NI 286. Rurouni Kenshin Hokkaido Arc volta a ser serializado no Japão em breve

Shueisha divulgou hoje

Foi noticiado no Anime News Network

Algumas práticas e comportamentos na sociedade japonesa possuem penas duras e críticas severas, ao ponto de acabar com uma carreira de sucesso. Outras práticas, porém, nem tanto. Chegam a passar despercebidas. Menos de um ano após ser pego por pornografia infantil Nobuhiro Watsuki voltará a trabalhar em seu mangá Rurouni Kenshin Hokkaido Arc, obra atual da franquia Samurai X.

A informação foi revelada pela editora Shueisha no site oficial da revista Jump Square. O mangá retornará na revista no dia 04 de junho. Ainda foi dito que o autor estaria vivendo uma vida de reflexão e que a Shueisha e Watsuki decidiram retomar a obra em resposta ao anseio dos fãs.

  • Relembre:

Em novembro de 2017, poucos meses depois após começar o novomangá, surgiu a notícia de que Nobuhiro Watsuki, autor de Rurouni Kenshin, havia sido encontrado de posse de pornografia infantil. Em seu depoimento, o autor confessou que gostava de meninas de até mais ou menos 14 anos. A acusação dizia que ele teria vídeos pornográficos desde julho de 2015 e, ao que parece, a polícia chegou a ele por acaso, enquanto investigava outra coisa.

No fim de fevereiro, a notícia da “sentença” foi divulgada. O Ministério Público japonês arquivou o indiciamento do autor e ele foi condenado a pagar 200 000 Ienes de multa, o equivalente a 6000 reais, uma pena mínima para um crime que já tem uma pena leve no Japão. A posse de pornografia infantil no oriente pode levar à prisão por até um ano e/ou uma multa de até 1 milhão de Ienes.

Devido às acusações, a Shueisha colocou o atual mangá do autor, Rurouni Kenshin -Hokkaido Arc, em hiato por tempo indeterminado. Mas agora ele retorna.

Watsuki já teve várias de suas obras publicadas no Brasil e chegou a visitar o nosso país em 2015, quando participou do evento Fest Comix.

***

Curta nossa página no Facebook
Nos siga no Twitter
BBM

16 Comments

  • SIRIUS BLACK

    Kyon, será que esse mangá irá ser publicado por aqui, um dia? Quantos volumes ele possui, atualmente?

    • Sem ideia.
      Meu palpite é que talvez por causa desse caso, não.

      O mangá ainda não possui volumes. Ele foi paralisado ainda nos capítulos iniciais.

    • SIRIUS BLACK

      Entendo. Eu não vejo nenhum impedimento para o mangá ser publicado aqui, futuramente, visto que o autor não fez apologia à pedofilia em nenhum de seus mangás publicados por aqui. Enfim…

      • Starrk

        Complicada essa questão, Hitler fazia quadros lindos, ma você compraria um quadro sabendo a pessoa que ele era? Claro que ninguém é perfeito, mas estamos falando de pedofilia, quem consome isso tá automaticamente perpetuando a produção desse mesmo tipo de conteúdo, não é tão simples “fechar os olhos” para isso.
        Mas acho que Kyon falou, esse mangá provavelmente não será mais visto com bons olhos, e conhecendo as editoras daqui e o público, arriscar lançar novamente qualquer obra dele vai ser uma chuva de críticas a qualquer editora que se aventure lançar.

        • NaBoa

          Acho que isso é irrelevante no que tange uma possível publicação desta série em nossas terras. Veja as pessoas consomem produtos Disney,mesmo o sr. Wall Disney sendo racista (vide filme Canção do Sul). Disney também se encontrou com Mussolini, o que propiciou que em 1938, após a proibição de artigos culturais americanos na Itália, os gibis da Disney continuaram a serem publicados normalmente, sorte que não tiveram todas demais publicações não italianas. Monteiro Lobato defendia o regime escravocrata e nem por sua obra foi apagada ou minimizada. Há muitos outros exemplos, por isso não vejo problema. Além do mais, se um dia essa série vier a ser publicada por aqui, esse dia será daqui a uns 02 ou 03 anos.
          Obs.: Os quadros de Hittler não eram lindos, eram simplórios, sendo que alguns flertavam com o plágio. Ele como artista não uma fração do líder que foi (para o bem ou para mal, é inegável que ele se tornou um dos lideres mais importantes do século 20 e sua infeliz e trágica doutrina ainda inspira muitas pessoas nos dias de hoje).

        • assim como a maioria nao deixou de comprar um fusca por ser ideia de hitler, uma obra de bom conteudo deve ser apreciada em separado da ^vida^ de seu autor, senao, se fosse ver o intimo de todos os artistas, o consumo de arte estaria morto.

      • Lis D

        Muitos fãs da obra falaram que nunca mais iria chegar perto de qualquer obra dele, a questão é saber se o número de pessoas que realmente o fará é relevante para impactar nas vendas.
        Eu acho que não.

        A editora pode se preocupar se a imagem dela iria sofrer de alguma forma com a publicação desse título por conta da notícia recente.
        Eu acho que não sofreria.
        Se houver um interesse na publicação, imagino que esperariam uns 4-5 anos pra poeira baixar (ainda mais considerando que o mangá é mensal, essa espera seria de praxe mesmo)

  • SIRIUS BLACK

    Eu não defendo o que o Watsuki fez, e a pena que ele pegou é extremamente leve. Não dá pra entender a justiça do Japão. Tem gente que tem a vida e a carreira destruída por muito menos, e um caso desses não dá em absolutamente nada ao meu ver. Teria merecido uma investigação mais ampla e aprofundada, mas já que o Ministério Público Japonês resolveu arquivar o caso e condená-lo a pagar uma multa que corresponde ao troco do pão… É bem complicado, realmente.

    • Humberto

      Mesmo existindo Loli e a cultura toda de menores. O índice do Japão de Pedofilia é incrivelmente baixo, muito baixo mesmo, quase não existe, por isso não precisa de uma legislação pesada pra tal assunto. Como no Brasil ou na Suécia por exemplo

  • É difícil separar o artista da pessoa. E pior que se procurar bem, acaba achando alguma coisa sobre determinado profissional que você admira a obra.

    E é curioso descobrir que em matéria de prostituição infantil, o Brasil só fica atrás da Tailândia.

    • SIRIUS BLACK

      Eu consigo fazer essa separação, tanto que tenho a coleção de Rurouni Kenshin que eu tenho completa há anos e que eu ainda não terminei de ler. Eu não vou me desfazer da minha coleção e nem tacar fogo nela só porque o autor simplesmente resolveu fazer merda. A obra dele está dentro da normalidade, portanto ele não fez apologia à pedofilia em nenhum das obras dele. Se ele fez o errado sabendo que era e que ele poderia pagar por isso cedo ou tarde, problema dele, da lei e da justiça que deveria ter cuidado disso como realmente deveria e não fizeram. O pessoal reclama tanto do Watsuki, mas o autor de Toriko foi acusado de pedofilia e o mangá dele chegou aqui e tem muita gente comprando, feliz da vida. Também não deixaria de comprar nenhum mangá dele posterior a esse escândalo, pois eu como fã, não posso ser responsabilizado pelos atos de uma pessoa maior de 18/de21 anos, que sabe muito bem o que certo e o que é errado, afinal não estamos falando de nenhuma criança.

      • Bruno R

        Casos diferente… o autor de toriko foi com uma garota de 16 anos..ele pagou pra ela, pra os dois irem em um hotel sendo que ela é menor de idade…

        nada a ver de pedofilia..

      • Bruno R

        o mas engraçado é que o autor de toriko chegou a ficar preso por um tempo.. e esse pedófilo , não…

  • Lis D

    Idol começa a namorar: carreira arruinada
    Autor consome pornô infantil: de boa, ele falou que não faz mais

    Disappointed but not surprised…

  • Rafhael Victor

    Minha maior aflição é que vou me sentir obrigado a voltar a acompanhar esse mangá de m*rda. Seguindo a regra absoluta (até o momento) de que revivals não funcionam, Hokkaido-Hen não chega nem a ser mediano.

  • Stefano

    Deveríamos boicotar os filmes de Roman Polanski? (ele é pedófilo…)

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: