“Tokyo Ghoul”: volumes iniciais do mangá podem ser repostos

Reimpressão?

Depois do relançamento em formato digital, o mangá Tokyo Ghoul também poderá ter uma reposição dos volumes físicos. Os quatro primeiros volumes da série entraram em pré-venda na loja Amazon com previsão para serem disponibilizados no próximo dia 30 de novembro. A loja especializada online Mangá Já também colocou os volumes para encomenda.

Imagem da pré-venda do primeiro volume na Amazon.
Imagem das pré-vendas no site da loja Mangá Já

Entramos em contato com a Mangá Já buscando uma confirmação e esta nos disse que os volumes foram cadastrados novamente na distribuidora, podendo ser encomendados pelas lojas, por isso foram colocados em pré-venda. A loja ainda nos disse que pediu mais informações junto à distribuidora, mas até o momento não respondida.

Também entramos em contato com a assessoria de imprensa da editora Panini buscando saber se se trata de uma reimpressão, mas até o momento ainda não obtivemos retorno.

Os volumes iniciais de Tokyo Ghoul estavam esgotados na maioria das lojas, mas como a empresa não fez nenhum pronunciamento ainda não é possível afirmar que é uma reimpressão ou se esses volumes colocados à venda nas lojas fazem parte daqueles encontrados nos depósitos*.

[Atualização 22/11/2018: com a divulgação do checklist oficial da editora para o mês de novembro, a empresa confirmou que se trata de uma reimpressão dos quatro volumes iniciais do mangá.]

Tokyo Ghoul foi publicado no Japão entre 2011 e 2014 nas páginas da revista seinen Young Jump, da editora Shueisha, sendo concluído em um total de 14 volumes. A obra ainda ganhou uma continuação chamada Tokyo Ghoul: Re, também lançada na Young Jump e completa em 16 tomos.

No Brasil, o mangá foi publicado em pela editora Panini entre julho de 2015 e setembro de 2017. Recentemente, a empresa lançou o primeiro volume em formato digital. Desde novembro de 2017 a editora está publicando a continuação Tokyo Ghoul: Re.

SinopseEm Tokyo, criaturas conhecidas como “Ghouls” vivem entre os humanos e os devoram para sobreviver. Alheio a eles, o jovem universitário Ken Kaneki leva uma vida pacata entre livros, até que um trágico encontro o coloca diante desses seres e o obriga a lutar por sua humanidade.

*Para quem não sabe, ano passado a editora Panini rompeu o seu contrato com a distribuidora de bancas de revistas (que não é a mesma que faz contato com as lojas especializadas) e, a partir daí, passou a contactar as distribuidoras regionais por conta própria. Nessa mudança, a empresa foi encontrando diversas caixas com volumes de mangás que eles não sabiam que ainda existiam. Essa provável reposição de Tokyo Ghoul pode ser disso.

8 Comments

  • Daniel de Oliveira

    Cara, eu acho que a Amazon tá mudando muito o nosso mercado de mangás, acho que não é coincidência todas essas decisões da Panini e JBC, reimpressões na Panini e a JBC dando uma de maluca lançando vários volumes de uma série num mês, acho que a Amazon deve tá dando muito retorno pras editoras.

  • lucasguidapacheco

    É que seja em uma gráfica decente dessa vez, para que não aconteça o que aconteceu com a primeira leva.

    • JMB

      Bom, se a hipótese do Kyon estiver certa, então é bem provável que os volumes 3 e 4 estejam com aquela qualidade horrorosa (e ainda com o bônus de estarem amarelados).

      • lucasguidapacheco

        Então estou torcendo para que ele esteja errado; mas CASO ele estiver certo, então espero que eles façam uma reimpressão e continuem fazendo trocas para os consumidores que adquirirem os volumes com defeito.

  • gilberto.

    Talvez eu recompre a edição 3 e 4, a minha é horrível. Nem dá para abrir direito.

  • Acho que depois de repor os volumes inicias repor os volumes 13 e 14 que a muito tempo as pessoas estão pedindo

  • Alex

    Como não teve reajuste no preço de capa, provavelmente são os encalhes encontrados nas distribuidoras.Para falar a verdade, parando para pensar, visto que a distribuidora anda fazendo muita merda (além dos problemas sócio-econômicos), faz até sentido os preços dos mangás serem reajustados em períodos muito curtos. Só espero que a editora faça uma reimpressão de verdade, pois a Panini tem mania de chamar encalhe de reimpressão, acho isso uma baita falta de profissionalismo, além do atendimento nulo.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: