Shaman King: JBC divulga mais detalhes da nova edição brasileira

Saiba mais

Na manhã deste sábado, 19 de dezembro de 2020, a editora JBC divulgou, por meio de um vídeo em seu canal no Youtube, novos detalhes da edição brasileira de Shaman King.

A edição local reduzirá os 35 volumes originais para 18 BIGS e terá páginas coloridas e sobrecapa (com as novas imagens criadas pelo autor). A empresa promete ainda que o último volume terá páginas coloridas adicionais. O lançamento deve ser perto do início da nova adaptação do anime.

A JBC também está estudando alguma maneira de utilizar as ilustrações originais (em outros países, editoras usaram como postais e coisas do tipo), mas ainda não tem nada de concreto a esse respeito.

O mangá também sairá em formato digital.

Shaman King é de autoria de Hiroyuki Takei e foi publicado no Japão entre 1998 e 2005 nas páginas da revista Weekly Shonen Jump, da editora Shueisha, sendo concluído em um total de 32 volumes. Posteriormente, o autor relançou a obra na chamada edição Kang Zeng Bang, desenvolvendo outros capítulos, o que ele chamou de O Verdadeiro Final. Nos últimos anos, o autor brigou com a Shueisha e levou Shaman King para a editora Kodansha, onde a obra ganhou uma edição em 35 volumes.

No Brasil, a editora JBC publicou a obra entre 2003 e 2006 seguindo a primeira versão de Shaman King. Foram 64 volumes ao todo.

Sinopse Manta Oyamada é um garoto normal, que gosta de estudar e de descobrir o significado de novas palavras. Um dia, atrasado para pegar o último trem, ele resolve cortar caminho pelo cemitério. E não é que ele se depara com uma porção de espíritos e um garoto que conversa com eles? No dia seguinte, na escola, Manta encontra o mesmo garoto e descobre que ele acabou de chegar à cidade e vai estudar em sua sala. Seu nome é Yoh Asakura. O moleque, que parecia apenas desligado da vida, conta a Manta que, na verdade, possui poderes inimagináveis: ele vê e conversa com espíritos! E o mais supreendente é que Yoh pode incorporar essas almas e usar as habilidades especiais de cada uma delas. Isso tudo por que ele é um Xamã, ou seja, uma pessoa que tem o poder de conectar o Mundo dos Vivos ao dos Mortos. Com esta habilidade, Yoh ainda dá uma mãozinha para espíritos que não conseguem se desprender desse plano por algum assunto que deixaram pendente em vida.

6 Comments

  • Igor

    É mais jogo a pessoa que já tem a coleção antiga comprar só o penúltimo e último volumes dessa nova, só pra ter acesso ao “verdadeiro final” da série mesmo. Além das capas da primeira edição serem muito mais bonitas, a pessoa não vai precisar morrer na grana com uma coleção que com certeza vai sair os olhos da cara.

  • Guilherme Eurípedes

    Caraba… Triste. Odeio de várias maneiras formato Big.
    Mais caro, fica mais feio na estante. Pior pra ler, pesado………….

    Vai ser foda fazer essa coleção.

  • loneprayer

    É claro que compensa mais pra eles lançar um “meio big” no final, do que um volume “trig”…
    Duvido que abaixarão o preço do Volume 18, mesmo com o número menor de páginas >_<

  • Draconato

    não achei o preço chuto uns 69,90 por edição, vou deixar outra de lado e pega essa nova eheheheh

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: