NI 185 . No Japão: Novel de “Nadja”, artbook de Ken Akamatsu e outras notícias internacionais…

Notícias inesperadas…

O nosso compilado de notícias internacionais de hoje fala de um dos nomes creditados em Sakura Wars (futuro lançamento da JBC), e dos autores de Love Hina e Love in the Hell. Ainda falamos de um inesperado lançamento de uma novel de uma obra já meio antiga. Vejamos em detalhes:

***

 


Artbook de Ken Akamatsu

Além do primeiro databook de UQ Holder!, o mangaká Ken Akamatsu lançará também um artbook em outubro. Não encontramos informações mais detalhadas sobre essa publicação, mas seu preço já está definido: será de 2500 ienes (o que dá mais ou menos 72 reais pela cotação de hoje, sem contar os impostos).


Reiji Suzumaru lançará novo mangá

O autor Reiji Suzumaru lançará um novo mangá no Japão intitulado Aejuma-sama no Gakkô. Ele sairá no próximo dia 2 de setembro no site Shonen Jump +, da editora Shueisha.

Segundo nossa tradutora Roses, aqui do BBM, a sinopse é bastante vaga como costumam ser todas as obras japonesas, mas a história se passará em uma escola com monstros, após o protagonista ser sequestrado (?). A pergunta que se faz é: seria a juventude ou a prisão?

Suzumaru é o autor do mangá Love in the hell, publicado no Brasil pela editora JBC.


Famoso mangá de Kosuke Fujishima ganha edição deluxe no Japão

O mangá Aa! Megami-sama, de Kosuke Fujishima  (um dos nomes creditados em Sakura Wars, futuro lançamento da JBC), irá ganhar uma versão deluxe no Japão. Essa nova edição custará 1300 Ienes (+- R$ 37) e será lançada dia 23 de outubro. Não encontramos informações de periodicidade ou o número de volumes desta nova edição.

O mangá é inédito no Brasil e deve permanecer assim em nossa opinião. Concluído em 48 volumes, a obra não goza de tanta popularidade em nosso país. A única coisa de Aa! Megami-sama a aparecer por aqui foi a série de 5 OVAS e ela teve, em nossa opinião, a pior tradução de dublagem de toda história dos animês no Brasil, ao ponto de algumas falas ficarem totalmente sem sentido para quem não conhece nada do Japão…


Novel de Ashita no Nadja no Japão

Será lançado no Japão pela editora Kodansha no próximo dia 12 setembro uma novel de Ashita no Nadja, intitulada Ashita no Nadja – 16-sai no Tabidachi. A história do novo romance se passará três anos após o fim da sérieA novel (capa acima) já se encontra em pré-venda nas lojas onlines do Japão pelo preço de 734 ienes (+- R$22). A história foi escrita por Tomoku Kanparu, roteirista da série, e as ilustrações foram feitas por Kazuto Nakazawa.

Ashita no Nadja foi um animê de 50 episódios produzido pela Toei Animation e foi ao ar entre 2003 e 2004. A história é um melodrama novelesco no qual acompanhamos a sofrida, mas alegre vida da orfã Nadja Campo das Maçãs descobrindo seu primeiro amor e procurando sua mãe na Europa por volta de 1900. A animação passou dublada no Brasil na televisão por assinatura.

A obra ainda gerou um mangá em 2003 que foi publicado paralelamente à exibição do anime na revista shoujo Nakayoshi, da Kodansha, e teve ao todo 2 volumes. O mangá é inédito no Brasil. Chegamos a pesquisar, mas não encontramos dados da publicação do título em outros países ocidentais.

Dificilmente a novel chegará no Brasil, mas não deixa de ser uma notícia para lá de interessante para os fãs da série.

***

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

5 Comments

  • Roses

    Disclaimer: Meu japonês é de ensino fundamental u.u’ Contratamos tradutores de verdade (?)

  • Sobre a edição de luxo de Aa Megami-sama acho legal, a obra durou um bom tempo e certamente no Japão deve ser lembrada por muita gente. Não cheguei a assistir o anime dublado, mas vi na época por fansubs de VHS e achei simpática a história.
    Sobre a novel de Ashita no Nadja, gente é impressão minha ou um monte de animes e mangás estão ganhando novels? Não seria interessante uma BBM lista sobre isso?
    Não cheguei a ver o anime [2], mas simpatizo com história que parece novelão, haha!

  • Francisco

    As capas de UQholder são lindas, nem leio o mangá, mas talvez eu compre esse artbook

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: