Palpites para os anúncios da NewPOP

Empresa fará anúncios ao longo de uma semana

Entre os dias 25 e 31 de janeiro acontecerá o NewPOP Week – o evento online da NewPOP – e a editora prometeu diversos anúncios para o evento. Pensando nisso, resolvemos fazer aquela velha brincadeira de dar palpites (o que a gente ACHA que pode vir), mas de uma maneira diferente, SEM CITAR os nomes dos mangás^^.

A gente fez essa brincadeira em dezembro passado, por ocasião da CCXP Worlds, em que a Panini faria alguns anúncios. A postagem foi bem aceita e resolvemos repeti-la, agora com os títulos da NewPOP.

Antes de iniciarmos, porém, vale uma ressalva: falaremos apenas de produções do Japão, tendo em vista que não sabemos nada sobre produções nacionais, coreanas, chinesas, etc. Ou seja, citaremos apenas mangás e light novels. Então, veja a seguir se consegue descobrir de quais títulos estamos falando^^.


10) Contagem: embora não seja da mesma revista, esse mangá é da mesma editora japonesa de um dos títulos de maior sucesso lançados pela NewPOP em 2020. Com a boa aceitação desse mangá é natural pensar que outra série mais longuinha (para os padrões do gênero no Brasil) possa vir a aparecer, ainda mais com uma adaptação em anime por vir.

O único problema é que essa adaptação em anime não tem data. Estava prevista para ser lançada em 2020, mas acabou sendo adiada indefinidamente. Ainda assim, acho que a NewPOP não perderia a chance de licenciar o título. Só não sei se o anúncio realmente ocorrerá no NewPOP Week.


9) Verão azul: publicado no Japão pela editora Ichijinsha temos visto diversos países licenciar esse mangá BL (Polônia, Argentina, Itália, etc) e me parece uma aposta perfeita para diversificar o catálogo da editora. Tem apenas um volume e uma continuação (que inclui você no verão azul) de também um volume.


8) Azul tamanduá: acho muito provável que um mangá com o título azul no nome apareça no Brasil. Talvez não seja aquele azul que todos querem e que está em evidência atualmente, mas sim um outro, que durante muito tempo foi relativamente famoso e que foi alvo de chilique na internet por parte de pessoas preconceituosas após uma certa parte da história.

Até o momento, a NewPOP só publicou um mangá da empresa japonesa responsável por esse mangá, mas acho que existe uma chance dele aparecer.


7) De novo azul, mas explosão é melhor do que água!!!: é claro que deusas existem em diversas light novels, mas a gente precisa ser consciente e ver que é muito difícil aparecer aquela que passou milhares de anos (sem saber) revivendo os dias de suas férias.

Eu acho que uma light novel vai ser anunciada, sim, e a minha grande aposta é uma que tem uma outra deusa, uma deusa azul. Essa obra me agrada, sempre peço por ela, e eu ficarei feliz se vier, mas é preciso ficar claro, eu prefiro a personagem de vermelho.


6) Mais do que Lua Nublada: esse é aquele meio “barbada”, pois todo mundo chutaria ele. Agora com a adaptação em anime vindo, aí é que fica mais forte a certeza de que a editora vai publicá-lo. Seria um baque para a sua eternidade se ela não o fizesse.

É claro que outras editoras podem estar atrás dele também, mas acho que a NewPOP não o deixaria escapar.

Participamos do Programa de Associados da Amazon um serviço de intermediação entre a loja e os clientes, que remunera a inclusão de links pro site da Amazon. Ou seja, comprando por nossos links, recebemos uma comissão.

5) J.C Staff?: meio que já passou da hora (afinal tem muito tempo que a light novel foi anunciada), mas acho que agora a adaptação em mangá vem. Se a NewPOP já publicou a light novel (e parece ter vendido bem), então nada mais natural do que ela publicar também a adaptação em mangá. Até o momento, nenhuma outra editora anunciou o título, então existem grandes chances de a licença estar com a NewPOP.

Eu sei que você está pensando que essa descrição serve tanto para mestre e servo, quanto para tigre e dragão, mas há dicas no texto que entregam de qual deles estamos falando. Se bem que… eu até aposto que os dois podem aparecer…


4) Inimigo(s) do Goku trabalhando: eu sinceramente ainda não sei como esse mangá não saiu no Brasil. A adaptação em anime está em diversas plataformas (Crunchyroll, Funimation e Netflix), dando visibilidade ao título, algumas pessoas o desejam e o mangá tem poucos volumes. O que mais precisa para trazer?


3) Descubra o que é shoujo: Pelos antigos terem entendido os termos de forma errada décadas atrás, ainda hoje há pessoas que teimam em confundir mangá de romance com shoujo. Shoujo significa apenas que se trata de um mangá destinado ao público juvenil feminino.

Então, os mangás de romance podem ser shoujos, sim, mas também podem não ser. Existem diversos shonens que são obras de romance como aquele da mentira em abril, aquele da garota do videocassete, aquele do reprovado mil vezes, etc, etc, etc. Agora, aquele mangá cujo título é formado pelas iniciais dos nomes dos personagens também é shonen e eu acho que ele tem grandes chances de ser anunciado. Ou pelo menos, eu espero que seja.


2) Sombras sobre o nome do mangá: uns tempos atrás eu achava (devido ao histórico da editora) que a NewPOP iria licenciar duas obras curtas (de apenas quatro volumes) que estavam despontando no Japão e que abordavam a temática LGBT. O primeiro era O Marido do Meu Irmão, mas esse acabou vindo pela Panini. O segundo é… o título que agora a gente acha (e quer) que chegue ao Brasil. Concorreu ao Harvey Awards nos Estados Unidos e já foi publicado em diversos países ocidentais (em cada um com um título diferente).

Será que vem? Não importa que seja fragmentos da alma, nossos sonhos ao entardecer ou além das ondas, o que importa é que chegue ao Brasil.


1) Não é carnaval, mas…: quem nunca quis se fantasiar e sair na rua sem que as pessoas olhassem estranho para você? Eu não, mas tem gente que sim. E aquela menina Serena… bem… ninguém conseguia ver ela, mas aquele rapaz conseguiu.

Não estamos falando de Sailor Moon, estamos falando de uma light novel.


Esses são os nossos palpites, mas a maioria deles é mais desejo do que qualquer outra coisa…

25 Comments

  • Liquid

    Pohh.. jurava que vc apostaria em Hitori Bocchi. Vc acha improvável que a NP a anuncie no momento?

    • Nem no momento nem em qualquer outro. Rs
      Não parece o tipo de obra que a NP lançaria hoje em dia.
      ESPERO ESTAR ERRADO.

  • Respostas

    10 – Ten Count
    9 – The Summer of You
    8 – Blue Flag
    7 – Konosuba. A Deusa tem character design voltado pro azul, a Megumi pro vermelho – esta é a preferência do Kyon.
    6 – To Your Eternity
    5 – Por ser J.C. Staff, o texto fala do mangá de Toradora, e logo em seguida comenta também do mangá de Fate/Zero.
    4 – Cells at Work
    3 – Horimiya
    2 – Our Dreams at Dusk
    1 – Bunny Girl.

    • D.D

      No quinto provavelmente fez reverência a Zero no Tsukaima em vez de Fate. Tanto Toradora quanto Tsukaima foram produzidos pela J.C, ambos também tendo a novel anunciada pela Newpop.

      • A NewPOP já anunciou o mangá de “Zero no Tsukaima”, então não é ele.
        A referência é “Fate” mesmo.

        O texto dava a entender que era o mangá de Fate/Zero ou o mangá de Toradora!. A NP não anunciou nenhum dos dois.
        O JCStaff é o que demarca do que nós estamos falando: Toradora!.

        Só que como no final do texto, a gente diz que talvez anunciem os dois, a gente coloca uma interrogação após o Staff.

    • Fabrício

      O melhor anúncio possível da New POP é o calendário de lançamento das obras já anunciadas e nunca lançadas, e também as atrasadas. Não quero esperar 2 anos para novo volume de Log Horizon!

  • hen ichaer

    Queria apenas oregairu ou zero no tsukaima
    Bunny girl também

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: