Novo mangá pela Panini: “Real”, de Takehiko Inoue

Basquete…

Na tarde desta quinta-feira, 18 de março de 2021, a editora Panini divulgou, por meio de uma live no Instagram, que publicará no Brasil o mangá Real, de Takehiko Inoue. O lançamento está previsto para julho.

Ele virá no formato 13,7 x 20 cm, capa cartonada simples, miolo em papel offset e páginas coloridas em couchê. O preço será R$ 29,90 e será lançado um volume por mês.

Em publicação desde 2001 na revista Young Jump, da Shueisha, o mangá vive em constantes pausas e recentemente recebeu o 15º volume, depois de quase 6 anos sem ganhar volume novo.

Sinopse: Real é a obra mais pessoal e experimental de Takehiko Inoue, autor de Vagabond e Slam Dunk. Vencedora do prêmio de arte do Media Arts Festival em 2001, a obra conta uma história baseada no basquete, mas de um ponto de vista completamente diferente. A trama centra-se em três personagens muito envolvidos com o esporte, sendo que cada um deles está imerso em um mundo completamente diferente, mas que está intimamente ligado de alguma maneira com os outros dois. Por um lado, temos Nomiya Tomomi , um punk que perdeu a oportunidade de jogar basquete depois de ser expulso de seu instituto. Temos também Togawa Kiyoharu , um atleta que está confinado a uma cadeira de rodas devido a uma doença óssea rara. E , finalmente, temos Hisanobu Takasahi, estudante arrogante que agora ocupa o cargo de chefe do instituto que Tomomi foi expulso. 

7 Comments

  • Acho que irei abrir exceção (ou pegar pelo menos a primeira edição). Abandonei de vez os mangás, mas as obras do Takehiko Inoue merecem demais. Agora só falta Billy Bat do Urasawa.

  • Eduardo

    Nossa…se ele levou quase 6 anos para publicar um volume depois de seus sequência…imagina quando pretende acabar…teve nem capacidade de acabar com Vagabond…mais uma obra para colecionar ao hiato eterno, feliz…mas puto!

  • Bruno

    Muito feliz com o anúncio!!! Adoro as obras do Takehiko Inoue, principalmente Slam Dunk. Preferiria que fosse bimestral e não mensal, acho mais fácil de acompanhar, ainda mais que a série não é pequena. Espero que tenha assinatura.

  • erik pereira

    esse é uma compra obrigatória… nem que eu tenha que cancelar alguma coleção que to fazendo… as obras do takehiko inoue nunca são demais na estante, é uma necessidade básica de todo colecionador kkkkkkk

  • Rael

    MDS Tô surtando com um misto de alegria e ódio.
    Não queria começar mais nenhuma coleção da Panini pra esse ano, falhei novamente haha

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: