Knights of Sidonia: editora JBC presenteia assinantes com box da série

Em seu site oficial, a editora JBC divulgou que o volume final do mangá Knights of Sidonia já foi enviado aos assinantes da obra. Chamou a atenção, porém, um detalhe. O volume final teve com um brinde inesperado, a caixa do box que fora lançado recentemente e que reunia os 8 primeiros tomos da série. Assim os assinantes poderão montar em casa o box e guardar os seus volumes iniciais da série.

Vale lembrar que esse box não é vendido separadamente e que a JBC só o está enviando aos assinantes devido à fidelidade ao sistema de assinaturas da empresa. Mas a informação não termina aqui. A editora JBC também enviará aos assinantes uma caixa referente ao segundo box de Knights of Sidonia (ainda não publicado), para que eles possam agrupar os volumes 9 ao 15^^.

Não há dúvida de que essa é uma atitude bastante louvável por parte da editora JBC, pois presenteia aqueles leitores mais fieis que dispenderem uma grande quantidade de dinheiro antecipadamente para garantir a série. Além disso, corrige a distorção* causada pelo lançamento do box durante a publicação da obra e faz o sistema de assinaturas da empresa tornar-se mais atraente, pois mostra ao consumidor que se a editora publicar um box de uma série que ele esteja acompanhando, ele poderá receber também se for um assinante.

É importante mencionar que foi a primeira vez (pelo menos na história recente) que a empresa fez um box enquanto a série ainda estava em andamento, o que provavelmente tornou mais viável agraciar seus assinantes com este mimo.

***

*Por distorção entenda-se o mal estar que causa o lançamento de um box durante a publicação de uma série em um mercado que não está acostumado com isso. Em outros países é bastante comum o lançamento de box compilatórios, com 2 ou 3 volumes no meio da publicação, por aqui isso não acontece. Quando a JBC lançou o primeiro box de Sidonia ficou a impressão de que não valia a pena ser assinante, pois teoricamente seria melhor esperar para então ter um box. O presente dado pela editora corrige essa distorção e faz com que ser assinante valha a pena para quem teve esse sentimento.

Na verdade, o simples lançamento de box em nosso mercado acaba causando um sentimento de que “seria melhor esperar” em alguns leitores. A cada novo box da JBC isso ocorre. Aconteceu também quando a Panini lançou o box de Dragon Ball e um monte de gente ficou dizendo que não adiantou de nada ficar acompanhando o mangá durante anos. Infelizmente, boa parte dos consumidores ainda não têm a maturidade suficiente para entender o porquê da existência da maioria** dessas caixas compilatórias: uma nova chance de vender o que não foi vendido por parte da editora e uma nova chance de comprar para quem não pôde comprar por parte dos consumidores.

**Dissemos acima “maioria”, pois existe exceção. O box de Another, a ser lançado pela JBC ainda este mês, é diferente. Ele é uma outra edição completamente nova e com um extra. Ele não é só para quem não comprou, ele, na verdade, é mais para quem já comprou a obra e quer ter uma edição melhorada, com papel e acabamento melhor.

Curta nossa página no Facebook
Nos siga no Twitter
BBM

3 Comments

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: