Novos mangás pela Pipoca & Nanquim????? E a questão do novo formato de “Fruits Basket”

Alguns comentários sobre as notícias da semana…

Durante a semana, alguns mangás entraram em pré-venda e novas informações foram divulgadas sobre outros. Hoje viemos comentar um pouco sobre essas notícias…

  • Sexto volume de “The Ancient Magus Bride” em pré-venda

Para você que não viu, durante a semana o sexto volume de The Ancient Magus Bride, publicado pela editora Devir, entrou em pré-venda, na Amazon (clique aqui para comprar) e na Livraria da Travessa (clique aqui). Não houve reajuste de preço apesar de estar parado há um ano, continuando a custar R$ 28,00. Está previsto para ser lançado em setembro.

The Ancient Magus Bride é a única série de mais de um volume da editora, também o único a não fazer parte do selo Tsuru. Estou acompanhando a obra, mas está longe de ser um dos meus títulos favoritos, então eu não ligo para essas pausas enormes. Na verdade, eu não ligaria para as pausas nem se fosse um título que eu gostasse muito, afinal existe também a questão financeira, então quanto mais demorar um volume para sair, melhor.

De todo modo, gostaria muito que a editora fosse atrás de outra série mais longuinha, pois é muito limitante o mercado brasileiro de mangás ter apenas três empresas que publicam obras mais volumosas. Infelizmente, parece que por ora o investimento da editora será apenas no selo Tsuru com suas obras de volume único..

  • O formato de Fruits Basket

Durante a semana, a editora JBC divulgou a capa nacional de Fruits Basket, mas o que chamou a atenção foi o formato (as dimensões do mangá). Anteriormente, a editora havia divulgado que o formato do mangá seria o 13,2 x 20 cm, no entanto agora e empresa informou que ele sairá no 12,8 x 18,1 cm, parecido com a edição japonesa.

Para você que não conhece, ele é mais ou menos do tamanho de Citrus, da NewPOP. Ou seja, seu tamanho será maior do que os mangás Sailor Moon e GTO, mas menor do que The Ancient Magus Bride.

O grande X da questão é o acabamento. Já falei antes aqui no blog, mas para ele valer os R$ 52,90 cobrados, ele precisa ter um algo a mais, uma encadernação superior aos demais mangás. As características físicas (tipo de papel, sobrecapa, etc) mostram um bom acabamento, mas o problema é a questão da maleabilidade das páginas. Conseguiremos folhear, abrir e ler o mangá sem problemas? Ele tem cerca de 400 páginas por volume e se a gente já estava receoso quando o formato era o 13,2 x 20 cm, agora que será um pouco menor, o receio fica maior. Vamos ver como será a “era pós-Cassius” da JBC.

  • Novos mangás pela Pipoca & Nanquim?

Durante a semana, começou a pré-venda do novo mangá da editora Pipoca & Nanquim, O Preço da Desonra. Com cerca de 400 páginas seu preço será R$ 59,90, mas na pré-venda – até o dia 11 – estará custando R$ 41,90 na Amazon, clique aqui para comprar.

Diferentemente de Fruits Basket, O Preço da Desonra será em um formato maior 15,5 x 22 cm e terá costura interna, de modo que será fácil folhear o mangá. É um produto que, pelas características apresentadas, parece valer o preço cobrado mesmo sem qualquer desconto (para ter certeza, só com o produto em mãos).

A Pipoca & Nanquim não anunciou nenhum título novo, mas em vídeo postado em seu canal no Youtube, já deixou as portas abertas para diversos outros mangás. Em primeiro lugar, a editora deixou claro que se O Preço da Desonra for um enorme sucesso como ela espera que seja, a empresa tentará trazer mais obras do autor no futuro, para formar uma verdadeira coleção de Hiroshi Hirata no Brasil.

No mesmo vídeo, a editora ainda frisou que a coleção de mangás do Louvre (do qual Guardiões do Louvre, o primeiro mangá da Pipoca & Nanquim, faz parte) não foi abandonada e pode pintar surpresas em breve. Ou seja, a editora está de olho no Mujirushi, do Urasawa, no Rohan, do Hirohiko Arakai, e no Gatos do Louvre, do Taiyo Matsumoto.

Ainda preciso conhecer Hiroshi Hirata para ficar empolgado com a ideia de novos mangás dele enquanto consumidor, mas enquanto entusiasta do mercado brasileiro de mangás espero que O Preço da Desonra realmente seja um sucesso e a empresa traga mesmo vários obras do autor. Quanto mais mangás lançados no Brasil, melhor, principalmente se for por editoras alternativas.

Quanto aos mangás do Louvre, se qualquer um deles for anunciado no futuro já será algo bem interessante de se ler, mas eu – como aficionado por gatos – estou particularmente interessado pela obra do Taiyo Matsumoto. Faça acontecer, Pipoca & Nanquim^^.


Biblioteca Brasileiras de Mangás ou BBM é um blog que fala sobre o mercado brasileiro de mangás, postando notícias, dando algumas opiniões e fazendo resenhas. Vez ou outra, ainda postamos algumas matérias de curiosidades sobre o Brasil e o mundo.

6 Comments

  • Kassio Ribeiro

    Kyon, a panini anunciou uns novos mangás hoje, mandei msg pra pagina pelo FB.

  • Marcos Veríssimo

    Quanto ao tamanho 13,2 x 20 cm, achei na Saraiva o Battle Angel Alita que é nesse modelo e não achei tão pequeno assim quanto estão reclamando

    Mas aí com 400 páginas já não sei como fica um 12,8 x 18,1 cm

  • Reginaldo Pasta

    Eu gosto de formatinho, por mim podia encolher até mais (não que eu vá comprar Fuits Basket). Foda é que o valor não acompanha. O Preço da Desonra eu devo pegar com certeza. Lobo Solitário é o melhor manga da minha estante e estou sempre atrás de obras do gênero.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: