Divulgada a capa nacional de “Dr. Stone” (Atualizado)

Confiram…

As lojas onlines começaram a cadastrar o primeiro volume do mangá Dr. Stone, o novo título da editora Panini, e com isso a capa nacional do foi divulgada. Confiram abaixo:

Dr. Stone é de autoria de Riichiro Inagaki e Boichi e está em publicação no Japão desde 2017 na famosa revista Weekly Shonen Jump, da editora Shueisha. O mangá possui 7 volumes até o momento e ainda não tem uma previsão de fim.

No Brasil, o título foi anunciado em julho pela editora Panini e agora começará a ser publicado. Ele virá no novo formato padrão da editora, com miolo em papel offwhite e preço de R$ 21,90.

Sinopse: Em um instante, todos os humanos do mundo viraram pedra. Este acontecimento misterioso envolveu o estudante Taiju e, depois de milhares de anos, ele e o seu amigo Senku despertam e decidem reconstruir a civilização do zero. e assim começa uma grande e única aventura de sobrevivência num mundo de ficção científica.
  • Extra

Atualizamos a postagem com algumas capas do mangá em outros países. Vejam:

Na Itália além da versão “normal”, haverá uma versão limitada com uma sobrecapa com os detalhes em pedra e uma versão variante desenhada por um artista italiano, vejam respectivamente.

Anúncios

13 comentários

  1. Sei que não tem nada a ver com Dr. Stone, mas como é sobre um produto com acabamento similar vou perguntar. Só eu tive problemas com o volume 1 do Dragon Ball Super? O meu faz uns barulhos estranhos quando manuseio e as folhas são duras, sem contar a impressão, que numa das páginas que eram originalmente coloridas, parece que imprimiram em impressora laser. Achei bem porco e decepcionante pelo preço.

    Curtir

    1. Mano acho que n foi só com você não. Esse padrão novo da Panini esta PORCO ! o Boruto ta a mesma coisa de estalar e página dura. Mano horrível resume

      Curtir

      1. Esse problema ocorreu em Dragonball Super e Boruto, mas não ocorreu em Black Clover nem The Promised Neverland. Os dois primeiros foram impressos na gráfica São Francisco (que já tem um histórico com esse problema), e os dois últimos foram impressos na gráfica Cunha Facchini (que sempre imprimiu a maioria dos mangás da Panini e JBC). Então não é problema do formato novo. Aparentemente, a Panini quis cortar custos na impressão de Dragonball Super e de Boruto.

        Curtido por 1 pessoa

  2. pqp que capa zuada, eu sei que a panini se baseou na versão japonesa que tem essa pedra feia ocupando a capa toda, mas eles podiam ter se baseado na versão americana que não tem esse bagulho horrível tampando o desenho, boa panini boa

    Curtir

  3. Parabéns Panini !!!
    Além de manter a capa poluída, o titulo do manga ficou meio ilegível.
    Manter o original nem sempre é uma boa, ainda mais quando a arte de fundo da capa é bonita!
    Falta ver como vai ficar a quarta capa!

    Curtir

  4. Que horror!!! Não dá nem para ler o nome do mangá direito. Um desavisado pode achar que o nome é Mundo de Pedra. Deveria ter seguido o modelo da França ou dos EUA – colocando textura de pedra na fonte do Dr Stone. Talvez funcione no Japão, pois o público já reconhece o personagem e eles estão acostumados com poluição visual nas revistas.

    Curtir

  5. Que capa cagada. Não importa se é fiel a original, quando esta é um lixo de composição. Que sorte dos italianos que escaparam dessa, pois a editora que pegou esse mangá lá é bem competente nesse quesito e as duas capas italianas estão lindas, dando ainda de lambuja a sobrecapa mais fiel à original (mas com o título mais legível).

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s