NI 215. Novo mangá de Naoki Urasawa será uma série curta

E outras notícias internacionais…

Como quase todo sábado, hoje é dia de um compilado de notícias internacionais. A ideia dessa postagem é mostrar a vocês algumas informações menos importantes para o mercado nacional de mangás que foram divulgadas durante a semana, mas que de algum modo possam interessar aos consumidores brasileiros.

Hoja falamos de tiragens de One Piece, Pluto, além de comentar sobre o novo mangá de Naoki Urasawa e sobre o livro em homenagem aos dez anos de To-Love Ru. Vejamos em detalhes:

***

One Piece atinge a marca de 430 milhões de cópias impressas

Uma das notícias que mais agitou a semana foi a nova marca de One Piece. O mangá atingiu os 430 milhões de exemplares impressos em todo o mundo, dando uma média 5 milhões por volume. Dos 430 milhões, 360 estão no Japão, enquanto 70 estão no exterior.

Vale lembrar que isso é o número de cópias impressas e não de vendas, mesmo assim é um número absoluto e impressionante. Parece não haver limites para a obra de Eiichiro Oda.


Tiragem de Pluto

No mundo dos normais, alguns mangás também tiveram a divulgação de tiragem esta semana. Um deles foi Pluto, de Naoki Urasawa. O mangá, que sairá em dezembro pela Panini, possui 8,5 milhões de exemplares no Japão, média de pouco mais de um milhão por volume.


Mujirushi deverá ser uma série curta

Ainda falando de Naoki Urasawa, nesta semana foi revelado que o novo mangá do autor, Mujirushi, que estreou ontem, dia 20, na revista Big Comic Original (Shogakukan), deverá ser uma série curta, provavelmente não passando de dois ou três volumes. Vale lembrar que, como já comentamos aqui há várias semanas, esse mangá fará parte de um projeto especial em colaboração com o museu do Louvre, de Paris.

Sinopse: Um homem desesperado após ter perdido tudo, prestes a cometer suicídio junto a sua filha, encontra um corvo com um pedaço de papel grudado nele. O corvo voa e parece pedir para que o homem o siga. Ele vai e aí…

22 artistas participam de livro de aniversário de To-Love Ru

Será lançado no próximo dia 2 de novembro um livro intitulado To Love-ru Trouble Series 10-Shûnen Anniversary Book Trouble Chronicle, em homenagem aos dez anos da série de Saki Hasemi e Kentaro Yabuki. O livro conterá dois capítulos especiais de To-Love Ru Darkness publicados após o fim do mangá, a cronologia da série, algumas ilustrações coloridas que não estavam nos artbooks, entre outros. O livro terá 182 páginas e custará 3240 ienes (aproximadamente 91 reais).

O mais interessante do livro é que 22 artistas contribuirão com ilustrações para esse livro em homenagem à série. São eles (em negrito os mangakás que já tiveram obras publicadas no Brasil):

  • Akira TORIYAMA (Dragon Ball, Dr. Slump)
  • Eiichiro ODA (One Piece)
  • Takeshi OBATA (Death Note)
  • Rumiko TAKAHASHI (Ranma 1/2Inuyasha)
  • Hirohiko ARAKI (Jojo’s Bizarre Adventure)
  • Hajime ISAYAMA (Ataque dos titãs)
  • Masakazu KATSURA (Video Girl AiZetman)
  • Nobuhiro WATSUKI (Rurouni Kenshin)
  • Yusuke MURATA (One-Punch Man)
  • Yoshiaki SUKENO (Twin Star Exorcists)
  • Osamu AKIMOTO (KochiKame)
  • Kei ISHI (TiTiKEi )
  • Ippongi BANG (Ippongi Bang no Campus Nikki)
  • Yuichi OKA (character designer de l’animé To Love-ru)
  • Ryoma KITADA (Dokyu Hentai HxEros)
  • Yuki SATO (Friends Games)
  • Takashi SHIINA (Zettai Karen Children)
  • Hiroshi SHIIBASHI (Nura – a ascenção do Clã das sombras)
  • Kenta SHINOHARA (Sket Dance)
  • Hideaki SORACHI (Gintama)
  • Tadatochi FUJIMAKI (Kuroko no basket)
  • Takuma YOKOTA (Sesuji wo Pin! to ~Shikako Kyogi Dance-bu e Yokoso~)

To-Love Ru foi publicado originalmente no Japão entre 2006 e 2009 nas páginas da revista Weekly Shonen Jump, da Shueisha, sendo concluído em 18 volumes. Posteriormente, a série ganhou uma continuação (To-Love Ru Darkness) na revista Jump Square, também da Shueisha, sendo concluído também em 18 volumes.

No Brasil, a primeira série de To-Love Ru está sendo publicada pela editora JBC.

 

***

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

Com informações de Manga Mag (1), (2), (3) e (4)

2 Comments

  • Sobre OP, acho meio surreal/incrível, que das 430 milhões de cópias impressas, apenas “70” milhões estejam no exterior… A diferença para o tanto de cópias impressas no Japão é muito muito muito absurda…

    Já sobre Pluto, para um mangá do mundo dos normais, 1 milhão por volume de média é uma tiragem excelente. Espero que tenha vendido quase tanto quanto foi impresso. =)

    Livrinho caro este de To-Love Ru, hein?!…rs
    Acho que o tanto de artistas renomados participando da bagaça deve ter influenciado…rs

  • Rafhael Victor

    “(em negrito os mangakás que já tiveram obras publicadas no Brasil):
    […]
    Hirohiko ARAKI (Jojo’s Bizarre Adventure) [não negrito]”

    Triggeredt

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: