    Alguém tem pode me dizer o nome do mangá da segunda foto (o casal)??

    • Dame na Watashi ni Koi shite kudasai R, de Aya Nakahara.
      Na Itália é chamado de “Amamo Lo Stesso R”

  • TDA

    Nossa, fiquei surpreso com a publicação de Dorohedoro na Espanha, muito interessante.

  • Alexandre K

    Dame na Watashi ni Koi shite kudasai R, de Aya Nakara (Panini) – aposto que a Panini publicará esse no Brasil nos próximos anos.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: