Qual o mangá publicado mais rapidamente no Brasil?

Saiu no Japão e no minuto seguinte estava no Brasil

No mês passado, tivemos o lançamento do guide book The Ghost In The Shell – Perfect Book, pela editora JBC, uma guia com informações sobre todos os animês da franquia e do filme de 2017. O que chamou a atenção foi a vinda rápida desse título, em simultâneo com o Japão. No oriente, a obra foi lançada dia 31 de março, aqui nos primeiros dias de abril.

Mas The Ghost In The Shell – Perfect Book é um guide book e não um mangá. Qual então seria o mangá a ser publicado mais rápido no Brasil? Realizamos uma pesquisa e chegamos ao resultado. Trata-se de Resident Evil – Biohazard: Marhawa Desire, de Naoki Serizawa, publicado no Brasil pela editora Panini.

O título teve seu primeiro capítulo publicado em fevereiro de 2012 nas páginas da revista Shonen Champion, da Akita  shoten. Em junho do mesmo ano foi lançado no Japão o primeiro volume encadernado. E o título chegou ao Brasil também em junho de 2012 O_o. Um lançamento simultâneo e único até hoje. Foram cerca de 20 dias de diferença entre um país e outro. Surreal…

A obra foi concluída em 5 volumes, mas nenhum dos outros tomos foi publicado simultaneamente no Brasil. Mesmo assim Resident Evil – Biohazard: Marhawa Desire fica para a história como o mangá a ser lançado em nosso país com a menor distância do início da publicação japonesa. Desde então, porém, a Panini nunca mais lançou um mangá de forma simultânea.

A título de curiosidade, esse lançamento simultâneo não ocorreu apenas no Brasil. Na França, a editora Kurokawa também lançou o mangá com pouca diferença para o Japão.

Confiram as datas de publicação dos volumes no Japão, no Brasil e na França:

Japão Brasil França
Volume 1 Junho de 2012 Junho de 2012 Junho de 2012
Volume 2 Outubro de 2012 Janeiro de 2013 Dezembro de 2012
Volume 3 Janeiro de 2013 Maio de 2013 Maio de 2013
Volume 4 Maio de 2013 Setembro de 2013 Outubro de 2013
Volume 5 Outubro de 2013 Fevereiro de 2014 Março de 2014

***

Sabia dessa curiosidade, leitor?^^

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

BBM

8 Comments

  • João Vitor

    Vai ser difícil uma editora quebrar esse recorde ou até mesmo a Panini repetir esse feito novamente.

  • Bruno

    Quando divulgaram esse mangá, o que falaram sobre a periodicidade? Que simplesmente não tinha?

    Isso é basicamente​ um mangá já começar a publicação em hiato

  • Mugi-chin

    Eu acho que se isso se repetisse com um pouco mais de frequência com séries mais novas (claro que dificilmente com a mesma rapidez que foi esse do post) seria uma boa “saída” para que tivéssemos uma maior quantidade de títulos aqui no BR sem precisar se enforcar com os gastos.
    Claro que haveria o mimimi sobre periodicidade, mas se fosse feito de maneira planejada, seria possível uma publicação regular, tipo com periodicidade semestral.
    Além disso seria uma boa oportunidade pra editora fazer “testes” com certos títulos, sabendo que nesse caso, os volumes são negociados de forma unitária.

    • @Mugi-chin, achei sua ideia bem interessante. Realmente uma publicação regular semestral poderia dar certo e não enforcaria a galera, e não nos faria também escolher entre este e aquele título diante de 20 ou 30 obras mensais…

    • Sim, o 14. E acho que o 13 também. Mas não o 1^^. A ideia era mostrar o mangá que assim que saiu o primeiro volume no Japão, saiu no Brasil também.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: