Comentando os anúncios da NewPOP

22 títulos no NewPOP Week

Durante o seu evento online NewPOP Week, realizado entre 25 e 31 de janeiro, a editora NewPOP divulgou uma enorme quantidade de títulos novos, totalizando 22 ANÚNCIOS ao todo, entre mangás, light novels, quadrinhos coreanos e brasileiros. Vejam a seguir:

  • 17 mangás
  • 02 light novels
  • 02 quadrinhos brasileiros
  • 01 quadrinho coreano

De todas as obras, eu li pouquíssimas, de modo que foi preciso a sinopse despertar (ou não) o meu desejo de consumo, entre outras coisas. Hoje, então, venho comentar os títulos anunciados e dizer o que pretendemos ou não comprar.


25/01/2021


Links: o primeiro anúncio do evento foi Links, o mangá da mesma autora de Given. Com o sucesso do mangá mais famoso era natural que o volume único desse as caras. Trata-se de uma coleção de histórias que gira em torno de quatro casais.

Eu nunca o li, mas por ser da Natuski Kizu e só ter apenas um volume, eu devo dar uma oportunidade ao título. Se a NewPOP o publicar com sobrecapa como Given (a editora chegou a comentar que o acabamento será semelhante, mas sem especificar esse detalhe) aí é compra certa.


Força, Nakamura!!: se Links era um título meio óbvio, Ganbare!! Nakamura-kun (Força, Nakamura!!), foi a primeira grande surpresa do evento. A história é sobre um garoto tímido que se apaixona à primeira vista por um rapaz de sua sala, passando então boa parte do tempo o amando em segredo. Até que um dia, ele decide falar com o garoto para que possam, no mínimo, serem amigos. Ele treina em casa, lê quadrinhos para se inspirar, só que ele faz tudo errado, o nervosismo aplaca e situações hilariantes acontecem.

Era um título que eu queria muito ter e – apesar de ter apenas um volume – não parecia provável de aparecer no Brasil. Estava enganado. Vou comprá-lo.


Outsider Communication: mais um volume único, esse mangá conta a história de um estudante que causa um acidente em outro, fazendo-o ficar ferido. Este exige que o primeiro cuide dele até se recuperar.

Sendo bem sincero, a sinopse não gerou a menor curiosidade e eu devo deixar esse título passar. MAS se a NewPOP quiser nos enviar o volume para fazermos resenha, iremos ler com toda certeza^^.


Ai Ga Arukara Osu! (Por que o amor existe?): também volume único, este é um mangá que se concentra em um guarda-costas e um jovem herdeiro do Grupo Hyuga, considerado Playboy e festeiro. Também não despertou curiosidade.

MAS, como dissemos no item anterior, se a NewPOP quiser nos enviar o volume para fazermos resenha, iremos ler com toda certeza


Hidamari Starlight (Os feixes de Luz): esse aqui, também volume único, é aquele velho clichê de dois irmãos de criação em que um se apaixona pelo outro (ou pelo menos a sinopse dá a entender isso). Nenhum interesse pelo mangá.

MAS se a NewPOP, etc, etc, etc, etc.


Osananajimi Joushi Ni Fall In Love (Meu Chefe é o Meu Amigo de Infância?!): esse – mais um volume único – conta a história de um homem que finalmente conseguiu começar em um emprego que gostava. Entretanto, no novo emprego, ele se deparou com seu amigo de infância (que é seu chefe) e as coisas se desenrolarão a partir daí.

A sinopse desse é mais interessante que os últimos três, mas também não devo comprar. Igualmente dizeemos: se a NewPOP quiser nos enviar um exemplar, a gente lê.


Friendship Lover: eu não sei se esse mangá é de humor, mas a sinopse divulgada pela NewPOP parece um pouco. Trata-se da história de um trabalhador que está apaixonado por um colega, mas mantém tudo em segredo. Um dia, porém, quando esse seu colega vai a um encontro para conhecer mulheres, o rapaz começa a fazer de tudo para evitar que isso aconteça.

A sinopse é um pouco interessante, mas por ora devo deixar passar também. É um volume único também.


Sunao na Hinekurebana (A flor ranzinza e sincera): Esse aqui é a história de um menino tímido e gay que viu o garoto por quem ele era apaixonado começar a namorar. Triste, ele conhece um rapaz em um dia de chuva e conta tudo o que aconteceu.

Parece muito interessante. Provavelmente devo comprar. É um volume único como os outros.


Junku & Ai, Together for 7 years (O sétimo ano do amor puro): essa é uma obra que fala sobre o sétimo ano de casamento de um casal. Esse é outro não deu o menor interesse nele. Também é volume único.


26/01/2021


Divina Comédia: tenho interesse em ver uma versão em mangá do clássico de Dante Alighieri. Como são só dois volumes, então mesmo que eu não compre no lançamento, devo adquirir depois em algum momento. Talvez em alguma promoção ou coisa assim.


Mazinger Z: sendo sincero, eu não tenho interesse algum em robôs gigantes, então esse ficará de lado. MAS se a NewPOP quiser nos enviar um exemplar do volume 1 faremos uma resenha dele sem problemas.


Kamen Rider: Talvez eu tenha assistido isso quando criança, mas não me lembro de nada e nem sei realmente do que se trata. Eu acho que esse também eu não irei comprar.


Kamen Rider Black: Mesma coisa do item acima.


27/01/2021


Shuumatsu no Valkyrie: embora fosse difícil imaginar vindo pela NewPOP, esse era um dos títulos que certamente apareceriam em algum momento no Brasil, afinal estava ficando popular e foi anunciado até mesmo em mercados pequenos como a Argentina. Então era natural pensar que uma hora ou outra viria ao Brasil.

A sinopse é muito interessante com essa questão da luta de deuses contra humanos e tal, mas infelizmente esse é um que provavelmente devo deixar para lá, pois o mangá é meio grandinho (está em andamento com 9 volumes publicados até o momento no Japão) e para este ano estão previstas muitas obras que são “quase preferidos” e, como o dinheiro não é infinito, elas terão prioridade.


Jovens Sagrados: este é, de longe, o anúncio que eu mais gostei no evento, com a ótima premissa de Jesus e Buda dividindo um apartamento no Japão moderno. Já li? Não me lembro. Já vi a adaptação? Também não me lembro. MAS ele é de Hikaru Nakamura, a autora do sensacional Arakawa Under The Bridge, então eu já sei que posso esperar algo muito bom, por isso fiquei bem contente com o anúncio.

Eu não imaginava que a Panini pudesse anunciá-lo e eu achava que a obra permaneceria inédita para todo o sempre, mas eis que fui surpreendido. Devo comprar no lançamento todos os volumes.


28/01/2021


Uma Vida Imortal: esse, provavelmente, era o anúncio mais manjado do NewPOP Week, afinal era difícil imaginar a editora não indo atrás de um novo mangá da autora de A Voz do Silêncio. Gostei bastante do anúncio, mas esse não entra na lista de prioridades do momento.


The Hellbound: Condenado ao Inferno: esse é um quadrinho coreano, completo em 2 volumes. Na história, as pessoas começam a receber mensagens dizendo que elas irão para o inferno em um dia e horário específicos, com elas morrendo de forma dolorosa realmente. Vai virar uma série da Netflix.

Vou comprar? Esse eu passo longe. História de terror eu evito ao máximo.


29/01/2021


Me apaixonei pela Vilã: gosto muito de história em que uma pessoa vai para outro mundo!. Claro, existem obras boas e existem ruins, mas essa parece ser interessante. A sinopse diz que uma garota acaba indo parar no mundo de um game que ela gostava e, nele, ela deseja investir na vilã da história, coisa que era impossível no jogo real.

Parece muito bom e a NewPOP mandou bem no anúncio. Mas é como dito em outros pontos deste texto. Há prioridades na frente, então esse fica para depois.

Fireworks – Luzes Vistas de Lado: eu, definitivamente, odiei o filme animado Fireworks – Luzes no céu. Também não gostei do livro de mesmo nome lançado pela NewPOP e não tenho o menor interesse nesse novo.

Vale lembrar que Luzes no Céu é uma adaptação/roteiro do filme animado. Já Luzes Vistas de Lado é uma reimaginação do filme original (live action) dos anos 1990, sendo algo menos fantasioso. Ainda assim, eu não pretendo comprá-lo.

MAS se a NewPOP quiser mandar um volume para a gente fazer resenha, a gente não liga^^.


30/01/2021


Rei de Lata: de modo geral, os quadrinhos que eu leio são apenas mangás e os da Disney da Culturama (tanto por falta de dinheiro, quanto por falta de tempo), então eu estou totalmente alheio à produção de quadrinhos, seja nacional, seja de outros países. Rei de Lata parece ser um quadrinho nacional bem famoso, pois houve muita comemoração na Internet com o anúncio da versão impressa.

De minha parte, não devo comprar. Ele vem no mesmo formato de Solo Leveling e com a mesma quantidade de páginas, então eu acho que o preço não será acessível.

Lebre e Coelho: O mesmo texto de Rei de Lata serve para Lebre e Coelho. Parece ser muito famoso, mas eu não fazia ideia que existia. Igualmente, não devo comprar.


31/01/2021


Cavaleiros do Zodíaco Episódio G: esse foi um dos anúncios mais surpreendentes do ano (tá, ainda estamos em fevereiro, eu sei), pois era um título que não se esperaria vindo pela NewPOP. De minha parte eu achava que (como a JBC não o tinha licenciado até hoje), em algum momento a Panini fosse atrás, mas, no fim, o título acabou nas mãos da NewPOP. Surpreendente.

Entretanto, a editora exultou tanto esse anúncio no dia anterior que, para quem não é fã de Cavaleiros do Zodíaco, ficou parecendo menor do que ele é. Ajuda para isso, o fato de ser um relançamento e não um título inédito, pegando no contrapé as pessoas que queriam uma novidade. Não à toa, enquanto havia comemoração da volta do mangá, havia também muita gente insatisfeita com o título.

Em outras palavras, foi um anúncio surpreendente e muito impactante, daqueles para ficar falando por semanas e que mostra o poder que a NewPOP têm hoje em dia, conseguindo pegar uma série desse porte, mas ficou menos glorioso por ser o último título e o hype ter sido excessivo.

Fora isso, como esta semana teve o anúncio do relançamento de Paradise Kiss pela Panini, eu sei muito bem a alegria que os fãs de Cavaleiros do Zodíaco Episódio G estão sentindo, pois finalmente poderão ter uma nova versão da obra e muitos deles conseguirão ter acesso ao lendário volume 19.

De minha parte, não sou fã o suficiente de Cavaleiros do Zodíaco para comprar esse spin-off, mas, assim como dissemos em outras oportunidades neste texto, se a NewPOP quiser nos enviar o volume 1 para fazer resenha, a gente aceita.

7 Comments

  • Henrique

    O problema da NewPOP não são os anúncios. Vários são muito bons e atendem a diversos públicos. Realmente um catálogo variado. O grande problema é ser a NewPOP. Editora extremamente desorganizada, com um péssimo trabalho de revisão e falta de comprometimento de término com as obras. Fora que é a única que não apoia o segmento Digital, o qual venho mudando de opinião e olhando com bons olhos. Espero que ela lance tudo o que prometeu.

  • musck29

    Dos anúncios, vou pegar com certeza o episódio G, não sou dos fãs mais fervorosos de cavaleiros mas gosto muito e confesso que fiquei muito feliz e surpreso (e um pouco chateado com algumas pessoas revoltadas, mas faz parte).
    Apenas uma observação, na resenha de Jovens Sagrados (Consagrados kkk) vcs deram a entender que foi a Panini quem trouxe o título. Claro que da pra entender que não foram eles, afinal é uma resenha do newpop week, mas apenas avisando aqui, deve ser um errinho de digitação.

  • ringoroadonceagain

    Minhas prioridades serão principalmente: os Kamen Rider e Jovens Sagrados. Tirando esses tbm quero tentar correr atrás da novel Me Apaixonei pela Vilã e To Your Eternity. Imagino que vai levar algum tempo pra lançar tudo, então dependendo da época eu tento pegar: Links, Força Nakamura e os outros do Selo Xogun.
    Vou te dizer que esse anúncio do CDZ, assim como o dia das novels, foram bem broxantes pra mim. Tenho minhas esperanças naquele evento especial para novels que a NP prometeu. (Monogatari não veio, o pai tá off)

  • RPM Souza

    NewPop passou a perna na JBC, hein!
    E se antes eu duvidava dos BL, agora não mais… (dos volumes únicos, pelo menos).

    To felizão pelo Saint Oniisan (só fico meio pensativo quanto ao tempo que vou levar pra completar)! De resto, talvez leve as obras do Go Nagai (se esse novo selo for realmente mais em conta) e To Your Eternity. Se eu desencalhar nas minhas novels e o final chegar logo, talvez leve esse da vilã.

    Agora, GZUISMARIAJOSÉ chega de live! Principalmente as da Panini, benzadeus que porcaria. Papinho de compadre, não tinha ninguém quase quando vi. Se for pra fazer live pra 5 pessoas nem faz.

  • turatteu

    Eu realmente fiquei decepcionado com o evento. De todos os anúncios, o único pelo qual tive algum interesse(nem é tanto, mas devo comprar quando o preço tiver legal) é o yuri da vilã.
    De fato o que a newpop fez quanto ao cavaleiros foi um BAITA balde de água fria pra quem não é fã(meu caso), para além de não ter nada de tão absurdo em republicar algo. Na hora que a timeline adiantou ser cavaleiros, pulei fora da live.
    O lado positivo é que não vou me sentir tentado a gastar dinheiro, nisso a newpop acertou em cheio.

  • Elizabeth Cristina Rocha de Aguiar

    Dos BLs faço questão de pegar Nakamura e Junku & Ai, Together for 7 years, Osananajimi Joushi Ni Fall In Love eu pego se sobrar grana daqui a seis meses, os outros ainda estou analisando, mas provavelmente vão passar batidos.
    Saint Oni-san é um milagre por si só, vou ter que fazer malabares, mas dou um jeito de pegar quando tiver uns 5 volumes lançados.
    I Favor The Villainess eu não acredito que veio até agora, felizmente com Toradora acabando vou ter grana reservada pra ele, da NewPop vai ser minha prioridade total

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: