“Hokuto no Ken”: versão brasileira será baseada na “Extreme Edition”

Informação foi divulgada hoje

Em seu vídeo semanal no Youtube, a editora JBC divulgou na tarde desta quinta-feira, 20 de dezembro de 2018, que a edição brasileira do mangá Hokuto no Ken, de Tetsuo Hara e Buronson, seguirá a Extreme Edition, edição que possui um total de 18 volumes, além de conteúdo extra. Segundo a editora, é a versão mais completa que existe do mangá.

A empresa informou que a edição nacional não será 100% igual à japonesa, mas a usará como base. Os detalhes da edição brasileira serão revelados ao longo de 2019.

Hokuto no Ken é, sem dúvida, um dos maiores clássicos dos mangás shonens. A obra foi publicada originalmente entre 1983 e 1988 nas páginas da revista Weekly Shonen Jump, da editora Shueisha, sendo compilada em um total de 27 volumes. Com o passar dos anos, ganhou diversas edições por outras empresas, alterando a quantidade de tomos. Por ser um clássico, Hokuto no Ken até hoje é referenciado em diversas obras, dos mais diversos gêneros e demografias possíveis.

No Brasil, o título foi anunciado em novembro de 2017 e começaria a ser publicado no segundo semestre de 2018, mas os problemas envolvendo o mercado editorial (como a crise da Saraiva) fizeram a editora adiar vários lançamentos, e Hokuto no Ken foi um deles. A nova previsão de lançamento é no meio de 2019.

Sinopse: Após a Terceira Guerra Mundial, o planeta tornou-se um lugar desolado e hostil. Nesse novo mundo onde a violência reina, os fortes subjugam os fracos e os únicos itens de real importância são a comida e a água. Sobrevivendo nessa Terra em colapso, Kenshiro Kasumi é o legítimo sucessor de um estilo milenar, chamado Hokuto Shinken, e fará o que pode para eliminar o mal.

11 Comments

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: