BBM Lista – 5 mangás de esporte que você poderia estar comprando se soubesse italiano

E se você tivesse dinheiro para importar…

O POST A SEGUIR FOI PUBLICADO EM OUTUBRO DE 2017. NÃO FORAM FEITAS ATUALIZAÇÕES NO TEXTO DESDE ENTÃO. LOGO, VOCÊ PODE ENCONTRAR INFORMAÇÕES ATUALMENTE INCORRETAS, COMO O NÚMERO DE VOLUMES DE HAIKYUU!!!. SABENDO ISSO, PODE LER O POST SEM PROBLEMAS^^.

Você, leitor, sabe quantos mangás de esporte já foram lançados no Brasil? Pouquíssimos. O blog BBM considera apenas 4, mas outras pessoas, baseados em outros critérios, consideram alguns outros como Speed Racers ou mesmo Hikaru no go, mas independente do critério o número é minimo e não passa de dez obras. O resultado disso é que muitos títulos famosos ou, pelo menos, bastante reconhecidos por sua qualidade acabam não chegando ao Brasil simplesmente por serem mangás de esporte.

Então, se você deseja apreciar mais títulos de forma oficial uma boa opção é a importação. Hoje falaremos do mercado italiano de mangás, apresentando cinco mangás de esporte publicados no país e que você já poderia estar comprando se soubesse o idioma…

Mas por que a Itália? Porque o Brasil tem um histórico bem grande de imigrantes italianos, com diversas comunidades espalhadas pelo país. Além disso, o idioma não é tão difícil quanto parece, possuindo muitas semelhanças com o nosso em termos de estrutura e mesmo de significado de palavras. Inclusive, na Itália, existem alguns dialetos que se você ouvir vai jurar que as pessoas estão falando português, só que “errado”.

Outro fator para escolhemos a Itália diz respeito aos preços. Se você comprar em grande quantidade, os mangás italianos, mesmo com frete, tendem a ser os mais baratos que você poderá adquirir do exterior superando os títulos da Espanha e mesmo dos Estados Unidos.

Feitos esses esclarecimentos, vamos à lista. Serão 5 mangás, sendo 5 esportes diferentes^^:

***

Kokou no hito (The Climber)

De Shinichi Sakamoto e outros. Completo em 17 volumes. O mangá é um título de esporte muito diferente do usual, pois fala sobre escaladas^^. Na história acompanhamos a vida de Moru Buntarou e a paixão dele por subir montanhas. O início é um tanto quanto clichê demais, não destoando em nada de quaisquer outros títulos que focam em competições, mas a história evolui em um crescendo, tornando-se espetacular.

Esse é um título que você só conseguirá ler oficialmente em um idioma mais “fácil” se importar da Itália ou da França. Até onde sabemos, o título permanece inédito nos Estados Unidos, Espanha e outros países ocidentais. No Brasil, também é inédito e deve permanecer inédito, afinal não é um título muito popular.

Sinopse: Em seu primeiro dia de aula, Mori Buntarou é desafiado a escalar o edifício da escola. Embora relutante pelas possíveis consequências, ele cumpre o desafio, o que lhe dá uma sensação de realização que jamais sentiu em sua vida, dando origem a uma paixão pelo alpinismo. Conforme a história prossegue, acompanhamos seu avanço nesse mundo assim como somos apresentados ao estado psicológico do protagonista e todas suas incertezas.

Se você tem curiosidade para saber um pouco mais sobre essa obra, indico os sites pelos quais conheci a obra e que me motivaram a ler o título: uma postagem Chuva de Nanquim e os podcasts do Ao Quadrado (Aqui, aqui, aqui e aqui).


Captain Tsubasa (Super Campeões)

De Yoichi Takahashi. Completo em 37 volumes. Esse é um clássico da Shonen Jump dos anos 1980 e conhecido no Brasil devido à animação que passou na rede Manchete de televisão sob o nome de Super Campeões. Na história acompanhamos a vida de Oliver e os desafios dele no futebol.

O título foi publicado em diversos países que tem uma forte paixão por futebol, mas somente na Itália o mangá ganhou uma edição deluxe diminuindo os 37 volumes originais para apenas 21 e ela seria a edição mais recomendada para a importação. Como dificilmente uma editora apostará nesse título no Brasil, comprar uma versão estrangeira é o melhor que os fãs devem fazer.

Vale lembrar que Captain Tsubasa possui continuações sendo feitas até hoje, mas a Shueisha atualmente não libera a licença delas para fora do Japão por causa das marcas existentes no mangá…

Sinopse: O mangá conta a história de um jovem e ambicioso campeão japonês que, depois de crescer na equipe da escola da cidade, decide deixar o Japão para se aventurar no campeonato brasileiro e depois para a Europa, com o objetivo de ganhar o mundo com a seleção japonesa.

Touch

De Mitsuru Adachi, completo em 26 volumes. Touch é um dos mangás de baseball mais famosos de Mitsuru Adachi (autor de Aventuras de menino) e um clássico dos anos 1980 da revista Shonen Sunday. O título acompanha a vida de dois irmãos gêmeos e uma garota em meio à escola ao clube escolar de baseball.

Assim como Kokou no Hito, Touch só pode ser lido de forma oficial se você importar da Itália ou da França. Entretanto a versão italiana mais recente, lançada a partir de 2016, é uma Perfect Edition, reduzindo os 26 volumes para apenas 12 tomos, por isso é a mais recomendada. Pelo fato de o baseball ser praticamente desconhecido no Brasil, não existem chances reais de o mangá chegar ao país, então importar é a melhor solução.

Sinopse: Kazuya e Tatsuya são dois gêmeos quase indistinguíveis, mas com personalidades opostas: o primeiro é um estudante modelo, um campeão da equipe de beisebol da escola, o último é preguiçoso e indolente no estudo e no esporte. Na mesma classe deles também está Minami, uma amiga de infância com quem compartilham alegria e tristeza.

Ashita no Joe

De Asao Takamori e Tetsuiya Chiva. Completo em 20 volumes. Mangá clássico de box, Ashita no joe é um ícone dos mangás de esporte e um dos mais famosos e influentes da história. Apesar disso, o título nunca foi popular em muitos países, tendo sido lançado oficialmente apenas na Itália e na França, ao que se sabe.

Agora em 2017, a editora italiana Star Comics começou a relançar o mangá em uma Perfect Edition reduzindo os 20 volumes originais para apenas 13. As chances desse título sair no Brasil são praticamente nulas, então se você deseja esse título, aprender italiano e importar essa edição é o melhor que você pode fazer^^.

Sinopse: Ao escapar de um orfanato da cidade de Tóquio, Joe Yabuki começa a vagar sem rumo pelas terras mais baixas e miseráveis da cidade. Nesse ínterim, Joe termina por se encontrar com Danpei, um ex-boxeador que agora vive nas ruas e que vê potencial no garoto de se tornar um pugilista. Entretanto, devido a pequenos crimes Joe é enviado para a prisão, onde conhece Toru Rikishi, um boxeador promissor que o nocauteia com o único golpe. Lentamente, porém, o rapaz consegue perceber seu próprio potencial e passa a treinar com um único objetivo, derrotar Toru Rikishi.

Haikyuu!!

De Haruichi Furudate. Ainda em andamento no Japão com 28 volumes. De todos os mangás aqui listados, ele é o único com chances reais de aparecer no Brasil devido à popularidade que ele tem. É um mangá atual, publicado na Shonen Jump e que ficou bem mais conhecido devido à adaptação para animê, então é natural que mais cedo ou mais tarde apareça. O mangá é de voleibol e é considerado por muitos como um dos melhores mangás de esporte, sendo, volta e meia, comparado com Slam Dunk em termos de qualidade.

O título já é publicado nos Estados Unidos (de onde as pessoas costumam importar), porém a versão italiana está mais adiantada com o volume 21 previsto para este mês de outubro (na América está para ser publicado apenas o 16). Importando todos de uma vez sai mais barato do que comprar a versão americana.

Sinopse: Um acontecimento fortuito desperta em Hinata Shouyou uma paixão pelo Voleibol: quando criança, Hinata assistiu a uma partida de vôlei e ficou encantado pelo esporte. Todavia ninguém se interessava muito pelo esporte em sua escola e quando finalmente entrou em quadra, o time de Shouyou acabou derrotado e humilhado por Kagekyama Tobio, conhecido como o Rei da Quadra. Jurando vingança, Hinata Shouyou entra no colégio Karasuno e busca treinar para poder enfrentar o seu rival de igual para igual. Conseguirá ele realizar o seu desejo?

Se você começar a importar mangás da Itália, tenha ciência de que pode ser um caminho sem volta. Depois que você comprar pela primeira vez e começar a pesquisar os títulos, estará gastando 300 reais todo mês para ter os seus títulos preferidos e nem sentirá culpa^^.

Anúncios

17 comentários

  1. Ah, Kokou no Hito… É um dos mangás mais underrated de todos os tempos, com certeza.

    Quem lê ama, recomenda pra todo mundo, mas mesmo assim um público grande NUNCA leem. Já cansei de recomendar ele pros outros, todo mundo fala que vai ler e nunca lê. Fico irritado até porque é uma das obras mais parecidas com Oyasumi Punpun disponíveis por aí, e mesmo Punpun tendo uma fanbase grande todo mundo parece ter preguiça de tentar Kokou no Hito.

    Fica aqui meu apelo: leem essa budega e pressionem as editoras pra trazerem ele pro Brasil algum dia (embora eu sei que nunca vão).

    Curtido por 1 pessoa

  2. – Se futebol americano é mais popular que baseball por aqui e nunca falaram em Eyeshield 21 no BR, que dirá baseball com Touch…=|
    Do autor, é mais fácil aparecer Cross Game (também numa edição com menos volumes) do que Touch.
    – Ashita no Joe eu também acredito, num futuro beeem distante, tal como o @Leeitee. =)
    – The Climber, numa edição com menos volumes e pela JBC, pode ser, pois já é finalizado e originalmente tem menos de 20 volumes, mas depende muito das pessoas ficarem importunando o Cassius…
    – Apesar de ter passado 2 animes da franquia por aqui, Captain Tsubasa não é um mangá de futebol que atrai o público em geral daqui, para este fim seria mais fácil Giant Killing, mas infelizmente GK parece não ter sido exportado para nenhum outro lugar do mundo, e para piorar a situação, já tem 44 volumes e segue em andamento…=|
    – Haikyuu!!, apesar de (teoricamente) ser o mangá com mais chances de aparecer aqui, não só pelos animes mas pelo esporte em si, pois a Seleção Brasileira nas últimas 4 Olimpíadas tem 2 Ouros e 2 Pratas, e nos últimos 4 Campeonatos Mundiais tem 3 títulos e 1 vice-campeonato, (fora os títulos das Ligas Mundiais), o mangá já tem 28 volumes e nada de final por enquanto. Não acredito que apareça, pois deve estar longe de terminar…

    Curtir

    1. “Giant Killing” é lançado na própria Itália pela Panini. Pensei em listá-lo aqui, mas como tinha “Capitain Tsubasa” e eu queria falar de 5 esportes diferentes, preferi este. Fora eles, Há ainda mais um ou dois mangás de futebol lançados na Itália, se me lembro bem. Não acredito em GK no Brasil também…

      Eu acho que “Haikyuu” vem pela Panini em algum momento. Por ele ser muito famoso, a quantidade de volumes não importará tanto, ainda que não tenha previsão de fim. Eu acho que ele só não vem se “Kuroko no basket” foi um fracasso e se “Slam Dunk” não está vendendo bem. Se ocorreu essas duas coisas, fará a Panini ter a imagem de que mangás de esporte realmente não vendem e aí eles não trarão Haikyuu.

      Curtir

      1. Haha, sobre a publicação de GK em outros países, ainda bem que não esqueci de colocar o “PARECE” ali, pois não tinha certeza se da NÃO publicação dele fora do Japão. Valeu por tirar a dúvida, @Kyon. =)

        Acho que estes esportes coletivos de mais torcida e audiência por aqui, como futebol, basquete e vôlei, são muito puxados pelas nossas seleções, e é mais por isto que acredito que o vôlei tenha passado o basquete nisto e Haikyuu!! tenha chance. Além disto, Haikyuu!! é meio que um misto de KNB (em relação aos bishounens) e Slam Dunk (mostrar o esporte de maneira séria). Se for por isto, acredito piamente que venha (e pela Panini mesmo), mas acho que a cada volume novo de Haikyuu!! que sai no Japão a chance de vir vai ficando mais distante…
        Slam Dunk é um título de caso bem específico, não entra na métrica geral… por isto que não acho que dê para se pautar muito ele, e KNB é aquilo… é um DBZ com basquete no meio…
        Brasileiros que curtem (o) esporte dificilmente gostam de mangá/quadrinhos/etc.; e otakus-br que gostam de esporte são poucos comparados a quem gosta de outros gêneros de mangás. Por tudo isto que no fim das contas não acredito que Haikyuu!! apareça.

        Agora, aproveitando, você sabe onde mundo afora Yawara é publicado?

        Curtir

  3. Haikyuu é questão de tempo pra chegar ao Brasil, pela Panini.

    Kokou no Hito acredito que virá em 2019, logo após o término de Innocent (fruto daquelas vendas casadas das editoras japonesas…).

    Ashita no Joe tenho esperança que a JBC ou a NEWPOP a tragam no futuro… após Hokuto no Ken ou depois de GTO, quem sabe? Posso sonhar xD

    Curtir

    1. Aliás, seria interessante um post sobre o tema “Vendas casadas das editoras japonesas”, pois sabemos que vários títulos publicados no Brasil chegam a partir desse tipo de negociação, como frisou o Sidney Gusman neste vídeo (ele disse que queria Dragon Ball e a editora o “obrigou” a escolher mais 2 mangás pra publicar… aí ele trouxe o mangá de Cavaleiros do Zodíaco e Fushigi Yugi, pra antiga Conrad) –


      Exemplos:
      – Coin Laundry Lady e em seguida o Another Zero com o Box (e os vários mangás “do mesmo autor de Another”);
      – DNA² antes de Zetman
      – Republicação do Death Note How to Read e em seguida publicação de Platinum End.
      – O mangá Lobo Solitário junto com o Novo Lobo Solitário.
      – O mangá Gigantomachia, do Kentaro Miura, e a republicação de Berserk.
      – Kuroko no Basket e em seguida Slam Dunk (são de autores diferentes, ok, mas no caso o Kuroko seria um teste pra ver se ia dar certo, pra republicarem o Slam Dunk posteriormente).
      – Republicação de Dr. Slump para possível futura publicação de Dragon Ball Super
      Enfim posso estar viajando… mas me parece plausível.

      Curtir

  4. Que capa feia do Tsubasa!!! Jesus me chicoteia, não tem como elogiar, os elementos da capa estão muito mal posicionados!!!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s