Comparando mercados de mangás – Março de 2018

Precisamos sempre ver o que acontece em outros países…

Hoje apresentamos nossa terceira postagem da série Comparando Mercado de Mangás em que apresentamos a vocês alguns dados sobre o mercado em vários países ocidentais.

Essa série tem como objetivo mostrar o número de volumes publicados e as novidades, ou seja os novos títulos que começaram a sair em cada país. O primeiro tópico servirá para você acompanhar mensalmente a evolução ou não dos mercados de mangás e o segundo para você ver o que de semelhante e de diferente começou a sair em outros territórios.

A postagem referente a um dado mês sempre sairá no mês seguinte, visto que temos que esperar a confirmação de lançamentos em alguns países. Os dados do Brasil, porém, seguirão os dados dos checklists e não efetivamente aos lançamentos.

Dito isto, vamos à postagem:


NÚMERO DE VOLUMES LANÇADOS EM MARÇO


  • França: 149 volumes
  • Itália: 135 volumes
  • Estados Unidos: 89 volumes
  • Espanha: 80 volumes
  • Alemanha: 78 volumes
  • Brasil: 39 volumes
  • México: 37 volumes
  • Polônia: 30 volumes
  • Argentina: 21 volumes
  • Colômbia: 21 volumes
  • Portugal: 2 volumes

Em março, França e Itália mantiveram-se como os dois maiores mercados de mangás do ocidente com mais de 100 volumes lançados cada um. Os Estados Unidos mantiveram-se em terceiro com 89 volumes e pelo segundo mês seguido a Espanha aparece em quarto lugar, tendo superado a Alemanha. Entretanto, é preciso ficar claro que não contabilizamos novels na Alemanha, enquanto nos Estados Unidos e na Espanha sim. Em se tratando apenas de mangás, esses três países estão muito próximos.

Fora esses 5 grandes mercados de mangás, Brasil e México continuam sua “disputa” para ver quem é o maior dentre os menores^^. Em fevereiro, o México teve mais publicações do que o Brasil, mas em março o nosso país retomou o lugar. Foram 39 publicações locais, contra 37 dos mexicanos (36 por parte da Panini e 1 por parte da Kamite).

Outro mercado que devemos comentar é a Colômbia que é um experimento da Panini em outros países de língua espanhola, lançando oficialmente no país vários e vários mangás anteriormente editados no México (melhor dizendo, editados no Brasil para o México^^). De certo, já já o número de publicações da Colômbia superará o da Argentina.

Curiosamente, na Argentina a Panini ainda não decolou e continua apenas com suas duas séries iniciais, Assassination Classroom e One-Punch Man. O motivo deve ser a presença da Ivrea e de outras concorrentes. Na Colômbia, por outro lado, não há editoras de mangás pelo que a gente sabe. Ao menos não editoras que publicam de forma regular.


NOVIDADES POR PAÍS EM MARÇO


FRANÇA


  • Akage no Anne, de Yumiko Igarashi (Isan Manga)
  • A riqueza das nações – col. Manga de Dohuka (Soleil)
  • Artiste, de Taro Samoyed (Glénat)
  • Ayanashi, de Yukihiro Kajimoto (Glénat)
  • Crack Star, de Tomo Kurahashi (Boy’s Love – IDP)
  • Croa Chimera, de Kaili Sorano (Doki Doki)
  • Devil Man – Edition 50 ans (Black Box Editions)
  • Drop Frame, de Shinichirou Nariie (Doki Doki)
  • Emma (de Jane Austen), de Po Tse (Nobi Nobi)
  • Eshi de Irodoru Sekai no Meiga – Artbook (Mana Books)
  • Gakuen Taikutsu Otoko, de Go Nagai (Black Box Editions)
  • Game – Suit no Sukima, de Mai Nishikata (Akata)
  • GUN DRAGON Σ SIGMA, de Buichi Terasawa (Isan Manga)
  • Hajimete no Aite wa Otou-san deshita, de Iron Sugar (Hot Manga)
  • Henkyo de izutoru sakuhin-shu, de Izu Tohru (Kana)
  • Hikari-Man, de Hideo Yamamoto (Delcourt / Tonkam)
  • Issak, de DOUBLE-S e Shinji Makari (Ki-oon)
  • Jikan no Shihaisha, de Jea Pon (Kana)
  • Jinrou Game – Beast Side, de Koudo e Ryo Kawakami (Soleil)
  • Kazoku ni Narouyo, de Tomo Kurahashi (Taifu Comics)
  • Kimi no Oto ga Nari Yamanai, de CIELO (Boy’s Love – IDP)
  • Kurui Naku no wa Boku no Ban, de Keri Kusabi (Boy’s Love – IDP)
  • La Magie du rangement illustrée, de Yuko Uramoto e Marie Kondo (Kurokawa)
  • Manga rupo chûnen dôtei, de Toshifumi Sakurai e Atsuhiko Nakamura (Akata)
  • Momo et le messager du suleil, de Marie Sasano (Ki-oon)
  • No game No life – mangá (Ototo)
  • Opera za no kaijin, de Harumo Sanazaki e Gaston Leroux (Isan Manga)
  • Prison Lab (Panini)
  • Saishuu Heiki Kareshi, de Akeno Kitahara (Boy’s Love – IDP)
  • Sekilala kanojo, de LINDA (Taifu Comics)
  • Sword Art Online Girls ops (Ototo)
  • The Ancient Magus Bride – Supplement (Komikku Editions)
  • Tongari Bôshi no Atelier, de Kamome Shirahama (Pika)
  • Utamaru, de Go nagai (Black Box Editions)
  • Vatican Kiseki Chôsakan, de Anju Hino e Rin Fujiki (Komikku Editions)
  • Yahari ore no seishun love come wa machigatteiru – novel (Ofelbe)

Na França, como sempre uma avalanche de lançamentos com 36 títulos novos no mês de março, entre mangás, novels e derivados. Destaque para o mangá de No game No life que só chega ao país agora e para a o novel de Yahari Ore. Também destacamos Akage to Anne, de Yumiko Igarashi (autora de Candy Candy).


ITÁLIA


  • Akai Yuki, de Susumu Katsumata (Coconino Press)
  • Armed Girl’s Machiavellism, de Yuuya Kurokami e  Karuna Kanzaki (JPOP)
  • Assassination Classroom Official Illustration Fanbook – L’Ora dell’Album del Diploma (Panini)
  • Devilman G – Grimoire (Star Comics)
  • Dolly Kill kill, de Yukiaki Kurando e Yuusuke Nomura (Panini)
  • Genocial Organ, de Keikaku Ito e Gatou Asou (Star Comics)
  • Hataraku Saibou, de Akane Shimizu (Star Comics)
  • Inuyashiki – Box Completo (Panini)
  • Io Sono Lupin (Panini)
  • Jojo’s Bizarre Adventure: Steel Ball Run (Star Comics)
  • La foresta Millenaria, de Jiro Taniguchi (Oblomov Edizione)
  • Made In Abyss (JPOP)
  • Perfect Crime, de Arata Miyatsuki e Yuuya Kanzaki (Panini)
  • Rock – The clockwork world, de Hidekazu Gomi (Goen)
  • Smokin’ Parade, de Jinsei Kataoka e Kazuma Kondo (Panini)
  • Uzumaki (Star Comics)

Na Itália, foram publicados 16 títulos novos, ou 15 se desconsiderarmos o box de Inuyashiki. O grande destaque é o relançamento de Jojo’s Bizarre Adventure Steel Ball Run. Quando a Star Comics o publicou pela primeira vez ainda não havia sido revelado que SBR era a sétima parte de Jojo’s.

Outro destaque é o lançamento de Uzumaki, de Junji Ito. Surpreendentemente o título era inédito no país. A edição italiana terá 2 volumes no total. Por fim, Made In Abyss – que teve animação de sucesso recentemente – é outra obra que merece destaque.

Vale também um comentário sobre Inuyashiki e La foresta Millenaria. O primeiro que teve três “edições” neste mês na Itália. A Panini italiana publicou o volume 10 separado, o volume 10 junto a um box para colocar ele com os volumes anteriores e, por fim, um box contendo a série completa^^. Já o segundo foi lançado em uma versão normal e uma versão deluxe, mais cara com um formato grandão 34 x 24,5 cm. Essa versão deluxe foi superlimitada, com apenas 999 cópias impressas. A normal custou 23 euros, a deluxe custou 45 (+- 186 reais). La foresta Millenaria foi o último trabalho de Jiro Taniguchi antes de falecer.


ESTADOS UNIDOS


  • Arifureta, de Ryo Shirakome e RoGA (Seven Seas)
  • CITY, de Keiichi Arawi (Vertical)
  • Cutie Honeu a Go Go!, de Shinpei Ito e Hideaki Anno (Seven Seas)
  • Devil Man vs Hades (Seven Seas)
  • DNA Doesn’t Tell Us, de Mintaro (Seven Seas)
  • Dragon Half – Omnibus, de Ryusuke Mita (Seven Seas)
  • Is It Wrong to Try to Pick Up Girls in a Dungeon? Days of Goddess (Yen Press)
  • Kaguya-sama: love is war, de Aka Akasaka (Viz)
  • Mononoke Sharing, de Coolkyoushinja (Seven Seas)
  • New Game!, de Shotaro Tokuno (Seven Seas)
  • Sisyphean – novel, de Dempow Torishima (Viz)
  • Sorry for my Familiar, de Tekka Yagura (Seven Seas)
  • Soul Liquid Chamers, de Nozomu Tamaki (Seven Seas)
  • Tales of Wedding Rings, de Maybe (Yen Press)
  • The Art Of The Secret World of Arriety – Artbook (Viz)
  • The Young Master’s Revenge, de Meca Tanaka (Viz)
  • Yuru Camp, de Afro (Yen Press)

Em março os Estados Unidos tiveram 17 novidades e, de todos eles, os destaques vão para Yuru Camp e New Game. Yuru Camp se tornou popular agora, com um animê que recém foi concluído e tem como “tema” o camping. Já New Game! teve duas temporadas de animação nos últimos anos e acompanha o dia dia de algumas mulheres em uma produtora de jogos de vídeo-game.


ALEMANHA


  • BL is magic, de Oroken (Carlsen)
  • Danshi Koukouseiteki Kazoku Keikaku!, de Lily Umiyuki (Tokyopop)
  • He’s My Vampire – Box (Carlsen)
  • In This Corner of the world (Carlsen)
  • Kurosaki-kun no Iinari ni Nante Naranai, de Makino (Tokyopop)
  • Mein erstes Mal, de Niloo (Egmont)
  • Seisen no Kaban, deHiromi Kawakami e Jiro Taniguchi (Carlsen)
  • Sky World Adventures, de Taisuke Umeki (Tokyopop)
  • Tales of Xillia – Side; Milla – Box (Tokyopop)
  • Terra Formars – Box (Tokyopop)
  • The Children of the Whales (Carlsen)
  • The Promised Neverland (Carlsen)

Na Alemanha foram 12 novidades (ou 9, se você desconsiderar os box) no mês de março, com destaque para o primeiro volume de The Promised Neverland e o lançamento de Seisen no Kaban, de Jiro Taniguchi. Outro título que merece menção é The Children of The Whales, obra que ganhou anime recentemente e estreou na Netflix mês passado.


ESPANHA


  • Akage no Anne, de Yumiko Igarashi (Panini)
  • Akame ga Kill! Zero (Norma)
  • Akatsuki no Yona (Norma)
  • Ataque dos titãs Lost Girls – novel (Norma)
  • Fireworks – novel (Planeta DeAgostini)
  • Gunnm Mars Chronicles (Planeta DeAgostini)
  • Kuroda Sanjyūrokukei, de Hiroshi Hirata (ECC Ediciones)
  • Lifex01, de Kabosu (Fantogramia)
  • O Paraíso Perdido de John Milton (La otra H)
  • Pari no Suzukike, de Junko Kawakami (Letra Blanka)
  • Previews Manga Especial Shojo 2018 (Norma)
  • Sword Art Online Phantom Bullet (Planeta DeAgostini)
  • Watashi no Ookami-kun, de Yôko Nogiri (Norma)

Em março, na Espanha foram 13 novidades para os consumidores locais. O grande destaque é o lançamento de Akatsuki no Yonna, com seus 3 primeiros volumes. Na verdade, o mangá começou a sair no dia 23 de fevereiro com a publicação simultânea dos dois primeiros tomos, mas o site que usamos só os listou em março e em março foi lançado também o volume 3^^. Uma curiosidade extra é que os dois primeiros volumes foram lançados com 50% de desconto, saindo a 4 euros em vez dos habituais 8. Já o volume 3 veio com um imã de geladeira da série^^.

Também vale destaque para Akage no Anne (também lançado este mês na França como você viu mais acima), Gunnm Mars Chronicles, Akame ga kill Zero e a novel Ataque dos titãs Lost Girls.

Impossível também não mencionar o Previews Manga Especial Shojo lançado pela editora Norma. Trata-se de um volume especial contendo o primeiro capítulo de Akatsuki no Yona, as primeiras páginas de Watashi no Ookami-kun, e os primeiros capítulos de Nuestras preciosas conversaciones (da mesma autora de Tonari no Kaibutsu-kun) e de Fruits Basket. Por ser um preview, trata-se de um folheto gratuito.


BRASIL


  • Another + Another 0 – Box (JBC)
  • Avengers 09 (Panini)
  • Girls & Panzer (NewPOP)
  • Nonnonba (Devir)
  • Re: Zero – capítulo 1 (Panini)
  • Velvet Kiss (NewPOP)

Aqui no Brasil foram 6 novidades em março, com destaques para Nonnonba, de Shigeru Mizuki, pela editora Devir e o box de Another, contendo o especial Another 0, pela editora JBC. A adaptação em mangá de Re: Zero (a ser lançada nos próximos dias) e o hentai Velvet Kiss também merecem um pequeno destaque.


MÉXICO


  • A voz do silêncio (Panini)
  • Blade, a lâmina do imortal (Panini)
  • Crianças Lobo (Panini)
  • Tonari no Kaibutsu-kun (Panini)
  • Tsubasa Reservoir Chronicle (Kamite)

No México, foram 5 títulos novos que começaram a sair e todos eles importantes, sendo impossível não destacar todos. Tonari no Kaibutsu-kun é um shoujo bem lembrado, mas ainda inédito no Brasil. Por sua vez, Crianças Lobo também é relativamente conhecido do público brasileiro, mas sim por seu filme de animação. Já A voz do silêncio, Tsubasa e Blade são títulos que estão ou já passaram por nosso país. Uma curiosidade é que a edição deste último segue a mais recente japonesa que também é em 15 edições, como a brasileira, só que com novas capas.


POLÔNIA


  • Cross x Regalia, de Makoto Sanda e Shinichirou Nariie (Waneko)
  • Escape Journey (Kotori)
  • Kimi no Suizou o Tabetai (Dango)
  • Koimonogatari (Dango)
  • Makai Ishi Mephisto, de Hideyuki Kikuchi e Kairi Shimotsuki (Waneko)

ARGENTINA


  • Nenhuma novidade

COLÔMBIA


  • All You Need Is Kill (Panini)
  • Highschool DxD (Panini)
  • Nisekoi (Panini)
  • Psychic Detective Yakumo (Panini)
  • Sword Art Online – Aincrad (Panini)
  • Sword Art Online – Fairy Dance (Panini)

Em março foram 6 novidades na Colômbia, alguns deles que atrasaram do mês de fevereiro e só saíram nesse mês. Vale lembrar para quem chegou agora (e não viu o que falamos acima) que a Colômbia reaproveita os mangás mexicanos da Panini de lá (que, por sua vez, são editados no Brasil O_o). Até então, a Colômbia era igual boa parte dos países que falam espanhol, em que os consumidores compravam versões de outros países, como Espanha e Argentina.


PORTUGAL


  • Nenhuma novidade

CURIOSIDADES EXTRAS


1 ) Uma nova editora surgiu no México. Ela se chama Smash! e pertence ao grupo Televisa (que produz as diversas novelas mexicanas que passam no SBT). A empresa anunciou Battle Angel Alita e GTO como seus primeiros mangás.

2 ) Akira #03: saiu na França após diversos adiamentos por causa das aprovações demoradas.

3 ) Loveless #13: o volume mais atual do mangá foi publicado em março na Alemanha.

***

Critérios e observações:

  • A lista não contempla os mangás digitais
  • As reimpressões também não entram na lista
  • Entram box e versões variantes já que se tratam de um outro produto
  • Entram light novels
  • Entram mangás coreanos e chineses
  • Mangás de outras nacionalidades não entram na lista (salvo certas condições especiais, como obras feitas por mangakás em outros países)

Os dados aqui apresentados são precisos? Sim e não. Retiramos as informações de sites confiáveis e que fazem um trabalho de coleta de informação muito bom. Entretanto cada site possui um critério diferente o que pode causar distorções, imprecisões e erros. Vejamos caso a caso:

  • Na Alemanha, o site que a gente usa recolhe os lançamentos de livrarias e lojas especializadas. De modo que se algum mangá saiu por outro meio, eles podem não ter ficado sabendo. Além disso, o site não lista light novels. Então as informações da Alemanha referem-se apenas a mangás.
  • Na França, o site que usamos coloca em meio aos mangás algumas revistas que saem no país. Na Itália o site de lá coloca reimpressões da Panini como se fossem lançamentos. Na Espanha, o site insere livros de autores japoneses, além de alguns títulos de outros países. Nos Estados Unidos, o site lista mangás digitais. Em todos esses casos retiramos manualmente esses dados excedentes. Buscamos ser precisos, mas por ser algo manual, um erro pode acontecer de vez em quando.
  • Na Polônia o site que usamos não lista light novels. Portanto, os números referem-se apenas a mangás.

Mas e os outros países ocidentais como Finlândia e Romênia? Não temos dados. As informações aqui reunidas só foram possíveis de serem obtidas, pois existem sites catalogadores ao estilo Anime Click, da Itália, ou sites que informam os lançamentos como o Anime News Network, dos Estados Unidos, ou o Manga Y Anime Argentina, da Argentina. Se você conhece algum site catalogador de algum outro país ocidental que não citamos aqui, nos mande^^.

Vale lembrar que países da América Latina, em geral, não possuem um mercado de mangás próprio, consumindo os produtos de outros países que compartilham o idioma castelhano. Atualmente sabemos da existência de um mercado apenas no México, Colômbia e Argentina.

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

4 Comments

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: