NewPOP divulga “Carta do Editor” e comenta sobre suas séries, periodicidade, etc.

Veja na íntegra

No início da noite desta segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020, a editora NewPOP divulgou, em seu site, a sua primeira Carta do Editor, uma nova forma de manter os leitores atualizados do que se passa na editora e aumentar ainda mais a transparência e relacionamento.

Nesta primeira carta, Junior Fonseca relembrou o ano de 2019, falou sobre as reimpressões ocorridas, políticas de preços, entre diversas outras coisas. No fim desta postagem, você confere na íntegra o que foi dito.

De mais importante, o editor comentou sobre as séries da empresa, previsão de lançamentos, entre outras questões. Vejam a seguir, nas palavras do próprio Junior em sua carta:


GTO: Talvez o caso que mais causa dúvidas. Tradicionalmente, lançamos a obra em blocos de 6 volumes – devido à dificuldade de preparo do material (que exige uma série de reconstruções em praticamente todas as páginas) e pelo fato de grande parte das páginas precisarem ser escaneadas e aprovadas. Ou seja, o tempo de preparação é bem mais demorado. A tradução dos próximos 6 volumes já está concluída, e estamos aguardando o recebimento de parte do material e das aprovações. Em função disso, a partir de hoje, a obra deixa de possuir uma periodicidade definida, sendo que, com o lançamento do volume 13, a sequência de publicação será estabelecida como mensal até o volume 18.

LOG HORIZON: Depois de um tempo em hiato, sendo que um dos fatores foi o problema ocorrido com o autor no Japão, o que estagnou algumas aprovações, a obra retornará antes da estreia da nova temporada do anime, com regularidade quadrimestral.

TORADORA!: Faltam apenas 4 volumes para a conclusão da obra. A série aguarda a chegada dos arquivos. Quanto à tradução, já está bem avançada.

CITRUS: Faltam apenas 5 volumes para a conclusão da obra. A série aguarda a chegada dos arquivos.

HAPPINESS: Faltam apenas 3 volumes para a conclusão da obra. A série aguarda a chegada dos arquivos também. Assim que chegarem, temos o prazo de preparo para a gráfica e a obra retorna mensalmente. Conclusão ainda no primeiro semestre se tudo der certo.

MADE IN ABYSS: A série continua em publicação no Japão, atualmente no volume 8. Já estamos trabalhando nesse volume e, com isso, ficaremos empatados com o original japonês. A partir de agora, a obra não possui mais regularidade definida.

NO GAME NO LIFE: A novel atualmente está no volume 10; o mangá, no volume 2; e a série Desu, completa em 4 volumes. A NewPOP já publicou todo o material disponível da franquia, agora é aguardar novos volumes no Japão.

NO CAFÉ KICHIJOUJI: Nosso novo lançamento, completo em 4 volumes. A obra será mensal, com conclusão em maio. Super divertida, não deixem de dar uma conferida.

LOVELESS: A série continua em hiato no Japão, a mangaká recentemente comentou que pretende concluir a obra em breve, com isso, estamos analisando a melhor forma de retornar a publicação, que, como já divulgado pela NewPOP, apresentou um desempenho abaixo do esperado.

NUMBER SIX (NO.6): A série em mangá já foi concluída, faltam ainda 5 volumes para a conclusão de sua versão em livro. Diferente do mangá, esta versão não alcançou um resultado positivo, por conta disso, estamos aguardando a melhor forma de concluir a obra.

SHAKUGAN NO SHANA: O mangá está completo em 10 volumes, enquanto a novel possui 26 volumes. Ambas as séries terão sua periodicidade alteradas para trimestral.

SELO PRIME: Conforme divulgamos no lançamento do selo, as obras desta coleção terão sempre pré-vendas mais longas, mas os lançamentos das obras em si serão afastados um dos outros. Devilman volume 2 (o final) será lançado no final de março, enquanto Cutie Honey (volume único) em maio. Quanto a Yamato, ele já está em processo de tradução.

SELO MAX: Gagoze e Category Freaks serão publicados em 2 volumes cada. O primeiro ainda no primeiro semestre, enquanto Category Freaks será lançado no segundo.

OBRAS AINDA NÃO PUBLICADAS: Lodoss War (concluído em 7), Zero no Tsukaima (mangá concluído em 7 e novel concluída em 22), King of Fighters (em andamento), Clockwork Planet (concluído em 10), Houseki no Kuni (em andamento), Yamato 2199 (em andamento) ainda não possuem uma data oficial de lançamento. Lembrando que algumas dessas obras ainda estão em andamento no Japão.

OBRAS EM ANDAMENTO NO JAPÃO: A título de curiosidade, aqui as obras em andamento e qual o último volume que saiu no Japão.
– Re:Zero: 21 +
– Made in Abyss: 8 +
– Houseki no Kuni: 10 +
– King of Fighters: 4 +
– Yamato 2199: 8 +
– Log Horizon (novel): 11 +
– Loveless: 13 +
– Gate7: 4 +

Abaixo, a íntegra da primeira carta do editor:

Fala pessoal, tudo bem? Aqui quem fala é o Junior Fonseca, diretor e editor-chefe da NewPOP.

A partir deste mês de fevereiro, trazemos mais uma novidade: a Carta do Editor. Uma nova forma de manter vocês atualizados do que se passa na editora e aumentar ainda mais a transparência e relacionamento com vocês.

2019 encerrou com um saldo positivo. Apesar de alguns problemas que continuaram assolando as editoras de todo o mercado, conseguimos manter uma quantidade estável de lançamentos. Da nossa lista de obras já anunciadas até então, concluímos 9 séries – o que foi um saldo muito bom. Ainda temos muito o que melhorar na questão de regularidade de algumas obras, mas sempre deixamos bem claro os motivos das demoras, como processos mais longos de aprovação e recebimento de materiais e a já esperada redução no número de lançamentos devido aos problemas ocasionados pela Recuperação Judicial de duas grandes redes.

Além disso, é super importante ressaltar que, em mais um ano, conseguimos segurar a maioria dos preços de nossos produtos, tanto das diversas séries em publicação quanto das séries novas; e mesmo quando houve o reajuste, foram em níveis muito abaixo dos aumentos praticados no mercado. Mantendo aquele compromisso de preço justo do início ao fim. Ah, além disso tivemos as reimpressões de dezenas de obras, mantendo nosso outro compromisso de manter nosso catálogo sempre disponível, especialmente das séries em andamento. Sabemos que há uma demanda de pedidos de alguns títulos, mas antes de uma nova impressão, sempre analisamos os de maiores demanda, e obviamente, se o mercado ainda possui os produtos. Por exemplo, muitos comentam sobre Dororo, uma obra que apesar de não termos disponibilidade, ainda é encontrada em algumas lojas parceiras a preços justos. Então não deixem de verificar as lojas parceiras e a nossa própria loja virtual quando estiver procurando um volume ou de perguntar para gente nos nossos canais de contato com o leitor.

No mais, como todo começo de ano, a NewPOP tradicionalmente desacelera suas atividades, aproveitando para fazer o planejamento anual e estudando todas as melhorias possíveis e cabíveis. Nesse sentido, o maior desafio sempre é, dentro da quantidade de obras regulares, definir a melhor forma de lançamento possível. Por isso, decidimos trabalhar com uma periodicidade mais espaçada, aumentando assim o número de novas séries lançadas pela editora. Importante ressaltar que tentaremos sempre antecipar obras mais curtas, ou que estão em sua reta final ^^. Mas com isso, esperamos deixar nossos leitores mais tranquilos, tendo em vista que teremos prazos maiores para lançar as obras e lidar com os desafios e problemas que com certeza surgirão.

Aproveitando, agradeço novamente o apoio de todos vocês, a NewPOP acaba de completar 13 anos e chegou a um patamar que não imaginava alcançar de forma tão rápida. Não se preocupem, estamos trabalhando para melhorar diversos aspectos levantados por vocês, continuamos com nossa política de não cancelamento de títulos, mas, obviamente, que daremos prioridade às obras com melhor desempenho.

9 Comments

  • Legal a carta, vamos ver se esse ano a Newpop mantém o jogo de cintura pros problemas que podem aparecer.

  • Sullivan

    Eu gosto muito da editora Newpop, como ele disse na carta foram um dos poucos no mercado que tiveram reajuste, e quando tiveram foram baixos. Além disso, a qualidade das obras deles sempre são acima da média do mercado. E essa transparência ajuda muito a confiar mais no trabalho deles.

  • Jefferson Alves

    Esse Log Horizon aí que comentaram, é o mangá ou a light?

  • Pedro Nbg

    Quem me dera a Panini tendo esse nível de comunicação com os clientes

  • Todas as minhas experiências com a New Pop foram boas (Happiness e Minha Experiência Lésbica). Espero que continuem com o bom trabalho e a tentativa de transparência. E espero muito que lancem Aku no Hana aqui no Brasil rs

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: