BBM Lista: 5 light novels que gostaríamos que aparecessem no Brasil

Uma segunda versão de uma postagem antiga…

A POSTAGEM A SEGUIR É UMA LISTA DE OPINIÃO E DESEJO PESSOAL. NÃO ESCOLHEMOS OS TÍTULOS POR MÉRITOS OU CHANCES DE APARECER NO BRASIL E SIM AS QUE GOSTARÍAMOS QUE APARECESSE, MESMOS SENDO MUITO DIFÍCIL QUE ISSO VENHA A OCORRER.

Em uma época em que o dinheiro anda escasso soa um pouco absurdo querer que mais e mais coisas sejam lançadas no Brasil, visto que dificilmente iríamos conseguir comprar tudo o que desejamos. Mesmo assim, ainda há um espaço para um pouco de egoísmo e individualidade, pois ainda há coisas que eu gostaria e poderia comprar.

Pensando nisso, resolvi criar esta postagem e listar 5 light novels inéditas que eu queria que fossem publicadas no Brasil. Não é a primeira vez que faço uma lista destas. Lá em 2016, ainda nos primórdios deste blog, fiz uma parecida e dela apenas Toradora! apareceu.

Toradora!

Para quem não sabe, light novel é nome que se dá, muito resumidamente falando, a um gênero de livros japoneses de leitura leve e que contém algumas ilustrações. As light novels se tornaram famosas nos últimos anos devido a diversos animês adaptados desses livrinhos japoneses.

Embora existam obras de volume único, light novels costumam ser séries de diversos volumes tal qual séries de livros ocidentais como Gossip Girl, Desventuras em Série, O senhor dos Anéis ou O Tempo e o Vento.

No Brasil, as light novels têm aparecido regularmente desde 2014. O número desses livros por aqui, porém, ainda é bastante reduzido, de modo que sonhar com a publicação da sua light novel favorita é meio que uma utopia, pois as chances dela ou de qualquer outra aparecer ainda é perto de zero. Algumas vão aparecer, evidentemente, mas nada garante que seja especificamente a que você quer, pois, como dito, poucas são lançadas.

Então, esta lista de desejo pessoal é realmente apenas um desejo mesmo, pois as chances de alguma delas ser publicada é bem pequena, bem pequena mesmo. Mas se ao menos uma delas for, ficarei feliz, tal qual aconteceu com Toradora! na lista de 2016. Dito isso, vamos à lista :).


Konosuba!


Se você acompanha todas as nossas postagens, esse título era uma bola cantada, pois já falei dele em uma postagem anterior. Embora eu já tivesse ouvido falar muito do animê e visto críticas muito positivas, eu não tinha a menor pretensão de assistir, já que ele era mais uma daquelas obras em que o protagonista é mandado para outro mundo, e me parecia ser só mais uma obra boba e genérica.

Entretanto, a Crunchyroll mandou dublar o animê e eu resolvi assistir. E eu gostei, gostei bastante. Era uma comédia das mais divertidas possíveis. O séquito de personagens (a Áqua, a Megumin, o protagonista) era muito interessante, brincando com o gênero isekai e com o mundo dos jogos de vídeo-game para fazer humor. Se você gosta de comédia, certamente irá se divertir muito com esse animê.

Konosuba!2. Foto: Crunchyroll.

As duas temporadas da animação estão disponíveis oficialmente na Crunchyroll, ambas com legendas em língua portuguesa. A primeira temporada está disponível também dublada igualmente pela Crunchyroll. Essa versão também é exibida na televisão aberta, no canal Rede Brasil (RBTV), no bloco Crunchyroll TV.

Konosuba #01 (Light Novel). Foto: Amazon

A obra original e que passamos a desejar é de autoria de Natsume Akatsuki e possui ilustrações de Kurone Mishima, estando em publicação no Japão desde 2013 pela Kadokawa Shoten. Possui 15 volumes até o momento e ainda está em andamento. Assim como as demais obras da lista, eu não sei como é a light novel, mas gostaria muito de conhecer, ver como o autor trabalha o texto e como funciona a comédia nessa série de livros, etc.

No ocidente, a light novel está em publicação apenas nos Estados Unidos pela Yen Press. Se você domina o idioma inglês, pode comprá-lo na Amazon clicando aqui.

Sinopse: Após um acidente de trânsito, a breve e desapontadora vida de Kazuma Sato deveria ter acabado, mas ele acorda e vê uma belíssima garota diante dele. Ela diz ser Aqua, uma deusa, e lhe pergunta se ele gostaria de ir para outro mundo, levando consigo apenas uma coisa deste mundo. Kazuma decide levar a própria deusa consigo, e eles são transportados para um mundo de fantasia cheio de aventura, dominado por um rei-demônio. Agora Kazuma quer apenas viver em paz, mas Aqua quer resolver vários dos problemas deste novo mundo, e o rei-demônio não vai ignorá-los por muito tempo…

The Devil Is a Part-Timer


Um humano ir para outro mundo enfrentar o rei-demônio tem sido um tanto quanto clichê, o próprio Konosuba!, que citamos acima, tem esse pano de fundo, embora a comédia prevaleça por lá. Mas e quando é o contrário? Quando o rei-demônio vem para o nosso mundo? Já fizeram histórias assim também, esse é o The Devil Is a Part-Timer ou Hataru Maou Sama!.

A obra segue um rei-demônio de um mundo alternativo que se vê transportado para a terra e, para sobreviver por aqui, ele acaba tendo que trabalhar em meio-período em uma unidade do Mcdonalds (Sim). Se essa premissa parece interessante só de ouvir, o animê corresponde as expectativas, mostrando uma obra bem humorada em que vemos alguém que deveria ser super malvado e querer acabar com a raça humana, se comportando como se fosse um ser humano normal.

Pôster do animê. Foto: Crunchyroll

The Devil Is a Part-Timer foi ao ar em 2013 e pelo que sei adaptou muito pouco da light novel, apenas os 3 primeiros volumes, e não houve uma segunda temporada até hoje. De modo que só sabemos o comecinho da história e não temos a menor noção de como tudo evolui. Era uma light novel que eu realmente gostaria de ver por aqui principalmente por causa disso.

The Devil Is a Part-Timer. Foto: Amazon.com

A light novel de The Devil Is a Part-Timer começou a ser publicado no Japão em 2011 e é de autoria de Satoshi Wagahara com ilustrações de um artista conhecido como 029. Ela ainda está em andamento por lá, possuindo 19 volumes atualmente (viu como foi muito pouca coisa adaptada?).

No ocidente, a light novel está em publicação apenas nos Estados Unidos pela Yenpress (se você domina o idioma, pode comprá-la na Amazon, clicando aqui). No Brasil, nem o animê está disponível oficialmente, de modo que você só pode assistir por meios alternativos.

Sinopse: Satan, o Rei-Demônio está prestes a conquistar o mundo de Ente Isla, mas quando ele acha que tudo dará certo, a grande heroína Emília aparece e o derrota, mandando ele e seus asseclas para uma outra dimensão. A outra dimensão em que Satan e seu aliado Alsiel foram parar era nada mais nada menos que a Terra. Para se adequar a viva humana os dois assumem outras identidades e enquanto Satan arranja um emprego em uma famosa rede de Fast-Foods, seu fiel escudeiro fica com a missão de tentar descobrir uma maneira dos dois voltarem para Ente Isla.

Saekano


(Não confundir com Saikano, grato!).

É muito interessante como certos animês não chamam muito atenção da galera, mas mesmo assim conseguem ter algo que nos prende e nos faz querer mostrar ele para  todo mundo, pois a gente acha que mais gente precisa apreciar. Esse é o caso de Saekano.

Saekano é uma história que acompanha um rapaz e um grupo de meninas e a primeira e única coisa que você pode pensar é que se tratará apenas de um harém genérico. Quando você vê o episódio 0 (sim, episódio 0) essa sensação aumenta e o modo como diversas cenas eram apresentadas (focando no corpo das meninas) certamente faz pessoas se distanciarem e pegarem aversão àquele desenho logo de cara.

Saekano – 1ª temporada. Foto: Crunchyroll

Mas quem perdura sempre alcança. Quem não desistiu foi presentado com um animê para lá de interessante sobre um otaku hardcore que decide criar um jogo e recruta um grupo de meninas de sua escola para lhe ajudar. Toda otaquice continua lá, as cenas mostrando os corpos das meninas, os arquétipos de personagens, etc, mas a história é muito mais do que isso apresentando uma narrativa divertida e até mesmo bastante intensa e dramática em alguns momentos.

Saekano teve duas temporadas. A primeira está disponível oficialmente no Brasil com legendas em português pela Crunchyroll. A segunda está disponível no Amazon Prime Vídeo também apenas com legendas em português.

Saekano #13 (Final). Foto: Amazon Japão

Como as outras obras desta lista, Saekano (Saenai Kanojo no Sodatekata) nasceu originalmente como uma light novel. De autoria de Fumiaki Maruto e com ilustrações de Kurehito Misaki, a obra foi publicada entre 2012 e 2017 pela editora Fujimi Shobo, do grupo Kadokawa, sendo concluída em um total de 13 volumes. Infelizmente, a light novel é inédita em todo o ocidente.

Sinopse: Um dia, enquanto ele caminhava sob as flores de cerejeira, Tomoya Aki, um típico adolescente otaku, encontrou uma garota deslumbrante. Este encontro inspirou-a a criar a sua própria visual novel, um jogo de drama, cuja heroína principal é muito parecida com a garota que ele viu. Para tornar seu projeto uma realidade, Tomoya convence alguns amigos excêntricos a ajudá-la como Eriri Spencer Sawamura, membro de um clube de arte, e Utaha Kasumigaoka, a aluna mais talentosa da escola. Enquanto isso, Tomoya descobre que essa garota misteriosa que ele idolatra não é outra senão Megumi Kato, uma colega de classe que ele considera banal e chata e que, até então, ele praticamente nem sabia da existência! Mas isso não desencoraja o nosso otaku a criar o seu jogo, e ele continua determinado a dar à garota o papel principal em sua visual novel para transformá-la em uma perfeita namorada virtual…

The Saga of Tanya the Evil


Já comentei alguma vez por aqui que embora a animação de Tha Saga of Tanya the Evil não tenha entrado para a minha lista de obras favoritas, eu gostei muito do desenho. Era meio único ver aquele mundo em que uma garotinha liderava um batalhão, sendo que seu único desejo era uma vida de paz e quietude.

A obra, na verdade, é mais uma daquelas em que uma pessoa acaba parando em outro mundo por uma razão ou outra. Nesta um homem acaba morto e Deus decide que ele deveria renascer em um outro mundo como uma menininha. E a história inusitada acaba sendo um grande achado de histórias de guerra, em que um humano luta contra as artimanhas de um deus.

A adaptação em animê está disponível no Brasil de forma oficial pela Crunchyroll, tanto com legendas, quanto com dublagem em língua portuguesa.

Animê de “The Saga of Tanya the Evil”. Foto: Crunchyroll

The Saga of Tanya the Evil nasceu originalmente em 2013 como uma light novel escrita por Carlo Zen com ilustrações de Shinobu Shinotsuki. Ela é publicada no Japão pela editora Enterbrain e ainda está em publicação, atualmente com 11 volumes. No ocidente a light novel está sendo lançada apenas nos Estados Unidos (se souber o idioma, você pode comprar na Amazon, clicando aqui).

Tanya #01 (Light Novel). Foto: Amazon Japão

Se a obra original é difícil de aparecer no Brasil, a adaptação em mangá já foi anunciada pela editora Panini e começará a ser lançada por agora. Inicialmente eu não pretendia acompanhar, mas mudei de ideia com o tempo. Já que a obra original não deve vir, mas ler os quadrinhos…

Sinopse: As frentes de guerra mais severas foram varridas por um lutador imparável: seu nome é Tanya, uma menina que, apesar da idade e das aparências, acaba por ser uma comandante extremamente infeliz. Porém mais do que a dedicação à causa da guerra, o que move Tanya é o desejo ardente de fazer uma carreira para recuperar a vida (e as aparências) do passado, que lhe foram tiradas por um deus irascível…

Rascal Does Not Dream of Bunny Girl Senpai


Toda temporada mais e mais animês adaptados de light novels são lançados no Japão e a maioria absoluta não possui um fim propriamente dito. De modo que, para saber a história inteira, somente lendo a série de livros originais e se ela não aparece no Brasil… Fora que é fácil perceber em várias adaptações que muitas coisas foram modificadas ou apressadas e que na leitura dos livros certas passagens devem fazer mais sentido e serem mais desenvolvidas.

Recentemente aconteceu isso com Rascal Does Not Dream of Bunny Girl Senpai. Na história acompanhamos o protagonista Sakuta que se vê envolvido em uma série de misteriosos acontecimentos chamados por ele de Síndrome de Adolescência, no qual estranhos fenômenos acometem os jovens. Na história inicial, Sakuta conhece Mai (uma atriz juvenil e que estuda em sua escola) em uma ocasião em que ela está vestida de coelhinha. Por alguma razão, apenas ele consegue vê-la e ninguém mais. A animação é dividida em arcos e em cada um deles, Sakuta se vê diante de uma síndrome diferente em que ele termina por ter que resolver.

Animê de “Rascal Does Not Dream of Bunny Girl Senpai”. Foto: Crunchyroll

O animê deixa bastante evidente que Bunny Girl deve ter deixado de lado muitas coisas presentes na light novel que poderiam ser importantes. Não que não dê para ver o animê sem conhecer o original, mas há partes nitidamente que a leitura do livro nos aprofundaria em uma ou outra questão. Por esse motivo, eu gostaria dessa light novel no Brasil.

Bunny Girl (light novel). Foto: Amazon Japão.

Bunny Girl começou a ser publicado no Japão em 2014 pela editora ASCII Media Works e se estende até hoje, possuindo 9 volumes até o momento. De autoria de Hajime Kamoshida (mesmo autor de Sakurasou no Pet na Kanojo) e com ilustrações de Keiji Mizoguchi, cada volume da série possui um título diferente (ao estilo Haruhi Suzumiya) e Bunny Girl é apenas o nome do primeiro deles. A light novel é inédita em todo o ocidente até onde a gente sabe.

SinopseSíndrome da adolescência – experiências anormais que dizem ser causadas pela sensitividade e instabilidade comuns na adolescência. Este ano, Sakuta Azusagawa, um estudante do segundo ano de um colégio perto de Enoshima, conheceu várias garotas que estão sofrendo dessa “síndrome da puberdade.” Como, por exemplo, uma garota-coelhinho que ele conheceu na biblioteca. Ela é Mai Sakurajima, uma atriz que deu uma pausa na carreira, e também sua veterana no colégio. Por algum motivo, ninguém mais consegue ver essa encantadora garota. Como será que ela ficou invisível?

Essa foi a minha seleção de 5 light novels que eu gostaria muito que fossem lançadas no Brasil. Há mais? Certamente, muito mais, algumas, inclusive, que eu desejo mais do que estas cinco, porém por hoje estas daí estão de bom tamanho.

Os comentários estão abertos para você escrever a sua lista pessoal de 5 títulos que você quereria que as editoras brasileiras publicassem por aqui.^^

43 Comments

  • Boas indicações Kyon.

    Desconhecia The Devil Is a Part-Timer e Saekano, vou dar uma olhada neles, já as outras obras eu conheço. Queria muito que The Saga of Tanya the Evil viesse para cá, mas pelo visto vou ter que ler em inglês mesmo : /.

  • Ruan Harlley

    Minha lista para as novels que queria que fosse publicados aqui no Brasil.
    1. Mushoku Tensei
    2. Index
    3. Oregairu
    4. Mahouka
    5. Hataru Maou Sama!

  • RPM Souza

    Como sou uma vadia da Type Moon, não posso deixar de citar: Kara no Kyoukai! Apesar de ter deixado a visual novel de Fate Hollow Ataraxia de lado, depois de anos de espera pelo voice patch, pra terminar a faculdade, com certeza esse eu leria em questão de dias, durante as longas jornadas de ônibus!

    Talvez haja outra LN que eu não me lembre agora, mas Zero Eterno (mas ele é um livro comum acho) talvez seja uma das únicas que eu gostaria muito de ler.

    • D.D

      Li por aí que o Nasu não gostaria de ver seus trabalhos publicados em inglês, então imagino que isso afete o resto do mundo. Mas já que temos Fate Zero aqui, talvez Kara no Kyoukai tenha alguma chance.

      • ExMachinaXL

        Acho improvável. A NewPOP disse q Fate Zero não vendeu bem, e as outras editoras dificilmente iam trazer, primeiro pelo mercado de Novels ser bem nichado, e segundo, se Fate Zero vendeu pouco, dificil outra editora se arriscar a publicar aqui

    • MaouHero

      E “aversão” ao EP0 é meio exagerado, mas sei que tem gente assim.

  • Na lista de 2016 tinha só 2 possíveis, que era Toradora e Suzumiya, Suzumiya matou todas as chances já que o autor parou de lançar a LN.

    Dessa lista de agora 4 são possíveis, duvido muito que Saekano apareça por aqui, se aparecer vou achar que a editora ta doida, tem muita obra mais popular que ela, nem no EUA é tão pedida.

    Se é para arriscar, pega 86 ou alguma obra que não tem anime ainda, mas que vai ser muito popular no futuro.

    • MaouHero

      Acho que seria bom vir umas que não tem nem na gringa, Quero tantas novels que a chance de lançarem uma que eu gosto é altíssima.

  • D.D

    Existem diversas light novels que eu gostaria de ver por aqui, mas por não possuírem nem ao menos adaptação para animê não crio esperança alguma. Boogiepop e Alderamin on the Sky são duas que possuem adaptação e que eu daria tudo para ver publicadas aqui.
    Fico imaginando se a Darkside não se interessaria em entrar nesse mercado também. Não existem muitas LNs de terror e as de fantasia não parecem combinar com a editora, mas consigo imaginar algo como Fremd Torturchen sendo publicado por eles.

    • Mas acho que LN de suspense e sobrenatural como Baccano, DRRR!!! e talvez até Suzumiya combina com ela. Mas acho ela publicar mt improvável haushausa

  • Warick

    Eu queria magika no Kenshin, Hugh School dxd, index, konosuba e youjo senki.

  • iago de souza

    gostaria muito de MONOGATARI SERIES aqui no brasil de preferência pela new pop.

    • Koyomi

      Tudo que eu mais gostaria de ver na newpop, pena que é provavel que demorem bastante para anunciar, ou ate mesmo nunca seja anunciado e nunca chegue, mas sem duvida se monogatari lançasse, seria incrivel…

  • iago de souza

    gosto de isekai e sempre dou uma chance quando algum aparece, nessa temporada por exemplo vai ter kenja no mago e pretendo ver, não acho isekai tudo igual sempre tem algum muito interessante por temporada.

  • andersonel21

    Minha lista é menor, mas eu quero muito que elas venham pra cá: Ben-To, Accel World e Hataraku Maou-sama! As duas ultimas eu sei que são publicadas em inglês, mas Ben-To só tem em japonês e toda vez que eu lembro disso eu fico muito desanimado

  • Huro

    Seria um sonho ver Monogatari sendo publicada aqui no Brasil. Boogiepop também seria muito bem-vindo. E a Panini tá dando bobeira sem publicar a novel de Berserk…

  • Particularmente eu gostaria de todas as LN comentadas fossem publicadas aq no Br, mas entre elas, gostaria principalmente de Konosuba, Saekano e Bunny Girl
    Mas gostaria também que trouxessem outras obras que gosto muito, como Oregairu, Arifureta, Date a Live e Monogatari ( A LN que mais gostaria que trouxessem e que gastaria o dinheiro necessário para ter a coleção completa )

  • Pensando 5 numa ordem de quais eu mais queria:

    Golden Time
    Dantalian no Shoka
    Kyoukai no Kanata
    Kamisama No Memo-chou
    Kore Wa Zombie Desu-ka?

    Menção honrosa: Accel World que é muito melhor que SAO.

    • MaouHero

      Dantalian no shoka é ótimo. Strike the blood, que é do mesmo criador, também.

    • Mas Accel World tem nada a ver com SAO, Accel World é um “mecha” em um jogo virtual, e SAO são batalhas de espadas/armas em que ocorre um isekai (dentro de um jogo)
      Fora o fato de serem ambos dentro de um jogo, não vejo mais semelhanças e motivos para comparar os 2 ( mesmo que seja verdade que entre os 2 eu prefira Accel World )

      • Você sabe que ambos são do mesmo autor, certo?

        Inclusive, existe uma teoria entre os leitores de que o criador do Brain Buster é o Kirito e que a protagonista é filha dele. As datas até batem.

  • Alexsander Luiz

    Minha lista:

    1- Violet Evergarden
    2- Seishun Buta Yarou Series
    3- Sakurasou (mesmo autor de Bunny)
    4- Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e
    5- Golden Time

    Duas menções: Oregairu e a outra Rakudai Kishi no Cavalry

    Ps: alimento esperança somente para Violet, Golden Time
    E no caso se vir Bunny ou Sakurasou e se vender talvez venha a outra novel do autor.
    Youkoso eu sou bem com pé atrás quanto às chances dele vir pro Brasil

    • Lis D

      Um ponto muito a favor de Violet Evergarden é só ter 2 volumes, além de estar pra sair alguns extras do anime (ou seja, mais exposição pra galera lembrar que existe).
      Apesar de não ter ficado muito satisfeita com o anime, eu definitivamente leria a novel, talvez tenha um desenvolvimento melhor e o tom melodramático fique melhor em prosa.

      • Alexsander Luiz

        Quem leu a novel diz q ela é extremamente bem escrita, de forma q vc sinta mais emoções ao ler
        O drama e os personagens são melhores construidos
        Não li na net pq ainda estou na esperança de sair por aqui
        Principalmente pq ainda vai sair o filme em 2020, então Até lá eu vou manter minhas expectativas relativamente altas
        Quero MUITO essa novel.

      • Alexsander Luiz

        No caso são apenas 2 volumes, o outro é um Gaiden, não conta como parte da série principal
        Ou seja, melhor ainda, quanto menos volumes melhor
        E como já está encerrada isso só melhora as chances de vir
        Ao meu ver claro
        Sou muito esperançoso quanto a vinda de Violet Evergarden.

  • Emerson

    Pra mim gostaria de ver:
    Rakudai kishi
    Asterisk war
    High school DxD
    Campione
    Date a live

  • Lis D

    Hataru Maou Sama é um anime que tô a tempos pra ver, mas nunca me animo, tenho que ir atrás.

    Algumas novels que tenho vontade de ver por aqui são
    – Baccano: sempre quis saber como continua de onde o anime parou (não pego a edição americana por motivo$)
    – Monogatari: não vi o anime, mas li um pedaço da tradução da novel e me interessei pelo estilo
    – Violet Evergarden: não fiquei extremamente satisfeita com o anime, mas estou apostando de que a novel tem um desenvolvimento mais trabalhado e que o melodrama combine mais com o formato, além de só ter 2 volumes, não sendo uma aposta muito arriscada.

    Tô bem por fora do que anda tendo de novel e suas adaptações, então essas são as que me passam pela cabeça agora

  • Kauê

    As minhas 3 novels preferidas, Rokka no Yuusha, Grimgar of Fantasy and Ash e The Empty Box and Zeroth Maria, não sei se queria que fossem lançadas aqui porque já compro a americana, e como fã, eu compraria de novo, mas não to afim de gastar dinheiro assim :v
    Então os que eu mais gostaria ficam com Kagerou Daze, Hyouka/Koten-bu Series, o próprio Konosuba (que dai é o único que compraria) e Oregairu.

  • Paulo H. Felix

    Sem dúvidas queria:
    -Fate/Strange Fake: melhor fate para mim, li as 4 novels em inglês e bato palma para o quanto o Narita consegue escrever bem. Recomendo a todos os fãs da Type Moon.
    -Baccano: outra obra do Narita, estive comprando as edições americanas, mas não me encomodaria de comprar de novo caso saíssem aqui.
    -Kara no Kyoukai: para mim é o Nasu no seu ápice, sem dúvidas a melhor protagonista dque o Nasu escreveu, além de apresentar conceitos complexos que foram utilizados em outras obras, como a Espiral da Origem, Kara no Kyoukai possui um ótimo enredo com personagem muito fortes, especialmente na parte 5.
    -Umineko no Naku Koro ni: o que dizer de Umineko? Considerado a melhor Visual Novel já feita, ele foi escrito pelo mesmo cara que fez o Higurashi, outra obra fantástica. Entretanto, Umineko conseue desenvolver seus personagens de maneira incríveis, tendo uma ótima combinação de mistério, suspense, ação e elementos sobrenaturais. Francamento, ficaria feliz se saísse aqui ou a Light Novel dele, ou os mangás.
    -Konosuba: a obra de isekai que mais quero ver no Brasil, e olha que eu reclamo do nosso mercado de LN ser dominado por títulos isekai, mas honestamente ficaria muito feliz se ele fosse lançado aqui, por mim, a Newpop deveria ter pegado o Konosuba ao invés do Zero no Tsukaima, mas como não li essa obra, não posso julgar se é boa ou não. Só digo uma coisa: cadê Knosuba no Brasil!?

  • handa

    Além de alguns títulos que foram citados nos comentários (Durarara, OreGairu e Monogatari), eu gostaria de citar outras LN. Especificamente Gosick, Hibike! Euphonium e Ookami to Koushinryou. Se fossem lançadas aqui, eu gastaria feliz meu dinheiro nelas. Mas acho improvável, principalmente no caso das duas primeiras.

  • ExMachinaXL

    Na minha sincera opinião, a que tem mais chances de aparecer aqui, é Konosuba. E provavelmente viria pela NewPOP. A galera pede muito na page da Editora. Mas n sei, Novels mais desconhecidas já vieram pra cá, como Morte, e até Napping Princess, Lodoss War, q eu nunca ouvi falar. Quem sabe outras tbm apareçam por aqui

  • Homem-Jornal

    1-Kino no Tabi
    2-Boogiepop
    3-Que No.6 seja concluido
    Outros:
    Durarara
    Bacano
    Monogatari
    Hyouka
    Saga de Tanya

  • Bruno

    As novels que eu mais gostaria de ver aqui são Bem-Vindo à NHK! (É volume unico, foi re-lançada ano passado no Japão e ainda teve a adaptação em mangá lançada aqui pela Panini la pra 2010-2012), The Empty Box and Zeroth Maria (7 volumes, apesar de não ter adaptação, é bem popular no MyAnimeList e ja foi publicada nos EUA), Monogatari Series (Ta tendo a adaptação em mangá publicada aqui pela Panini, deve ser a com mais chances de sair aqui, Monogatari tem uma fandom enorme), e por fim, apesar de não ser uma light novel, a saga de livros de Legend of the Galactic Heroes publicada aqui seria um sonho

  • Vitória Dias Pontes

    Queria muito q viesse:
    Oregairu
    Youjitsu ou o nome em inglês: classroom of the elite
    Bunny girl senpai
    Sakurasou
    Violet evergarden
    Kyoukai no kanata

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: