NI 500. “Dead Dead Demon’s Dededededestruction” mais perto do fim e outras notícias internacionais

Resumo de notícias internacionais da semana


Mercado Impresso japonês tem queda de 1% em 2020 (e isso é uma notícia positiva)


Na última segunda-feira, o jornal Shuppan Geppо̄ revelou que o mercado de publicações impressas japonesas (livros e revistas) teve uma queda de 1% em 2020. Apesar da queda, essa é uma notícia positiva, pois é a menor desde 2006.

O jornal atribui isso a dois fatores, o aumento da leitura em virtude das mudanças provocadas pela pandemia mundial (que faz as vendas de impressos aumentarem), e o sucesso estrondoso de Demon Slayer (que, por si só, foi responsável por grande parte das vendas). Além disso, as vendas de livros infantis também aumentaram após o fechamento das escolas.

Já quando falamos de publicações digitais, houve um aumento de 28% em relação a 2019. Os ebooks de mangás também tiveram um aumento considerável de receita, igualmente pelo sucesso de Demon Slayer.

Fonte: ANN


Dead Dead Demon’s Dededededestruction está chegando ao Clímax


A mais recente edição da revista Big Comic Spirits, da editora Shogakukan, trouxe a informação de que o mangá Dead Dead Demon’s Dededededestruction, de Inio Asano, está se aproximando do Clímax na próxima edição da revista, a ser lançada dia 8 de fevereiro. A revista também diz que o mangá está em seu arco final.

O mangá será a capa da próxima edição da Big Comic Spirits, além de conter uma página de abertura colorida.

Dead Dead Demon’s Dededededestruction possui dez volumes até o momento no Japão. No Brasil, o título foi anunciado recentemente pela editora JBC.

Fonte: ANN


Indicados ao 14h Manga Taisho Awards


Durante a semana foram indicados os dez títulos que estão concorrendo ao 14h Manga Taisho Awards. Para concorrer a ele, era preciso ter ao menos um volume publicado em 2020 e ter no máximo oito números publicados.

De todos os indicados deste ano, o único a ser licenciado no Brasil é Spy x Family. Veja a lista completa:

  • Oshi no Ko, de Aka Akasaka  e Mengo Yokoyari
  • Chi -Chikyū no Undō ni Tsuite-, de Uoto.
  • Spy x Family, de Tatsuya Endo
  • Mizu wa Umi ni Mukatte Nagareru, de Rettō Tajima
  • BL Metamorphosis, de Kaori Tsurutani
  • Monster #8, de Naoya Matsumoto
  • Kowloon Generic Romance, de Jun Mayuzuki
  • Sōsō no Frieren, de Kanehito Yamada, Abetsukasa
  • Onna no Sono no Hoshi, de Yama Wayama
  • Karaoke Iko!, de Yama Wayama

O vencedor deve ser anunciado em meados de março.

Fonte: ANN

Vencedores de anos anteriores e que foram licenciados no Brasil:

  • Astra Lost In Space (2019) – referente a 2018
  • BEASTARS (2018) – referente 2017
  • Golden Kamuy(2016) – referente a 2015
  • Silver Spoon (2012) – referente a 2011
  • Thermae Romae (2009) – referente a 2008

PANINI FAZ ANÚNCIOS NO MÉXICO


Tal qual no Brasil, a Panini México fez dois anúncios na sexta-feira, mas obviamente para a terra do Chaves e Chapolin. E foram justamente os mesmos anunciados no Brasil, Hell’s Paradise e Paradise Kiss.

Apesar do anúncio simultâneo, isso não quer dizer que um mangá publicado em um país necessariamente será lançado em outro pela mesma empresa, pois cada país possui uma licença individual. Basta ver, por exemplo, que a Panini México possui A Voz do Silêncio, Fairy Tail, Edens Zero, Astra Lost In Space, Gyo, etc, que aqui no Brasil são publicados por outras editoras.

Fonte: Panini México (1) e (2)

1 Comment

  • mhoa

    Feliz por DDDD <3
    Inio Asano é topzera
    Pretendo colecionar, dependendo do preço que venha. Fiquei mto animado em saber que vai ser lançado no Brasil e que já está alcançando o clímax

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: