Oyasumi Punpun: JBC diz que edição local será diferente da americana

Empresa comentou um pouco sobre o projeto gráfico da edição brasileira…

Semana passada, a editora JBC confirmou que o mangá Boa Noite Punpun (Oyasumi Punpun), de Inio Asano, seria lançado em formato BIG. Para quem não sabe, BIG é o formato em que a JBC junta dois ou mais volumes originais em apenas um tomo, como aconteceu com Blade e, mais recentemente, Battle Angel Alita.

Nos Estados Unidos, Boa Noite Punpun foi publicado assim e teve seus 13 volumes originais diminuídos para 7 tomos, mas a JBC não havia confirmado a quantidade de volumes. Nesta sexta-feira, 22/06/2018, em seu canal do Youtube, a editora informou que por aqui também serão 7 tomos, mas organizados de forma diferente da edição americana.

A versão estadunidense compilou os doze primeiros volumes em seis tomos, deixando o sétimo apenas com o conteúdo do volume 13. A edição brasileira, porém, compilará os dez tomos iniciais em 5 BIGs. O conteúdo dos volumes 11 a 13 serão distribuídos nos dois restantes, totalizando os 7 BIGs. Com esta mudança em relação à versão dos states, os BIGs locais não destoarão tanto em número de página. A divisão dos capítulos para estes volumes finais foi feita pela empresa junto com o Japão.

Além disso, a JBC também disse que fez um projeto gráfico do zero para a edição brasileira, projeto este que teve o sinal verde do próprio Inio Asano.

Não foram dados mais detalhes sobre a publicação, mas a editora promete informar nas próximas semanas algumas novidades, como o tipo de papel a ser utilizado, entre outras coisas.

Boa noite Punpun foi serializado na revista Big Comic Spirits, da Shogakukan, entre 2007 e 2013 sendo reunido em 13 volumes. O mangá é do mesmo autor de Solanin (L&PM), Nijigahara Holograph (JBC) e A cidade da luz (Panini).

Sinopse: Um manga atípico e apaixonante onde uma trama completamente realista é apresentada com certos detalhes surrealistas. Basicamente, a obra narra a vida de Punpun desde o primário até a universidade, crescendo com uma família disfuncional e vários traumas. O ambiente é meio deprimente e obscuro às vezes e o título mostra como Punpun lida com a solidão, a dificuldade de fazer amigos, o divórcio de seus pais, a primeira experiência sexual com uma pessoa de seu convívio que dista de ser o ideal e… um amor platônico recorrente.  A mensagem da obra é clara, a vida é dura e não tem solução…

***

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

4 comentários

  1. Queria que eles fizessem com Punpun a mesma coisa que fizeram com Éden e Blade: em cada volume usar duas capas originais, na primeira e quarta capas, respectivamente. Mas como o número é ímpar e a JBC está com essa história de “projeto gráfico do zero”, acho difícil isso acontecer.

    Curtir

    1. Isso não daria certo em Punpun, pois as capas japonesas simplesmente são uma cor chapada com auto relevo. Colocar duas cores nada a ver na edição só deixaria o volume mais brega.

      Curtir

  2. Os dois últimos volumes serão mais baratos então, certo?

    E o preço provavelmente não vai agradar, hj em dia 1 volume está saindo em média por R$15, então logicamente, R$30 seria um preço razoável pra esse formato BIG, mas Blade está saindo a R$40, o negócio é esperar pelos descontos da Amazon.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s