As Datas Comemorativas e Festividades no Japão 

E como elas são partes importantes das narrativas de mangás.

Um dos poucos lados negativos dos mangás é o fato das histórias não existirem dentro do nosso cotidiano e vida, uma experiência diferente de uma sociedade diferente. É claro que do ponto de vista de curiosidade e aprendizado de outras culturas isso não é lá tão negativo, mas é quando percebemos que dificulta nosso entendimento do roteiro, do porquê aquilo é tão importante e de como se soma ao drama da obra.

Pensando nisso, hoje vamos comentar sobre algumas das mais importantes (e presentes nos mangás) datas comemorativas do Japão e como aquilo é usado nas histórias.


Feriados Japoneses e Datas Especiais


Por serem uma sociedade não cristã, os feriados por lá são bem diferentes. Mesmo aqueles ocidentais, no país, acabam recebendo novas conotações e um jeito próprio de celebrar. A seguir vai uma lista dos mais importantes e comuns nos mangás:

 

Natal

japanesechristmascake.jpgEmbora haja japoneses cristãos que comemoram o natal como os ocidentais, para a maioria dos japoneses essa não é uma data festiva, não há feriado no dia, embora alguns lugares possam fechar. Entretanto, algumas tradições acabaram sendo exportadas mesmo assim, não sendo incomum que haja troca de presentes ou cartões, ou que se coma frango e bolo de frutas de natal típico no dia (esse bolo possui até emoji: 🍰) . Para eles, é mais uma festividade para desejar felicidade um ao outro e mais voltada para as crianças.

A Véspera de Natal, entretanto, é vista como um dia romântico, e casais fazem planos de passarem juntos e trocam presentes como forma de reforçarem seu relacionamento. Mas mesmo para famílias e solteiros, passar o natal sozinho é considerado bem triste.

Ano Novo

O Ano Novo (oshougatsu) e a Véspera de Ano Novo (omisoka) é o feriado mais importante do Japão. Assim como no ocidente, o ano novo é comemorado como o início de novas experiências e oportunidades, e por isso mesmo é comum que sejam finalizadas todas as pendências do ano anterior. Durante esse período casas e templos são adornados com ornamentos feitos de pinheiro, bambu e ameixeiras, e os locais e vestimentas são devidamente limpos e lavados como símbolo da conclusão dos afazeres. O período de recesso é do dia 1 a 3, e é considerado um momento de folga e paz, quando tudo deve estar limpo e nenhum serviço deve ser feito.

É comum que na véspera os japoneses comam toshikoshi soba (um prato de macarrão) como simbolo de longevidade, já no ano novo é comum que se coma ozoni, otoso e osechi ryori (pratos derivados do arroz). Uma das tradições é, inclusive, a preparação do mochi/moti (uma pasta de arroz) de forma tradicional com uma sova, em que todos os presentes se alternem em turnos para bater o arroz e depois consumam o mochi juntos.

As festas durante esse período possuem dois nomes: Bonekai (a festa de esquecimento do ano) e Shinnenkai (festa do ano novo), geralmente entre colegas de trabalho em restaurantes. Outra tradição comum é assistir o primeiro nascer do sol do ano novo (quando o tempo permite), chamado de hatsuhinode.

Por fim, é tradicional visitar templos e santuários durante esse período de três dias, especialmente na virada do ano, em alguns lugares com roupas tradicionais.

hatsu.jpg

Dia de São Valentim e White Day

Se você leu um shoujo, com certeza, teve um capítulo com os dias de São Valentim e o White Day. É um dos recursos mais batidos para trabalhar os sentimentos dos personagens e declarações de amor.

8bb8de308e0d92688929428e18651cbfO dia de São Valentim (semelhante ao nosso dia dos namorados) acontece em 14 de fevereiro. Nesse dia, as meninas e mulheres presenteiam amigos, familiares e, principalmente, pessoas de quem gostam com chocolates, muitas vezes feitos à mão. É uma data importada do ocidente pela indústria de doces e chocolates e que se tornou febre no país.

O White Day, outra criação da indústria, mas bem menos sucedida, acontece um mês depois, no dia 14 de março. Neste dia, os homens e meninos devem retribuir com doces e chocolates àqueles que lhe presentearam no dia de São Valentim.

Embora seja muito comemorado entre casais, é algo mais juvenil e menos praticado pelas pessoas adultas. Dessa forma, é algo muito mais comum em shoujos.

 

Golden Week e Silver Week

A Golden Week é uma semana especial, criada pela junção de quatro feriados nacionais: o dia de Showa (aniversário do Imperador Showa) em 29 de abril, dia da constituição (3 de maio), dia da natureza (4 de maio) e dia das crianças em 5 e 6 de maio. O exato período varia de acordo com os finais de semana e acontecimentos (pois há uma lei japonesa de que dias entre feriados são também feriados), por exemplo, em 2019, a Golden Week terá 10 dias (de 27 de abril a 6 de maio); já 2020 serão 5 dias (2 de maio a 6 de maio). Por compreender o festival dos garotos, a Golden Week é comumente associada às carpas voadoras (ver mais abaixo em Tango no Sekku).

A Silver Week, menos conhecida, é um acúmulo de feriados no final de setembro que acontece ocasionalmente a cada 5-6 anos, similar à Golden Week. Em 2020 haverá uma envolvendo o dia de respeito aos idosos e o dia do equinócio de outono, um total de 4 dias; o próximo só em 2026.

Assim como os feriados estendidos no Brasil, as Golden e Silver Weeks são a oportunidade perfeita de viajar e aproveitar uma folga estendida com amigos e familiares. E por isso mesmo são momentos esperadíssimos pelos personagens nos mangás e animes.

Uma curiosidade é que, por ser algo que varia de ano em ano, é possível descobrir o ano que uma história acontece utilizando-se dessa informação.

102ed54855242ae874bb156e192f62edf69ef526_hq

Hanami

Festa das Cerejeiras, não é de fato uma festa, mas uma tradição de se observar o florescer das cerejeiras com amigos e familiares, quando grupos se reúnem nos parques aos pés das cerejeiras em enormes piqueniques ao ar livre. Nos locais mais famosos, há uma verdadeira disputa por bons lugares, com pessoas guardando lugares durante a noite anterior.

O dia do evento varia de local a local, já que o florescer das cerejeiras depende do clima e temperatura.

static1.squarespace.com.jpg


Festivais


Os chamados “Matsuris” são um acontecimento recorrente nas histórias, são similares aos festivais religiosos que acontecem no Brasil, desde as festas de São João às peregrinações religiosas. Assim como no nosso caso, há festivais desde nível local a festivais nacionais, de tema religioso a tradições culturais diversas e comemorações históricas ou de mudança de estações. Em geral, todo santuário ou templo pratica ou possui seu próprio Matsuri.

Essa variedade é ainda maior devido às duas fortes religiões no Japão (Budismo e Xintoísmo) e ao fato de que as cidades e algumas regiões japonesas se desenvolveram em relativo isolamento, dessa forma tendo uma quantidade rica de culturas e tradições locais.

Os Matsuris em geral apresentam três elementos comuns e utilizados bastante nas histórias: os shows de fogos de artifício (Hanabi Taikai), as feiras tradicionais e as passeatas e comemorações nas ruas (ou rios em alguns lugares). Tais elementos, embora comuns, não são obrigatórios, sendo que em algumas localidades as festividades sejam mais calmas e introspectivas do que festas de fato.

Outro ponto é as vestimentas. Por serem tradições antigas, é comum ver os participantes vestidos com roupas tradicionais japonesas, como o Yukata e o Quimono. O mesmo vale para os alimentos e entretenimento oferecidos nas feiras, sempre tendendo ao tradicional japonês.

Nas histórias, os festivais são sempre uma oportunidade para sair com a pessoa que se gosta ou com os amigos. Há também toda a ansiedade de se ver a pessoa de quem se gosta vestida de forma tradicional, uma fantasia típica deles.

Kanto-Matsuri-Festival-Japan-640px

Hanabi Taikai

Hanabi_taikai_at_Chikugo

Os shows de fogos de artifício que você já viu com certeza nos animes e mangás, geralmente acontecem no outono, mas podem ser parte de outros Matsuris. A queima dos fogos é sempre praticada nas margens de rios, lagos e mares devido a uma proibição de 1648, quando fogos de artifício eram um perigo gravíssimo para as cidades e suas casas com paredes de papel (tendo ocorrido enormes incêndios em algumas localidades). Mesmo hoje em dia, quando esse perigo é muito menor, a cultura de se soltar nas margens de corpos d’água continua.

Ver os fogos de artifício junto à pessoa de que se gosta é considerado extremamente romântico, e por isso mesmo aparece em várias obras com esse tema.

Obon

obon-2Trata-se de um dos festivais mais importantes no Japão para os budistas em agosto, comemorando seus ancestrais. Há diversas tradições típicas, como pendurar lanternas de papel, fazer cavalos e vacas de pepinos e berinjelas, danças festivas tradicionais, visita a túmulos e oferenda de comida aos mortos. A tradição exata varia de localidade a localidade, mas assemelha-se muito aos Dias dos Mortos ou Finados. Ao final do evento, é comum que se solte lanternas de papel nos rios, lagos e mares, para guiar os espíritos dos mortos de volta ao outro mundo.

Esta é uma festividade que vai aparecer principalmente nas histórias com pais falecidos ou onde há a perda de parentes importantes devido a alguma tragédia. O Obon é geralmente a chance do personagem lidar com a perda e superar o acontecimento.

obon-festival-japan

Hina Matsuri

O Hina Matsuri, ou ainda dia das bonecas ou dia das garotas, é uma comemoração para desejar saúde e felicidade para suas filhas no dia 3 de março. Uma característica dessa comemoração são os altares de bonecas tradicionais com flores de pêssego, geralmente exibindo a corte imperial.

Seu aparecimento nos mangás está geralmente conectado a um flashback da infância ou a um sentimento de nostalgia da personagem, mais comum em shoujos.

girls-day-hina-ningyo-set

Tango no Sekku

O festival dos garotos, acontece no dia das crianças em 5 de maio, que faz parte da Golden Week. Assim como o Hina Matsuri, este é um dia para desejar felicidade e saúde aos meninos, exibindo-se bonecos de samurai ou pendurando carpas voadoras (koinobori).

Assim como o anterior, é geralmente algo nostálgico para o personagem, aparecendo mais em shounens ou seinens.

koinobori-fuji

Tanabata

Por fim, o Tanabata é uma festividade relacionada ao calendário lunar e por isso sua data varia, geralmente em 7 de agosto ou 7 de julho, em comemoração a uma lenda xintoísta de uma história de amor. Tirando as decorações e atmosfera festiva, o aparecimento do Tanabata se dá devido à tradição de se colocar bilhetes coloridos (Tanzaku) em bambos (geralmente em templos ou lugares públicos) com os seus desejos escritos neles. Assim como a tradição de cores de roupa no ano novo no Brasil, cada cor de bilhete tem um significado: branco (paz), amarelo (dinheiro), verde (esperança), vermelho (paixão), rosa (amor) e azul (proteção dos céus). Ao final do evento esses bilhetes são queimados para que os desejos alcancem os céus.

Esse aspecto dos bilhetes é o principal motivo dessa festividade aparecer nos mangás, geralmente envolvendo o desejo de que um romance aconteça entre os personagens.

29-29899.png

***

Além desses aqui mencionados, há diversos outros feriados no Japão, como o aniversário do imperador vigente, mas os que aqui mencionamos são os mais importantes para as narrativas e, com certeza, você já deve ter visto eles sendo utilizados nos mangás e animes mais de uma vez.


Anúncios

3 comentários

  1. Só faltou um pequeno detalhe que acho que seria bacana quanto ao Natal, além do bolo mostrado eles também curiosamente compram FRANGO FRITO para comer na ceia. Fica o mistério dessa mistura maluca, mas é assim mesmo.

    Curtir

    1. Na verdade, em vez do peru ocidental, eles comem frango, que é a ave oriental. Comer frito é uma mera preferência, assados é também uma cultura ocidental, rs.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s